15/07/2024
07:53

Foto: Sérgio Lima/Poder360

Aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda o tratam publicamente como opção viável para concorrer na eleição presidencial de 2026, mesmo com sua inelegibilidade até 2030. Apesar das declarações de apoio, especialistas ouvidos pelo Poder360 veem como “difícil” e “improvável” uma reviravolta em sua situação eleitoral até lá.

Declarações favoráveis ao ex-presidente remontam desde 2023, ano em que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) determinou que o ex-chefe do Executivo não poderia concorrer nas próximas 3 eleições. Mas o apoio de seu entorno político se tornou ainda mais evidente no início de julho, durante a Cpac (Conferência de Política Ação e Conservadora) Brasil.

Em discurso, o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) disse que “se as coisas mudarem daqui para a frente”, ele teria 3 opções para 2026: “Jair, Messias e Bolsonaro”, além de afirmar que não existiriam substitutos para ocupar o lugar do ex-presidente.

Outros apoiadores que discursaram também demonstraram ser partidários da ideia, como o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), que disse que o ex-presidente é o líder da direita.

Em junho, o senador Ciro Nogueira (PI), presidente do PP (Partido Progressistas), foi na mesma linha, ao dizer que a direita “só tem plano A: Bolsonaro” para a corrida eleitoral de 2026.

Para que a aposta se concretize, será necessário que Bolsonaro consiga reverter duas condenações no TSE que o tornaram inelegível. O sucesso, no entanto, é baixo, segundo avaliam especialistas.

Poder360

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
09:40

Nas favelas, moradores passam fome e começam a sair às ruas ...

Em 2022, o Brasil voltou ao Mapa da Fome, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Isso quer dizer que o percentual de brasileiros que não têm certeza de quando vão fazer a próxima refeição está acima da média mundial.

Em 1993, o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, lançou a campanha “Brasil Sem Fome”. A iniciativa alertava o país para a realidade de que 32 milhões de pessoas que viviam abaixo da linha da pobreza, segundo os dados divulgados, na época, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

“O país só muda de rumo quando uma sociedade se mobiliza”, disse, então, sociólogo. Foi por meio do movimento da ONG Ação da Cidadania que se cristalizou a emblemática frase de Betinho: “Quem tem fome, tem pressa”(Veja mais no vídeo acima)

Demorou para que o Brasil conseguisse sair do Mapa da Fome da Organização das Nações Unidas (ONU). O país passou a década de 1990 e o início da década de 2000 criando e implementando estratégias voltadas para a segurança alimentar e nutricional até que, finalmente, em 2014, superou o índice que o colocava entre os piores colocados no ranking global da subalimentação.

Iniciado na primeira gestão Lula, o programa de distribuição de cisternas ganhou o nome Água Para Todos durante o primeiro governo de Dilma Rousseff, em 2011.

A ação tem como objetivo assegurar a melhoria das condições de vida da população extremamente pobre, através da elevação da renda familiar per capita da população e levando água a famílias sem acesso.

Em 2021, uma reportagem do jornal “Folha de S.Paulo” mostrou que, ao longo do mandato de Bolsonaro, o Água Para Todos sofreu uma redução orçamentária de 96% em comparação com 2014.

Em julho deste ano, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome anunciou a retomada do programa, que estava praticamente paralisado.

Além da mudança do nome do programa para Cisternas, o governo anunciou que investiria R$ 562 milhões em 2023 para a construção de equipamentos para acúmulo de água direcionados a famílias do semiárido e da Amazônia.

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
09:31

Jair Bolsonaro, uma das joias apreendidas pela PF, Alexandre Ramagem e a Abin
Jair Bolsonaro, uma das joias apreendidas pela PF, Alexandre Ramagem e a Abin

São assombrosas as informações surgidas da nova operação da Polícia Federal para investigar a transformação da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) em um aparelho clandestino de espionagem de adversários e autoridades durante o mandato de Jair Bolsonaro.

