19/01/2017
18:20

_escola sem partido 1.1 (1)

“Encaro o imenso desafio ser professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Vou seguir o que foi dito aqui na manhã de hoje e procurar me apaixonar por tudo que venha a fazer”.  A declaração de Aldair Rodrigues da Silva, após assinar o termo de posse como professor de Artes da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), coincide com o estado de espírito de Juliane Welter, outra dos 22 novos docentes a ingressar na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na manhã desta quinta-feira, 19.  Natural do Rio Grande do Norte (RN) e ela do Rio Grande do Sul (RS), ambos acabam de fechar o ciclo para ingresso na docência da UFRN.

Os novos professores entram para a carreira cientes da diferença que a educação faz para as mudanças sociais e o desenvolvimento regional; que a UFRN precisa ofertar ensino de qualidade e das oportunidades que terão na carreira docente. As observações foram feitas pelas pró-reitora de Gestão de Pessoas (Progesp), Mirian Dantas, e pró-reitora de Graduação (Prograd), Vitórias Vieira.

Nesse primeiro acolhimento da administração central da UFRN, na Sala dos Colegiados, a reitora Angela Maria Paiva Cruz pontuou a diferença que há 59 anos a instituição faz para o desenvolvimento da sociedade potiguar. “Vocês serão formadores de gerações para o Brasil e para o mundo, pois a UFRN é uma instituição internacionalizada. Aqui se faz uma educação empreendedora, inclusiva e para todos, sob os princípios da pluralidade, ética e excelência, no sentido de preparar cidadãos para o futuro, concluiu Angela Paiva a saudação aos novos servidores.

Os novos docentes vão atuar em cursos de diferentes áreas de conhecimento dos campi Natal, Macaíba, Santa Cruz e Ceres Caicó. Na próxima semana, todos farão parte da Semana da Integração, assim como do Programa de Atualização Pedagógica (PAP), planejada pela PROGRAD e PROGESP.

Publicado por: Chico Gregorio

0 Comentários

Deixe o seu comentário!