06/06/2016
18:40

TabelaSicsu.jpg
Michel Temer e Henrique Meirelles objetivam estabelecer um limite máximo para os gastos primários do governo federal.

Querem escrever na Constituição a seguinte regra: o governo federal poderá aumentar os seus gastos primários no máximo de acordo com a inflação do ano anterior.

Cabe uma simulação do que teria ocorrido nos últimos dez anos nas áreas da saúde e da educação se fosse aplicada a regra Temer-Meirelles.

Em 2006, o governo Lula investiu em saúde o montante de R$ 40,6 bi e, em 2015, o governo Dilma alcançou o valor de R$ 102,1 bi. Se fosse adotada a regra antissocial Temer-Meirelles, o orçamento da saúde teria sido, em 2015, R$ 65,2 bi, ou seja, um orçamento 36% menor. Na educação, o orçamento de 2015 foi de R$ 103,8. Na regra anti-social, teria sido de apenas R$ 31,5 bi – um orçamento 70% menor.

Além disso, ano a ano, o gasto nessas áreas teria sido muito menor se tivesse valido a regra antissocial da dupla Temer-Meirelles. Em termos nominais, a perda na área da saúde de 2006 a 2015 teria sido de R$ 178,8 bi e, na educação, R$ 321,3 bi.

O que eles querem, de verdade, é o fim do Estado brasileiro e dos direitos sociais.

Conversa Afiada reproduz post de João Sicsú no Facebook:

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
18:30

Congresso Diocesano – 2016 do Apostolado da Oração em Jardim do Seridó, aproximadamente 800 participantes, Jesus manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao vosso!
Fonte Edna Araújo.

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
18:16

adutoraO governador Robinson Faria foi surpreendido na última sexta feira , ao receber ofício

do Ministério da Integração Nacional suspendendo  autorização que havia sido dada pelo

governo Dilma, para realização do processo licitatório para construção da Adutora Emergencial para o abastecimento de água de Caicó, Timbaúba dos Batista, Jardim de

Piranhas,  São Fernando, com água trazida da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves de  Açu., com recursos Federais.

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
17:03

henrique-eduardo-alves

Em reunião na manhã desta segunda-feira, o presidente interino Michel Temer decidiu manter nos cargos três pemedebistas envolvidos em denúncia e desgastes nos últimos dias: Eduardo Alves (Turismo), Fábio Osório (AGU) e Fátima Pelaes (Secretaria de Mulheres). Apesar de aparecer em matéria do jornal “Folha de S.Paulo” como receptor de recursos do petrolão, o ministro Henrique Eduardo Alves permanecerá no comando do ministério do Turismo. Na avaliação do presidente, as informações publicadas são “antigas”. Henrique Alves já responde a inquérito no STF por eventual envolvimento na Operação Lava-Jato. Terá que sair do governo se o inquérito apontar que tem culpa.

Quanto ao advogado-geral da União, Fábio Medina Osório, o presidente interino ficou incomodado com sua atuação nos últimos dias, mas resolveu conversar com o auxiliar e definir um “acordo de procedimento”. Temer não gostou do advogado não ter atuado para impedir a volta do presidente da EBC, escolhido pela presidente afastada Dilma Rouseff. O ministro do STF Dias Toffoli concedeu liminar a Ricardo Melo, determinando sua volta ao posto de presidente da EBC porque não teria sido feita a defesa do governo Temer na nomeação do jornalista Laerte Rímoli para o mesmo posto.

Outro problema no horizonte do governo era a nomeação de Fátima Pelaes para a Secretaria de Mulheres. Ela foi escolhida por Temer na semana passada, mas está sendo investigada por desvio de recursos de emendas parlamentares no âmbito da Operação Voucher. O presidente interino vai mantê-la no cargo, porque análise feita pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e concluída na manhã desta segunda-feira apontou que ela não tem problemas legais que a impeçam de atuar na pasta.

(Agência O Globo)

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
11:20

cobraA Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap-RN) divulgou uma lista de recomendações para a população seguir em caso de acidente envolvendo animais peçonhentos, como cobras e escorpiões. O órgão ainda listou cinco hospitais do estado que possuem o soro antiveneno.