A grande novidade diz respeito à existência de uma gravação, ainda mantida em segredo de Justiça pelo condutor do inquérito, o ministro do STF Alexandre de Moraes. Encontrada em computadores de Alexandre Ramagem, a gravação registra uma conversa em agosto de 2020 em que Bolsonaro autoriza o uso da Abin  como auxiliar na eliminação de obstáculos para a defesa de seu filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), envolvido no caso das chamadas “rachadinhas”.

Bolsonaro usou o órgão de inteligência para espionar juízes, parlamentares, funcionários e jornalistas em ataque às leis, à Constituição e ao interesse do país. A utilização da Abin ganha, com as investigações da Polícia Federal, uma concretude antes não evidenciada. Torna explícita a condição do presidente como chefe de uma quadrilha, agravando seu futuro penal.

Ao recorrer à Abin como aparato pessoal de vigilância, perseguição, chantagem e ameaças de todo tipo, Bolsonaro valeu-se, ademais,  de recurso típico de um regime autoritário.

O ex-presidente, afinal, nunca ocultou seu caráter de assassino das liberdades e cultuador de torturadores.  Usar a arapongagem da Abin guarda coerência com o plano de uma virada de mesa, sendo na verdade já o próprio golpe em andamento.  Por óbvio, Bolsonaro já no ano seguinte à sua posse fazia funcionar uma máquina de violação dos direitos individuais, usando o Estado para vigiar e coagir funcionários e Poderes da República. O ovo do golpe de Estado de 8 de janeiro de 2023 vinha sendo chocado muito antes.

Bolsonaro, Flávio, uma das advogadas deste, Ramagem, o general Augusto Heleno, então chefe do Gabinete de Segurança Institucional, discutiram na reunião gravada por Ramagem em agosto de 2020 formas de usar a Abin para “descobrir os podres” de auditores da Receita Federal encarregado do relatório que envolveu Flávio Bolsonaro no crime das “rachadinhas” na Assembleia do Estado do Rio.

No áudio mantido em segredo, Jair Bolsonaro, o general Heleno e possivelmente a advogada de Flávio, examinam, segundo o relatório da investigação da Polícia Federal, maneiras de desacreditar o trabalho de funcionários públicos que exerceram seu dever de apontar depósitos e retiradas suspeitas em benefício do então presidente.

A gravação oculta da conversa, de acordo com a Polícia Federal, teria sido feita pelo próprio Ramagem, o que suscita a indagação sobre os desígnios que levaram o então chefe da Abin a se acautelar contra o próprio presidente da República incumbente. Pelo que foi informado, Bolsonaro enfureceu-se com Ramagem ao saber, agora, da gravação. Declarou que manterá apoio a Ramagem, seu candidato indicado à Prefeitura do Rio. Seria de surpreender se verbalizasse o oposto. Ramagem pode ser depositário de outras bombas. Se já gravou e escondeu, do que mais dispõe e pode vir a revelar?

Na verdade, Ramagem é um criminoso que aplicou ao “capo” o expediente que realizava  a mando dele contra outros. O fato de ter gravado denota o teor das reuniões. É um escândalo.

Há profusão de evidências de que Bolsonaro e Heleno têm índole meios e agentes para sabotar as apurações de seus crimes. Para o prosseguimento das investigações de maneira profissional e técnica, impõe-se a detenção dos dois comandantes dessa organização criminosa para subverter o âmago das instituições democráticas.

É gravíssimo, aliás, que estas não reajam à altura do ataque de que foram alvo. A prisão dos cabeças dessa facção é premissa para que as autoridades possam chegar a todos os envolvidos. Sua punição constitui um dever diante do país, exposto por eles a perigo máximo.

Fonte 247-Brasil*

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
09:21

Natália Bonavides, Brisa Bracchi e Divaneide Basílio

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
09:15

O médico Francisco de Freitas Diniz Filho, como fotografo amador, recebeu, esta semana, um diploma do Google, que orgulharia qualquer grande profissional: – Um diploma capaz de fazer inveja aos grandes profissionais da imagem, atestado por uma plateia de mais de 3.5 milhões de “juízes”. A foto da – “Pedra da Boca” – no estado da Paraíba, retrata uma paisagem da caatinga, escolhida pelo público interno pela predominância do verde, difícil de ser encontrado nesse eco sistema, mesmo no “inverno” local.

