31/05/2016
17:50

DSC_8960-750x497

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado (PR), reforçou o nome de Paulo Emídio, conhecido por Paulinho da Habitação, como pré-candidato a prefeito do município. De acordo com Calado, o nome do pré-candidato agrada aliados.

“Temos muitos bons nomes, mas o de Paulinho para pré-candidato tem o apoio dos partidos aliados. O importante é que esse grupo está unido e entusiasmado. A partir de agora vamos buscar novos aliados e já estamos montando um programa de governo que iremos apresentar à população com o mesmo ritmo de crescimento e desenvolvimento que temos imprimido até agora”, afirmou Jaime.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
17:47

Por: Alex Viana

 57dfe586-dd64-4e6d-9da0-58fb54cca3b8

O governador em exercício do Rio Grande do Norte, vice-governador Fábio Dantas (PC do B), diz que a maior contribuição que o presidente interino da República, Michel Temer (PMDB), poderia oferecer ao País, seria a renúncia. Eleito vice-governador ao lado de Robinson Faria (PSD) em outubro de 2014, Fábio assumiu interinamente a gestão estadual durante doze dias de licença do titular do cargo, para uma viagem com a família aos Estados Unidos.

Na visão de Fábio Dantas, a renúncia de Temer, para alcançar os efeitos benéficos à nação, diante do quadro de grave crise econômica e política, precisaria ser acompanhada do mesmo gesto da parte da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT). Antes mesmo que o impeachment fosse votado definitivamente no Senado Federal.

“Há um descrédito da classe política e há um governo ilegítimo no poder. O governo atual tem 1% de aprovação pública e sabemos que não tem como governar sem o apoio da população, mesmo havendo apoio no Congresso. A gente também sabe que, com o passar do tempo, esse apoio do Congresso vai começar a migrar. Então eu acho que o atual presidente pode, em conjunto com a presidente afastada, dar um grande passo para ajudar o Brasil, renunciando ao mandato e convocando novas eleições, para sobretudo dar legitimidade a um novo governo”, diz Dantas.

Nessa entrevista exclusiva concedida pelo governador em exercício Fábio Dantas ao portal de Notícias Agora RN, ele também aborda a situação econômica do ponto de vista do estado e responde a questões políticas, como a saída do PT da gestão estadual, eleições em Natal e candidatura futura ao Senado.

A entrevista foi feita em duas partes. Confira a parte número dois a seguir:

Agora RN – Como o senhor avalia o momento político por que passa o país com o governo interino de Temer e o afastamento de Dilma?
Fábio Dantas – Eu defendo claramente que a economia foi o maior alicerce para o impedimento da presidente, então essa questão valorizou muito isso. As pessoas que se propuseram a fazer o impeachment tinham o intuito de disponibilizar a sociedade a recuperação econômica do país em curto prazo, mas a gente vê que ainda não melhorou nada. Por que? Porque há um descrédito da classe política e há um governo ilegítimo no poder. O governo atual tem 1% de aprovação pública e sabemos que não tem como governar sem o apoio da população, mesmo havendo apoio no Congresso. A gente também sabe que, com o passar do tempo, esse apoio do Congresso vai começar a migrar. Então eu acho que o atual presidente pode, em conjunto com a presidente afastada, dar um grande passo para ajudar o Brasil renunciando ao mandato e convocando novas eleições, para, sobretudo, dar legitimidade a um novo governo.

Agora RN – Mas seria preciso mudar a Constituição para que ocorressem as novas eleições…
Se houvesse renúncia, sim. Mas por processo de cassação do Tribunal Superior Eleitoral, seria um caso mais traumático, que não ajudaria em nada o País.

Agora RN – Ultimamente políticos ligados ao governo vêm sendo citados na Lava Jato. Dois ministros caíram. O senhor acredita que Temer continuará enfrentando problemas relacionados à Lava Jato?
Eles estão em evidencia, não é? Onde tiver alguma brecha, as pedras serão atiradas. O PMDB sempre teve espaço político, esteve presente em todos os governos e provavelmente sempre deve ter cometido ações que hoje vão ser passiveis de investigação pela Lava Jato.