Em Natal, o Hospital Giselda Trigueiro, na zona Oeste, é o local indicado. Em Mossoró, a população deve procurar o Hospital Regional Tarcísio Maia. O Hospital Regional do Seridó, em Caicó, é o responsável pelos atendimentos. Em Santa Cruz, o Hospital Municipal Aluízio Bezerra dispõe do soro. Já o Hospital Dr. Cleodon Carlos Andrade é a unidade que atende às demandas em Pau dos Ferros.

A Saúde faz um alerta porque nesta época do ano o risco é maior, devido à época de acasalamento dos animais peçonhentos, que podem atacar principalmente os moradores da zona rural.

A Sesap orienta que deve-se evitar acúmulos de lixo ou entulhos que possam atrair ratos ou outros pequenos animais e ainda o trabalho de agricultura e campo desprotegidos. Outra atenção é no manejo de locais onde os animais possam estar presentes, como as matas, tocas, troncos e lenhas de árvores.

De acordo com informações do Centro de Promoção à Saúde (CPS), é importante nas atividades do campo usar calçados fechados cano alto e luvas de couro ao andar e caminhar na mata ou entre folhas secas e não colocar as mãos em buraco e cupinzeiros, folhas secas, monte de lixo, lenha, palhas etc. Outra medida preventiva é evitar a presença de ratos, um dos principais alimentos das serpentes.

Caso necessário, a Sesap disponibiliza um serviço 24h para dúvidas e orientação quanto aos acidentes por animais peçonhentos e intoxicações, no Centro de Assistência Toxicológica do RN (CEATOX), nos telefones: 0800 281 7005 e 3232.7969.

Veja as recomendações:

Em caso de acidente, deve-se:

– Manter o paciente calmo e deitado;
– Lavar o local da picada apenas com água e sabão;
– Procurar o serviço médico mais próximo;
– Caso seja possível, capturar a serpente para ser identificada e ministrar o soro antiofídico específico.

Em caso de acidente, NÃO deve-se:

– Amarrar o braço ou perna picada;
– Fazer prática de torniquetes ou garrotes;
– Perfurar o local da picada nem utilizar materiais como pó de café, folhas, álcool, querosene, ou outros contaminantes etc.
– Sugar o local da picada;
– Oferecer bebidas alcoólicas, querosene ou outros produtos tóxicos.

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
11:03

Do Notícias ao Minuto – Após a suspeita sobre o senador Aécio Neves ser levada à PGR pelo ex-senador Delcídio do Amaral na Lava Jato, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou uma ação de busca e apreensão no Senado para coletar dados. O objetivo é ter material para o inquérito que apura a acusação de que o atual presidente nacional do PSDB atuou para “maquiar” dados da CPI dos Correios, em 2005.

De acordo com as informações da Folha de S. Paulo, no entanto, a medida foi abortada depois que o Senado garantiu que daria acesso irrestrito aos documentos. Janot afirma que Aécio teria atrasado o envio de dados do Banco Rural à CPI para poder “apagar dados bancários comprometedores” e evitar que a apuração sobre fraudes na instituição levasse a nomes do PSDB.

O pedido da PGR foi feito em uma ação cautelar sigilosa, em maio. A iniciativa foi tomada depois que o jornal “O Globo” divulgou que documentos da CPI haviam sido deslocados do arquivo do Senado para outro setor da Casa a pedido de Aécio.

O inquérito sobre o tucano está sob os cuidados do ministro do STF Gilmar Mendes, que chegou a autorizar o pedido, fazendo ressalvas de que a ação fosse discreta e acompanhada por um oficial de justiça do Supremo.

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
10:50

 Natal - aérea porto 

A reunião mensal da Diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, realizada na última sexta-feira, 03, na Casa da Indústria, contou com apresentações da última etapa do projeto MAIS RN, feita pelo diretor-presidente da Macroplan, Cláudio Porto, e do Potypark S/A, Parque Tecnológico do Rio Grande do Norte, pelo secretário de Desenvolvimento, Flávio Azevedo, e pela secretária-adjunta da Secretaria, Vera Guedes.

