02/09/2020
07:25

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira 1º que eliminar o teto de gastos, na conjuntura atual, seria como “tacar fogo no país”. Segundo ele, essa discussão não deve ser feita agora, quando a dívida do Brasil está prestes a chegar a 100% do PIB (Produto Interno Bruto).

Guedes falou sobre o tema em audiência em comissão mista do Congresso que trata sobre a covid-19. Para o ministro, o teto é a última “âncora fiscal” que restou no período de calamidade pública.

“Em economia, a ordem dos fatores altera o produto: se você tira o teto primeiro, bota fogo no país”, afirmou. “Depois de recuperado o controle do Orçamento, aí podemos falar sobre o teto”.

*Com informações do Poder360

Publicado por: Chico Gregorio

0 Comentários

Deixe o seu comentário!