Agora RN – O presidente Temer não sinalizou em nenhum momento que pode renunciar ao cargo, muito pelo contrário. Diante desse contexto, como é que se posiciona o governo do RN frente a situação política nacional?
Acho que se o presidente retomar a economia ele já vai ajudar muito o Rio Grande do Norte. Não adianta ficar pensando que seremos beneficiados por A, B ou C. As políticas públicas de uma economia tendo sucesso ajuda o país inteiro. Na medida que o governo acertar, todos os estados serão beneficiados e eu espero que isso realmente aconteça. É difícil fazer essa transição que está havendo, mas à medida que a economia melhorar, vai melhorar para todo mundo. Creio que em 2016 não teremos muitas mudanças e por isso defendo a questão das novas eleições, acho que isso melhoraria a economia porque seria um governo legítimo. Mas se caso a presidente continue afastada e Temer assuma definitivamente, espero que ele consiga acertar e recuperar o Brasil.

Agora RN – Qual a avaliação parcial do governo Robinson até aqui?
Está sendo um governo de muitas dificuldades. Pegamos um Estado com a economia aos frangalhos, com recursos muitos escassos, déficit previdenciário gigante, estado com seca, e agora a economia nacional que não reagiu absolutamente nada. Os passos que deveriam ser tomados por nós estão sendo feitos, só precisamos que o País retome a rota do desenvolvimento para que a gente consiga crescer também.

Agora RN – Como ficou o governo depois da saída do PT?
A gente lamentou muito, eles foram grandes parceiros no período da nossa campanha e também no primeiro ano do mandato. Infelizmente houve aquele momento que teve a divergência e não conseguimos superar, se tivesse sido superado seria melhor. Temos agora essa fragilidade de não termos mais o apoio deles. Infelizmente ambos os lados perderam com essa divisão.

Agora RN – O PC do B chegou a se dividir em relação a essa situação? Afinal, o partido sempre foi aliado do PT…
Alguns filiados queriam rompimento, enquanto outros acreditavam que a gente não poderia verticalizar uma questão de Brasil. Não é fácil a gente conciliar todas as divergências, mas o presidente do PC do B, Antenor Roberto, ficou muito centrado nesse ponto de separar o que era Brasil e o que era RN, por isso continuamos ao lado do governo.

Agora RN – Qual posicionamento do PC do B nas eleições municipais deste ano em Natal?
O vereador George Câmara será o nosso candidato em Natal, já está confirmado. Estamos tentando, fazendo uma junção de forças com outros partidos para ganharmos confiança, porque as nossas prioridades serão Natal e Parnamirim. Nosso foco serão esses dois municípios. O detalhe é que se Carlos Augusto Maia for vencedor em Parnamirim, George que é o primeiro suplente se tornará deputado estadual no lugar de Carlos.

Agora RN – Em relação a Natal, o governador já tem posição?
Ele acha importante que tenham várias candidaturas para dar mais qualidade ao debate. Espera que seja um debate democrático e mais extenso, sobretudo que exista a realização dos dois turnos e que no segundo turno ele possa se dedicar mais a capital, uma vez que já haverá as definições nos outros municípios.

Agora RN – O nome do senhor vem sendo colocado como um possível candidato ao Senado em 2018, como avaliar isso?
Sou candidato a ver o RN melhor. O momento não é para a gente contribuir com candidatura, acho que com ideias e trabalho seria melhor. Nenhuma candidatura se sustenta sem haver trabalho e aceitação popular. A partir disso os nomes vão surgir naturalmente. Eu não tenho nenhuma pretensão de uma candidatura que não seja apoiada pelos meus colegas. A eleição desse ano vai ajudar a construir uma nova geração política no Estado. Nunca tive esse pensamento de candidatura, nem mesmo para vice, mas acabei sendo na chapa do Robinson, mas nunca trabalhei para isso, a chance nasceu de uma consequência do processo democrático daquele ano. 2018 ainda está muito distante e até lá muita coisa ainda pode acontecer. Meu nome sempre está à disposição para trabalhar, o resto é consequência.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
15:28

 

bradesco-marcio-fernandes-estadao

A PF indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e dois executivos do banco no inquérito da Operação Zelotes que investiga compra de decisões no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). As investigações mostraram que o grupo investigado por corromper integrantes do Carf conversou com executivos do banco a respeito de um “contrato” para anular um débito de R$ 3 bi com a Receita Federal.

A PF já havia apontado em relatório que Trabuco e os outros dois executivos da instituição financeira se encontraram com emissários da organização criminosa para discutir como seria a atuação do órgão. A PF também indiciou o auditor da Receita Federal Eduardo Cerqueira Leite, que teria articulado a reunião entre os integrantes do esquema e o comando do banco. A conclusão do inquérito relativo ao Bradesco já foi encaminhado pela PF ao Ministério Público Federal, que pode ou não apresentar denúncia à Justiça Federal.