O economista Marcos César Formiga, assessor técnico Corporativo do Sistema FIERN, fez uma breve explanação sobre o MAIS RN, agradecendo o empenho de todos os funcionários do Sistema e dos empresários para a elaboração do projeto. “Temos hoje um produto bem concebido”, afirmou.

O presidente Amaro Sales de Araújo fez a entrega de um exemplar impresso do projeto ao empresário Thiago Gadelha, e o vice-presidente Pedro Terceiro entregou ao secretário Flávio Azevedo. “Este é um projeto para as próximas gerações”, destacou Amaro Sales.

Cláudio Porto fez uma explanação sobre como se deu a construção do MAIS RN, destacando passivos e ativos para o estado alcançar o desenvolvimento. Entre os fatores potenciais para desenvolver o Rio Grande do Norte figuram no estudo a localização geográfica, energia renovável, reservas minerais e centros de excelência. Como gargalos aponta a carência de infraestrutura e logística e insuficiência de qualificação. “A estratégia é alavancar os ativos e neutralizar os passivos”, disse Porto.

O MAIS RN relaciona quatro eixos estratégicos e destaca 25 oportunidades, num conjunto de 64, que foram filtradas num levantamento que chegou a cerca de 400 oportunidades. O estudo prevê investimentos privados e públicos da ordem de R$ 171 bilhões para os próximos vinte anos.

Fonte Agora RN

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
09:53

Em Ipueira, município da Região do Seridó, o atual prefeito Paulo de Brito (PDT) e a ex-prefeita Cessa Macedo (DEM) vão se enfrentar nas urnas.

Paulo de Brito e Cessa foram aliados, tendo sido o primeiro o sucessor da ex-prefeita.

A disputa também envolverá laços familiares.

Fonte Heitor Gregório.

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
09:43

 

Feirinha de Santo Antônio do ano passado

Sem sombra de dúvidas que após a feirinha de Santo Antônio ter sido transferida para praça pública, o evento só cresce ano após ano. Na edição deste ano, o evento será somado a dois outros que antecederão a feirinha, torneio de futebol e a cavalgada.
 
Um expressivo público compareceu ao evento, o que  consolidar como a maior feirinha de todos os tempos. Para isso, uma mega estrutura de palco, sonorização, tendas e iluminação  foi  preparada para receber todos com o melhor conforto possível.
Fonte Portal Palma.

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
09:28

16075162

Da Folha – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou ao STF (Supremo Tribunal Federal) que o ministro Henrique Eduardo Alves (Turismo) atuou para obter recursos desviados da Petrobras em troca de favores para a empreiteira OAS. Parte do dinheiro do esquema desbaratado pela Operação Lava Jato teria abastecido a campanha de Alves ao governo do Rio Grande do Norte em 2014, quando ele acabou derrotado.

Henrique Alves, segundo a PGR, prometeu ao comando da OAS atuar junto ao Tribunal de Contas da União e ao Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, onde a empreiteira tinha pendências. As mensagens também citam diversos encontros dos empreiteiros com Alves

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
09:13

Sérgio Lima/FolhaDesde que Michel Temer assumiu o volante, não há semana em que não seja obrigado a parar no acostamento. Já desembarcaram dois ministros: Romero Jucá (Planejamento) e Fabiano Silveira (Transparência). Nesta segunda-feira, achega-se à porta o terceiro: Henrique Eduardo Alves (Turismo) apalpou verbas sujas oriundas da Petrobras, informou ao STF o procurador-geral Rodrigo Janot.

Ao cercar-se de suspeitos e de seus prepostos, Temer jogou óleo na própria pista. Agora, derrapa constantemente num instante em que se esperava que exibisse um itinerário confiável. Em entrevista, o ministro Eliseu Padilha declarou: “Na Lava Jato, se aparecer alguém do governo, já se sabe qual a posição do presidente: é que a pessoa deixe a equipe.”

Desse modo, acredita Padilha, o governo “não será atingido diretamente de nenhuma forma, fica preservado.” O raciocínio de Padilha é manco e ilusório. É manco porque nos dois primeiros desembarques ficou evidente o desejo de Temer de proteger os auxiliares enrolados. É ilusório porque o governo já foi atingido. Ninguém nomeia tantos suspeitos impunemente.

