03/08/2015
13:49

Do Estadão – O líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), comemorou nesta segunda-feira, 3, a prisão do ex-ministro José Dirceu na 17ª fase da Operação Lava Jato. Em nota, o senador insinua que “falta pouco agora” para as investigações chegarem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à presidente Dilma Rousseff.

BBlm3kj

“Temos que aplaudir essa mais nova etapa da Lava Jato, que não se restringe a intermediários e finalmente começa a chegar aos cabeças pensantes, elaboradores de todo esse esquema corrupto alimentado por “pixulecos” dentro do Palácio do Planalto. Falta pouco agora”, disse.

Na nota, Caiado culpa Lula e Dilma por implantarem “esse método sujo que coloca em risco a nossa jovem democracia”.”Com mais essa prisão do ex-ministro José Dirceu, fica claro que Lula e Dilma levaram para a política nacional o que há de pior em alguns sindicatos do ABC”, afirmou.

O irmão de Dirceu, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, e o ex-assessor do petista, Roberto Marques, também foram presos nesta nova fase da operação chamada “Pixuleco”. O nome é uma referência a como o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto se referia à propina que recolhia das empresas que tinham contratos com a Petrobrás.

Publicado por: Chico Gregorio

0 Comentários

Deixe o seu comentário!