Os indiciamentos são pelos crimes de tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A Coluna do Estadão não conseguiu confirmar quais desses crimes são imputados a Trabuco. O Ministério Público confirmou que recebeu da PF os indiciamentos.

Procurado, o Bradesco disse que irá se manifestar ainda hoje sobre a conclusão do inquérito.

Coluna do Estadão – Andreza Matais e Marcelo de Moraes

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
15:22

 carloseduardo

O prefeito do município de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), informou através da sua conta no Twitter que 17.981 servidores municipais terão seus salários depositados até a quarta-feira (1). Nesta terça (31), a Prefeitura efetuou o pagamento de 6.084 servidores entre funcionários da Urbana, do Natalprev, da Arsban e do magistério.

De acordo com o prefeito, ainda nesta terça outros 11.897 servidores terão seus vencimentos repassados ao Banco do Brasil, que deve dar baixa nos depósitos na quarta-feira.

Desta forma, 81,7% do quadro de servidores municipais terão recebido seus salários ainda dentro do mês de maio. Segundo Carlos, “a prioridade continua sendo o pagamento, apesar da queda da receita.”

Entretanto, os 4 mil servidores restantes só receberão seus vencimentos na próxima semana. A Prefeitura alega que ainda não recebeu as receitas necessárias para quitar com todos os funcionários, mas garantiu que os pagamentos serão realizados no mais tardar até a semana que vem.

Fonte Agora RN

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
11:37

estradatibau

No geral, a malha rodoviária pavimentada do Rio Grande do Norte melhorou no período de 2005 a 2015. O índice de ótimo e bom passou de 9,26% naquele ano para 41,23% no ano passado, segundo o Anuário CNT do Transporte 2016, divulgado ontem pela Confederação Nacional do Transporte. O total de quilômetros pesquisados e classificados como ótimo/bom passou de 166 em 2005 para 759 em 2015. A análise leva em conta o estado do pavimento, a sinalização e a geometria das estradas. No quesito “Pavimento’, em 2015, a pesquisa enquadrou 47% na condição ótima/boa, enquanto 4,9% na ruim/péssima.

Assim como na maioria dos estados brasileiros, no Rio Grande do Norte o que derruba a classificação das rodovias é a geometria, em primeiro lugar, e a sinalização em segundo. Em 2015, apenas 300 quilômetros tinham traçado e condições de segurança adequados. Este é um problema difícil de resolver. Questões como desapropriação de terras e rotas para atender conveniências políticas de mais de meio século atrás, algumas vezes, atropelavam os critérios técnicos.

A pesquisa da CNT não aponta causas, mas a melhoria na qualidade das estradas federais do RN já foi atribuída em levantamentos anteriores ao recapeamento nas BRs 304, 226, 405 e 406 e, principalmente, na duplicação da BR-101, de Parnamirim até a divisa com a Paraíba. No RN, segundo a CNT, a malha rodoviária pavimentada (estradas federais e estaduais) é de 4.554 mil quilômetros. A pesquisa foi feita em 1.841 km.

Tribuna do Norte

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
11:26

Em abril, faltaram carros para emplacar devido ao aumento da demanda - Foto: Comunicação Volkswagen do Brasil

Reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo  no final de semana,  aponta que a economia brasileira está se estabilizando e poderá se recuperar mais rapidamente do que o esperado. O jornal afirma que a retomada do crescimento resultou dos “ajustes feitos ainda pela administração de Dilma Rousseff”.

O jornal cita Caio Megale, economista do Itaú Unibanco: “O Temer herdou de Dilma 2 uma economia melhor do que Dilma 2 herdou de Dilma 1″. Ele diz que, “em abril, pela primeira vez em dois anos, faltaram carros para entregar”. Os estoques de bens duráveis (como eletrodomésticos) e da produção de máquinas e equipamentos mostram que a economia já começou a melhorar. E tudo isso ocorreu antes do afastamento da presidenta Dilma, em 12 de maio.

O Banco Bradesco revisou recentemente sua projeção para o PIB do segundo trimestre de uma contração de 0,5% para -0,1%. “Não é pouca coisa”, afirma Igor Velecico, economista do banco. Segundo ele, após a consolidação da estabilização, começará uma retomada da economia.