Perguntou-se a Padilha: Qual será o legado do governo Temer?
E o ministro: “…Sair do desajuste fiscal em que nos encontramos e contribuir para que a corrupção seja erradicada do serviço público.”

De duas, uma: ou Temer guarda na gaveta uma agenda secreta que inclui o extermínio do seu PMDB ou a ideia de erradicar a roubalheira é apenas uma evidência do insuspeitado talento de Eliseu Padilha para a comédia. Agora mesmo, o governo articula a entrega do comando da Eletrobras a um apadrinhado de Renan Calheiros.

JOSIAS DE SOUZA

 

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
09:07

O atual Ministro do Turismo, Henrique Alves foi um dos políticos no Brasil que mais receberam doações de empresas enroladas assumidamente em desvios do maior escândalo de corrupção do mundo, o Petrolão. O potiguar recebeu R$ 15.600.000,00 em doações de empreiteiras, R$ 8.600.000,00 só da Odebrecht e a OAS.

O atual Ministro, em todas as oportunidades que foi citado, soltou nota afirmando que todas as doações foram legais e declaradas a justiça eleitoral, o que é verdade, todas essas doações constam na prestação de contas da campanha do ministro ao governo do RN em 2014.

O problema de Henrique não é esse, nem o dele e nem de todos que estão envolvidos nesse escândalo de corrupção. O problema é que o MPF está dizendo que a dinheirama que irrigou tudo que é campanha política pelo Brasil afora provenientes de doações de empreiteiras, foram frutos de dinheiro desviado da Petrobras e de obras da copa do mundo no Brasil em 2014.

Seguem algumas das principais doações:

Odebrecht

* R$ 5.500,000,00 em 2 doações durante a campanha.

Queiroz Galvão

* R$ 5.250.000,00 em 7 doações durante a campanha.

Blog do BG:

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
08:46

Do UOL, em Brasília

Circulou pelas redes sociais neste domingo (5) um vídeo que mostra a presidente afastada Dilma Rousseff entrando em um carro sob vaias e gritos de “fora”. O título e a descrição das imagens, com 19 segundos de duração, informam que a petista foi expulsa de uma pizzaria em São Paulo, na noite deste sábado (4). Trata-se de um boato.

A gravação, na verdade, mostra cenas ocorridas no início da noite de quinta-feira (2), no Rio de Janeiro. Segundo sua assessoria de imprensa, o vídeo mostra o momento em que ela deixava a casa do governador licenciado do Rio, Luiz Fernando Pezão, no Leblon, zona sua da capital fluminense. O episódio foi registrado pelo jornal “O Globo”.

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
08:40

 

 

Fonte Renato Dantas
kkkk
Henrique está na mira de Temer

O ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República mandou um recado para o ministro do Turismo Henrique Alves.

Padilha disse em entrevista à Folha de São Paulo que o presidente Temer não suportará envolvimento de ministros na Lava Jato, caso isso ocorra, o presidente pede ao ministro para pedir demissão, ou no contrário Temer vai demitir.

Confira entrevista na íntegra na Folha de São Paulo

Publicado por: Chico Gregorio


06/06/2016
08:31

Por:  Estadão

camaradep-525x350 DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

O advogado Carlos Alexandre Klomfahs entrou com ação popular, com pedido liminar, na Justiça Federal de São Paulo para barrar o reajuste para servidores públicos federais aprovado pela Câmara dos Deputados,em uma articulação do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), na madrugada da quinta-feira, 2.

Projeção do Broadcast, serviço de informações em tempo real da Agência Estado, aponta que aumentos salariais de funcionários dos poderes Judiciário e Executivo terão impacto de pelo menos R$ 56 bilhões até 2019 nos cofres públicos.

A Câmara aprovou 14 projetos de reajustes de servidores de diversas carreiras públicas federais. O reajuste médio concedido foi de 21,5%, divididos em quatro anos. Quase todas as propostas precisam passar pelo Senado.

Na ação, o advogado cita a grave crise econômica pela qual passa o País para tentar convencer a Justiça a barrar o reajuste.

Confira a matéria completa em: http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/acao-popular-pede-que-justica-barre-reajuste-para-servidores-federais/

Publicado por: Chico Gregorio