Cassiano Arruda*

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
09:11


A constatação que o Brasil está vivendo um novo ciclo do ouro, desta vez não exclui o RN.  São mais de dez projetos de mineração em vários Estados.

No RN a Aura Minerals anuncia o início da atividade em 2025, em Currais Novos.

Em maio de 2023 ficou gravado na história de Currais Novos como o mês do início das obras da unidade Borborema da mineração de ouro da Aura Minerals, com um projeto 100% sustentável na extração do minério e que será exemplo mundial. Mas, a pedra fundamental só foi lançada nesta manhã com a presença da Governadora Fátima Bezerra, do Prefeito Odon Jr, e do CEO da Aura Minerals, Rodrigo Barbosa.

Outros grupos internacionais, tem atuado no Estado, embora não demonstrem interesse em divulgar sua presença. Mas há uma mobilização clara de empresas de mineração que atuam nessa área.

👉🏻 Veja mais de @cassianoarrudacamara em blog.tribunadonorte.com.br/territoriolivre

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
08:55

 

VEJA VÍDEO ONDE ELE DIZ QUE ESTÁ ERRADO:

 

Na manhã deste sábado, 13, o deputado estadual Luiz Eduardo esteve envolvido em um acidente automobilístico na BR-101, na entrada de Caiana, enquanto se dirigia para o município de Maxaranguape (RN). Diferentemente da nota divulgada por sua assessoria, que afirmava que o deputado sofreu um acidente, relato do próprio parlamentar indica que Luiz Eduardo foi o responsável pela colisão com uma carreta.

De acordo com testemunhas no local, o veículo dirigido pelo deputado teria realizado uma manobra imprudente, resultando no grave acidente. Após a colisão, Luiz Eduardo foi socorrido por outro veículo particular que passava pelo local e levado para atendimento médico em um hospital. Ele saiu consciente e aparentemente sem ferimentos graves do local do acidente.

A conduta irresponsável do deputado ao volante gerou preocupação e indignação entre os cidadãos, levantando questões sobre a segurança nas estradas e a responsabilidade dos motoristas, especialmente daqueles que ocupam cargos públicos. As autoridades de trânsito estão investigando as circunstâncias do acidente para determinar as medidas legais cabíveis.

Em vídeo publicados em redes sociais o deputado diz que “errou”, mas não é vagabundo como foi chamado. è verdade. O deputado não é vagabundo como diz, mas assumiu a responsabilidade. Logo ele errou.

Robson Pires*

Na InterTV Cabugi, ao vivo foi informado que a PRF não tinha localizado o deputado Luiz Eduardo no hospital privado para fazer o teste do bafômetro , não se sabendo se o parlamentar procurou  a polícia para fazer o teste para que nenhuma dúvida fique sobre os motivos do mesmo bater de frente com uma carreta, o próprio parlamentar afirmou em entrevista à Inter TV Cabugi,  contou como foi o acidente. “Quase chegando na entrada de Muriú, eu acho que dei uma cochilada no volante e bati de frente com o caminhão. Graças a Deus estou bem. Só umas escoriações no peito (…) Foi um livramento. Quem vê o carro parece que eu morri. Deus me deu uma nova oportunidade”, falou.

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
08:41

VÍDEO:

Publicado por: Chico Gregorio


14/07/2024
08:38

 

Os Peregrinos de Sant’Ana – Caminhada Ilton Pacheco, deixaram a cidade de Currais Novos (RN), dando início ao percurso em direção a Caicó. A saída aconteceu por volta das 04h30 da madrugada deste domingo (14). A Peregrinação, desta vez, celebra 25 anos do Jubileu de Prata. A primeira parada será em Acari.

A programação conta com apoio da Polícia Rodoviária Federal no primeiro dia de caminhada, por toda a extensão da BR 427, trecho que liga os municípios de Currais Novos à Acari, além de carros de apoio e todo aparato de sinalização, atendendo normas, garantindo a segurança do grupo, este ano em número recorde.