Segundo os analistas, as mudanças implementadas que Dilma que tiveram maior impacto positivo não foram os cortes no Orçamento, e sim a correção dos preços que estavam distorcidos, como a tarifa de energia e da gasolina. Isso afetava negativamente o balanço das empresas desses setores e alimentava expectativas de que a inflação ainda subiria muito, o que acabou não se comprovando.

Outro fator importante foi a desvalorização do real, que contribuiu para a recuperação das exportações e uma redução expressiva das importações: “Como os estoques das empresas finalmente pararam de subir e há um vasto contingente de desempregados, qualquer recuperação tímida da demanda poderá levar a uma retomada da produção”, afirma o jornal.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
11:13

José da Noite - Vereador

José da Noite de Medeiros no uso de suas atribuições legais protocolou requerimento na forma regimental, essa semana na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores para que a Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social seja oficializada, solicitando um “Dia de Cidadania” em parceria com outros órgãos afins em Jardim do Seridó.

Para o parlamentar, o referido requerimento se justifica em razão do município ainda ter cidadão sem nenhum documento comprobatório que identifique sua cidadania. “Em caso emergencial criam-se problemas, principalmente em se tratando de internamento ou outra ação que venha exigir sua comprovação”, destacou José da Noite.

-Fonte Josimário Nunes

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
11:07

A Prefeitura de Jardim do Seridó, através da Secretaria Municipal de Saúde realizará na próxima sexta-feira, dia 3 de junho, às 17 horas, a solenidade de inauguração da Academia da Saúde, construída ao lado do Canal no centro da cidade que visa proporcionar uma melhor qualidade de vida à população jardinense. Será mais um espaço de inclusão social, dedicado a atividades físicas e culturais.

A secretária municipal de Saúde destaca que a maior parte das mortes no Brasil é provocada por doenças crônicas não transmissíveis e esse número poderia ser reduzido se as pessoas praticassem mais atividades físicas. “Com essa obra, a prefeitura está motivando as pessoas a praticar mais esportes e estimular hábitos mais saudáveis”, declarou Dra. Talita Moura.

A Academia da Saúde em Jardim do Seridó será acessível gratuitamente ao público e dispõe de sala de acolhimento e de vivência, depósito, bancos e banheiros. Para a prática de atividades físicas têm os seguintes equipamentos: barras horizontais, barras assimétricas, barras de marinheiro, prancha para exercícios abdominais, espaldar, entre outros.

Os recursos para a construção deste espaço foram oriundos de uma emenda parlamentar do senador Garibaldi Alves Filho, junto ao Governo Federal, através do Ministério da Saúde. A empresa Judson G. da Silva & CIA LTDA ME, vencedora do processo licitatório foi a responsável pela execução de mais uma importantíssima obra para o município.

O Programa Academia da Saúde do Ministério da Saúde tem como objetivo ampliar o acesso da população às políticas públicas de promoção da saúde, promovendo o cuidado integral e práticas de educação em saúde, bem como contribuir para a valorização da utilização dos espaços públicos de lazer e melhoria das condições de saúde.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
10:57

Na noite desta segunda-feira (30), o prefeito de Tenente Laurentino Cruz, Titico Araújo (PMDB), reuniu vereadores e lideranças para anunciar oficialmente que não disputará a reeleição. O prefeito alegou problemas de saúde ao justificar sua decisão.

 

Após o anúncio da desistência do prefeito, apenas os vereadores Inácio Macedo (PSB) e Francisco Cleudimar (PMDB) colocaram seus nomes a disposição para concorrer a Prefeitura Municipal.

 

A reunião terminou sem a definição de quem será o candidato do grupo. A decisão deverá acontecer nos próximos dias, após novas reuniões.

Fonte Tonny Washington

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
10:43

O governo Michel Temer vinha se cansando de ser alvo dos dilmistas e decidiu futucar a gestão da presidente afastada Dilma Rousseff.

Começou provocando denúncia contra possíveis irregularidades no Bolsa Família, a menina dos olhos do PT.

Segundo apuração do Ministério Público Federal, há suspeita de desvio de 2 bilhões e meio!!!!

Isso tudo e só entre 2013 e 2014.

Mas desviando como?

Na lista de suspeitas, há mortos sacando Bolsa Família, gente sem CPF, outros com dois CPFs…

Fora servidores públicos, responsáveis por empresas ativas e…pasmem! Doadores de campanhas.

