29/07/2023
10:25

Parceria política entre Rogério e Álvaro está suspensa (Foto: autoria não identificada)

A briga entre o senador Rogério Marinho (PL) e o prefeito do Natal Álvaro Dias (Republicanos) finalmente emergiu dos bastidores para o bate-boca explícito no noticiário político do estado, tendo como pano de fundo o cancelamento de convênios federais entre o Governo Federal e a Prefeitura do Natal, ainda na era Jair Bolsonaro.

A história é escabrosa e envolve abuso da máquina federal.

Álvaro, que apoiou Rogério se sente traído pelo senador. Afinal de contas lhe deu apoiou em gratidão pelos recursos prometidos e sofreu um estelionato político. A fala do prefeito, como bem assinalou o deputado federal Fernando Mineiro (PT), se encaixa com as denúncias de que o senador abusou da máquina federal para se eleger.

Álvaro se afasta de Rogério publicamente de olho em 2026. Os dois disputam o voto da direita na sucessão da governadora Fátima Bezerra (PT) daqui a três anos. Os dois sabem que 2024 é só um treino em que a Prefeitura do Natal será um trampolim em que Álvaro precisará fazer o sucessor para se fortalecer.

Se Rogério for cassado pela Justiça Eleitoral e ficar despido de direitos políticos, Álvaro reinará sozinho no campo da direita para enfrentar o indicado por Fátima Bezerra no campo lulista, que tem dominado as três últimas eleições no Rio Grande do Norte.

Aparentemente a briga interessa mais a Álvaro do que a Rogério.

*

Publicado por: Chico Gregorio

0 Comentários

Deixe o seu comentário!