A Caravana programou sua chegada a cidade de Caicó na quarta-feira (17), contando com o apoio e segurança da Polícia Rodoviária Estadual, nos trechos entre Acari e Caicó.

Na chegada à Caicó, acontecerá a inauguração do marco alusivo aos 25 anos do grupo. No mesmo, acontece o encontro de outros grupos de diversas partes, como tradicionalmente acontece saindo do IFRN, com ciclistas, peregrinos e devotos de Sant’Ana, que anunciam a pré-abertura da Festa de Sant’Ana de Caicó, em missa solene na Catedral.

Publicado por: Chico Gregorio


13/07/2024
11:07

Acórdão 1284/24 do Tribunal de Contas da União, publicado no DOU, concluiu “saneado o possível superfaturamento” nas obras da Barragem Oiticica, em Jucurutu, no período compreendido entre 14/5 e 30/8/2019.
“Considerando que, ao apreciar as manifestações dos responsáveis, a unidade técnica concluiu que estaria saneado o possível superfaturamento, porém, com base no art. 9º, I, da Resolução-TCU 315/2020, sendo cabível a ciência à Semarh sobre os achados de auditoria”, diz o Acórdão.
O processo foi arquivado.

Publicado por: Chico Gregorio


13/07/2024
10:57

O programa Café Cidadão, do Governo do Estado, foi interrompido em 11 cidades do Rio Grande do Norte no último dia 1º de julho, quando uma nova empresa deveria ter assumido a gestão das novas unidades.

De acordo com a Secretaria Estadual de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), o motivo foi a identificação de “inadequações estruturais” nas unidades. Não houve o detalhamento dessas falhas.

Programa Cafe Cidadao RN 900x615
Unidade do Café Cidadão instalada em Natal: ao todo, são 44 no RN – Foto: SETHAS / REPRODUÇÃO

A empresa contratada para prestar o serviço é a Leve Refeições Coletivas. A Sethas afirma que a empresa ganhou a licitação para administrar 15 unidades, mas só conseguiu atender às exigências em 4 (Lajes, Nísia Floresta, Patu e Tangará). Com isso, as outras 11 não puderam ainda atender ao público.

Ao todo, o programa Café Cidadão tem 44 unidades em 36 municípios potiguares. No local, são oferecidas refeições por R$ 0,50.

Confira as unidades afetadas: Alto do Rodrigues, Angicos, Areia Branca, Assú (Frutilândia), João Câmara, Lagoa de Pedras, Macau, Mossoró (Abolição I), Passa e Fica, Pedro Avelino e Tenente Ananias.

Agora RN*

Publicado por: Chico Gregorio


13/07/2024
10:48

O deputado federal Fernando Mineiro (PT) afirmou nesta sexta-feira 12 que os aliados do prefeito Álvaro Dias (Republicanos) deveriam dedicar tempo para resolver as pendências da obra da engorda da Praia de Ponta Negra em vez de criticá-lo.

O recado foi para o deputado federal e pré-candidato a prefeito Paulinho Freire (União), que nesta semana deu declarações alfinetando o petista, em meio ao debate sobre Ponta Negra.

‘Turma de Álvaro’ deveria focar em resolver pendências da engorda, afirma Mineiro
‘Turma de Álvaro’ deveria focar em resolver pendências da engorda, afirma Mineiro – Foto: Reprodução

Mineiro lembra que, no início deste mês, a Defesa Civil Nacional enviou ofício à Prefeitura do Natal cobrando esclarecimentos sobre a obra da engorda de Ponta Negra. O documento foi enviado após a prefeitura pedir atualização do orçamento da obra junto ao Governo Federal. A Defesa Civil pede detalhes para poder aprovar o novo plano de trabalho.