Vale lembrar que no Rio Grande do Norte já apareceu até vereador recebendo Bolsa Família.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
10:27

Por Estadão Conteúdo

O hábito de fumar é o fator de risco mais conhecido para o câncer de pulmão. Ele aumenta em até 20 vezes a chance de desenvolver a doença quando comparado aos não fumantes. De acordo com o Artur Ferreira, oncologista do Centro de Oncologia do Hospital 9 de Julho, esse é o tipo de câncer que mais causa óbito no mundo. “Por isso, as medidas de prevenção desse tumor são extremamente importantes e ações como a cessação do tabagismo são capazes de reduzir muito sua incidência”, afirma.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 90% dos casos diagnosticados, o câncer de pulmão está associado ao consumo de derivados de tabaco. Isso acontece porque a fumaça do cigarro contém diversas substâncias cancerígenas. “Por essa razão, a cessação do tabagismo é a medida mais importante de prevenção”, destaca o médico. Ainda de acordo com a instituição, estão previstos para 2016, mais de 28 mil casos da doença no Brasil.

São considerados grupos de alto risco para o câncer de pulmão pessoas entre 55 e 74 anos com histórico de tabagismo intenso (um maço por dia por 30 anos seguidos), que ainda sejam fumantes ou que tenham interrompido o hábito de fumar há menos de 15 anos; e pacientes com 50 anos ou mais com histórico de tabagismo (um maço por dia por 20 anos seguidos) e mais um fator de risco associado, como histórico de câncer prévio ou de câncer de pulmão na família, presença de doença pulmonar associada, entre outros.

Nesses casos é indicada a realização de exames anuais para rastreamento da doença. “Nós usamos a chamada Tomografia de Baixa Dose (TBD), que é feita sem o uso de contraste e com exposição a baixas doses de radiação”, explica Ferreira.

O especialista lembra também que, além do câncer de pulmão, o tabagismo é fator de risco para outros tipos de câncer, como os tumores localizados nas regiões da cabeça, pescoço e bexiga.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
10:22

Do Notícias ao Minuto – A presidente afastada Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (30) que seu governo nunca teve um ministro da CGU (Controladoria-Geral da União) afastado e que o órgão, na gestão interina de Michel Temer, teve o objetivo de “tornar obscura” a transparência da administração pública.

Dilma se referia ao pedido de demissão, nesta segunda, do ministro Fabiano Silveira (Transparência, Fiscalização e Controle, antiga CGU), depois do vazamento de conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Nos diálogos, Silveira orienta o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), seu padrinho político, e o próprio Machado a atuarem diante da Operação Lava Jato, na qual ambos são investigados.

“É interessante assinalar que hoje o segundo ministro interino e provisório se afasta [o primeiro foi Romero Jucá, do Planejamento]. Nunca tivemos o ministro controlador-geral da União afastado. Nunca o ministro da CGU deixou de fazer sua função, que é a transparência de governo. Achei muito estranho que eles tivessem olhado o ministério da CGU e transformado no ministério da transparência. Pensei que era uma jogada de marketing. Agora tenho certeza que era para tornar obscura a transparência”, afirmou Dilma durante lançamento do livro “A resistência ao golpe de 2016”, em Brasília.

Segundo a presidente afastada, as gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro com integrantes da cúpula do PMDB têm um “silêncio estarrecedor” sobre o processo de seu impeachment e o objetivo de “evitar que crimes cometidos por eles sejam desvendados” com a “paralisação” da Lava Jato.

“O golpe, sem sombra de dúvidas, tem dois motivos: um é parar a Lava Jato, o outro é impedir que nós continuemos com a nossa política de inclusão social”, disse Dilma.

Na semana passada, o ex-ministro Romero Jucá (Planejamento) foi exonerado do governo Temer após o vazamento de uma conversa com Machado em que sugeria um pacto para “estancar a sangria” da Lava Jato.

Para a petista, os áudios que derrubaram dois ministros de Temer não indicam razões para o crime de responsabilidade fiscal do qual ela é acusada e julgada pelo Senado, mas mostram que “eles querem acabar com programas sociais” criados durante o governo do PT. “Não atenderão nenhum pobre nesse país”, disse Dilma.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
10:17

Cientista político alerta para possibilidade de Carlos Eduardo se candidatar ao governo e deixar a prefeitura nas mãos do partido de Henrique

 danielmenezes Reprodução / Agora TV

O cientista político e sociólogo Daniel Menezes concedeu entrevista ao Agora TV na semana passada e abordou temas importantes da política a nível local e nacional. Entre eles, falou da possível – e provável, na visão dele – reeleição de Carlos Eduardo na Prefeitura do Natal, tendo inclusive levantado questionamento acerca do futuro da Prefeitura caso o candidato do PDT se prontifique a disputar o governo em 2018.