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


13/07/2024
10:41

A campanha Nota Potiguar a cada dia ganha mais força ao oferecer  mais serviços e vantagens para quem instala o aplicativo e pede a inclusão do CPF na nota fiscal no momento das compras. O engajamento de mais consumidores na ação favorece o aumento de arrecadação e o repasse de ICMS para os municípios, inclusive os da região Salineira. Os reflexos da campanha para a economia de Macau e cidades da região serão detalhados, nesta quarta-feira (18), pelo secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

O titular da pasta participa do seminário “A SET-RN em Nova Perspectiva”, que será realizado no Teatro Porto de Ama, em Macau, a partir das 14h. O evento tem o apoio do Sindicato dos Auditores Fiscais do RN (Sindifern) e Conselho Regional de Contabilidade (CRC-RN), sendo promovido pelo Governo do Estado, Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) e CDL, com o objetivo de discutir a relação entre o Fisco e o contribuinte, a simplificação e as novas malhas fiscais, mas, sobretudo, detalhar a campanha Nota Potiguar.

Durante o seminário, serão repassados todos os detalhes de como a campanha Nota Potiguar beneficia consumidores com prêmios e vantagens, estimula o comércio local e contribui para o aumento de arrecadação para a cidade, já que parte do ICMS recolhido pelo estado vai para os municípios.

Lançada em junho, a Nota Potiguar concede prêmios em dinheiro e benefícios para quem solicita a inclusão do CPF na nota fiscal no momento da compra. Além de beneficiar os consumidores, o programa também premia instituições filantrópicas, fortalece o comércio potiguar e ajuda no combate à sonegação fiscal. A campanha tem contribuído para desenvolver os estabelecimentos macausenses que fornecem legalmente os documentos fiscais aos consumidores e ajudado a aumentar a arrecadação de ICMS nas cidades da região.

Para participar é bem fácil. Basta baixar o aplicativo Nota Potiguar, disponível para os sistemas operacionais Android e iOS, e solicitar a inclusão no CPF na nota no momento das compras. Cada R$ 50 acumulados valem um ponto. Mas uma nota fiscal dá direito a, no máximo, cinco pontos. E durante todo o mês o acúmulo máximo é de 50 pontos.

Acima mostramos todos os benefícios que o programa Nota Potiguar trás para os municípios, com aumento de arrecadação, as instituições filantrópicas que recebem prêmios, além dos clientes que ao acumular pontos no programa, participam de sorteios, ajudam instituições, tem acessos livres para camarotes de festas em todo o estado, inclusive agora na Festa de Sant”Ana. A pergunta que não quer calar, por que algumas empresas de Caicó não aceitam participar do programa ? O consumidor deve ficar atento , se a empresa não participa, vai lhe prejudicar, então não compre.

Publicado por: Chico Gregorio


13/07/2024
10:15

No próximo dia 17 de julho, o deputado George Soares (PV) tomará posse como Conselheiro do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE-RN). Ele foi eleito para o cargo pelos seus pares na Assembleia Legislativa do RN no dia 26 de junho. A cerimônia de posse contará com a saudação do Conselheiro Poti Júnior, também ex-deputado estadual.

Com a saída de George Soares da Assembleia Legislativa, quem assumirá sua vaga será o suplente Vivaldo Costa. Costa, experiente político do Rio Grande do Norte, trará sua própria expertise e conhecimento para a Casa, garantindo continuidade ao trabalho legislativo em prol do estado.

Publicado por: Chico Gregorio


13/07/2024
10:10

 

A desenvoltura com que conduz sua pré-campanha para a prefeitura de Jardim do Seridó (RN) nas eleições deste ano revela uma candidata inteligente, com tino empresarial, poder de liderança e capacidade administrativa. Além disso, a advogada e candidata Silvana de Lalá demonstra um carisma notável junto à população, o que a torna um nome ascendente na política local, ganhando diariamente a simpatia do eleitorado.

Com o apoio significativo do prefeito Amazan e do ex-prefeito Padre Jocimar, além de outras lideranças expressivas, Silvana está pavimentando seu caminho rumo à prefeitura de Jardim do Seridó. Seu plano de governo inclui obras estruturais, melhorias na área da saúde e incentivos ao setor empresarial, mostrando um compromisso sólido com o desenvolvimento da cidade. Nas pesquisas informais, Silvana já desponta com uma considerável vantagem, refletindo o forte apoio que tem conquistado entre os eleitores.

A escolha de professor Joaquim como seu vice foi de extrema importância.

Robson Pires*

Publicado por: Chico Gregorio