“Pra mim, o grande calcanhar de Aquiles do prefeito é a relação dele com o PMDB, partido que passou a ter forte rejeição após as eleições de 2014, algo que cresceu mais ainda devido ao fato do Henrique Alves estar sendo citado diversas na Lava Jato. Estou curioso para saber como o prefeito vai explicar para o eleitor que daqui a 2 anos ele pode ser candidato ao governo e deixar a prefeitura para o PMDB”, abordou.

Além disso, o sociólogo também falou sobre as citações do senador José Agripino (DEM) na Lava Jato e se aprofundou mais na análise da suposta participação de Henrique neste esquema de corrupção.

Publicado por: Chico Gregorio


31/05/2016
10:12


Por:  O Globo

 romario Jorge William - Agência O Globo

Em meio à crise política que atinge o governo interino de Michel Temer, que, em 19 dias desde a posse, já teve que afastar dois ministros flagrados em grampos telefônicos tentando barrar a operação Lava-Jato, os senadores Romário (PSB-RJ) e Acir Gurgacz (PDT-RO), que votaram pela abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, admitem agora a possibilidade de rever seus votos no julgamento final, que deve ocorrer até setembro.

A virada desses dois votos, caso se concretize e os demais votos se mantivessem, seria suficiente para evitar a cassação definitiva da petista. O Senado abriu o processo de impeachment com o apoio de 55 senadores e, para confirmar essa decisão no julgamento de mérito, são necessários 54 votos.

Romário não descarta que os novos acontecimentos políticos provocados pelos grampos do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, mudem seu voto. O senador do PSB votou pelo afastamento de Dilma, mas diz que “novos fatos” podem influenciar seu voto no julgamento definitivo.

— Meu voto foi pela admissibilidade do impeachment, ou seja, pela continuidade da investigação para que pudéssemos saber se a presidente cometeu ou não crime de responsabilidade. Porém, assim como questões políticas influenciaram muitos votos na primeira votação, todos esses novos fatos políticos irão influenciar também. Meu voto final estará amparado em questões técnicas e no que for melhor para o país — disse Romário ao GLOBO ontem.

No PSB de Romário, no Senado, cresce a tese em defesa da realização de novas eleições. Esse argumento, de nem Temer nem Dilma, pode ser usado para reverter votos contra Dilma na Casa. Entre os líderes dos partidos aliados de Michel Temer, há uma preocupação com os erros sucessivos e que as crises políticas afetem a votação do impeachment.

Confira a matéria completa: http://oglobo.globo.com/brasil/dois-senadores-ja-admitem-rever-voto-pelo-impeachment-19404106

Publicado por: Chico Gregorio


30/05/2016
18:46

 
por Cecília Oliveira

 “É uma experiência inovadora. Aqui a gente vai aprendendo novas técnicas e se empenhando para crescer cada vez mais para o mercado de trabalho”, declara Eduardo Fernandes da Silva, 19 anos, Auxiliar de Cozinha contratado pela empresa Creps. Eduardo é um dos 36 jovens que já está atuando no mercado de trabalho graças à formação profissional ofertada através do Pronatec Jovem Aprendiz executado pela Escola Agrícola de Jundiaí, Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Criado em 2015, o Pronatec Jovem Aprendiz é um desdobramento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego que visa possibilitar a qualificação profissional e a entrada de jovens da rede pública de ensino no mundo do trabalho. Além de ter acesso a um curso de qualificação profissional, o jovem aprendiz encontra na empresa a oportunidade de colocar em prática tudo aquilo que está aprendendo.

De acordo com Coordenador Geral do Pronatec/EAJ/UFRN, Prof. João Inácio da Silva Filho, o Pronatec Jovem Aprendiz é um Programa novo que permite ao jovem a formação continuada. “Nesta modalidade do Pronatec trazemos um diferencial para os participantes, que é o itinerário formativo, que permite aos jovens a capacitação em vários cursos da mesma área e um certificado com a carga horária maior, além da inserção no mercado de trabalho em empresas de renome. Estamos ofertando esta modalidade inicialmente apenas dois municípios, mas com o apoio da Reitora da UFRN, Professora Ângela Maria Paiva Cruz, e do Ministério da Educação e Cultura poderemos expandir a mais municípios do RN com excelência”.

Publicado por: Chico Gregorio