17/05/2019
07:43

Empresas de comércio, indústria e serviços já confirmam participação na 1ª FENECITI – Feira Regional de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento acontecerá no Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana, em Caicó, nos próximos dias 14 e 15 de junho, e é uma realização do Governo do Estado e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RN.

Em uma semana após o lançamento, 50% dos estandes já foram comercializados. Estarão presentes empresas de energia solar, bonelarias, fábricas de bolachas, café, sorvete e polpa de frutas, empresa ligadas à construção civil, agência de comunicação e de turismo, cerimonial, consultorias em segurança do trabalho, pet shops, concessionárias de automóveis e motocicletas, escolas privadas, dentre outras.

Os estandes da FENECITI estão sendo comercializados na Casa do Empresário de Caicó, com valores promocionais até esta quinta-feira (16). A Feira Regional de Negócios conta com o apoio da FCDL RN, CDL Caicó, Sebrae, Sistema FIERN, Município de Caicó, Fecomércio RN, Governo Federal, Banco do Nordeste, IFRN, Potigás, JUCERN, Universidade Potiguar, Cimentos Mizu e Grupo Três Corações.

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:34

 

ponto extra final - PONTUAÇÃO EXTRA: professor ofereceu cinco pontos a alunos que não participassem de manifestações

Um professor da Universidade de Brasília (UnB) ofereceu cinco pontos extras a alunos que compareceram à aula nessa quarta-feira (15), das 10h às 12h. Mesmo dia e horário em que ocorreram manifestações no DF contra o bloqueio de verbas de universidades federais pelo Ministério da Educação.

Em uma lista de exercícios passada aos estudantes, o professor do Departamento de Estatística George Freitas von Borries afirma: “Os alunos que compareceram à aula do dia 15/5 também receberão cinco pontos adicionais na prova 2” (veja acima).

Estudantes acusam o professor de agir com postura ideológica e de tentar inibir a participação deles no protesto. Depois das reclamações, ele desistiu da pontuação extra.

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:28

Na cerimônia em que recebeu o prêmio oferecido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em Dallas, no Texas, o presidente Jair Bolsonaro fez um discurso de 11 minutos nesta quinta-feira 16, no qual mudou o bordão de seu governo para “Brasil e Estados unidos acima de tudo”, gerando uma avalanche de críticas nas redes sociais.

“E termino com o meu chavão de sempre. Meu muito obrigado a todos. Brasil e Estados Unidos acima de tudo, Brasil acima de todos”, declarou, errando a parte final, onde entraria “Deus acima de todos”.

Ele também voltou a bater continência para a bandeira americana, como já havia feito antes de ser eleito presidente.

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:26

Nomeado há apenas 15 dias, Elmer Vicenzi, o presidente do Inep (Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais), foi demitido nesta quinta-feira (16).

Ex-delegado da Polícia Federal, Vicenzi entrou no lugar após a demissão de Marcus Vinicius Rodrigues, que foi o primeiro a assumir o posto na gestão de Jair Bolsonaro e caiu porque resolveu acabar com a avaliação de alfabetização e por conta de uma disputa interna entre olavistas e militares.

O Inep é responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e Vicenzi estava em meio a uma disputa com integrantes do ministério. Segundo fontes, deve ter sido o exame a causa de sua demissão.

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:21

Operação Canastra Real investiga desvio de R$ 2,4 milhões na Assembleia Legislativa do RN
Segredo de justiça 
O Tribunal de Justiça deverá julgar na próxima terça-feira (21) o pedido de prisão de um dos citados na Operação Canastra Real. O processo corre em segredo de justiça.
O desembargador Saraiva Sobrinho, da Câmara Criminal, está com a decisão.
A interrogação está no fato de saber por que o TJ decidiu pelo segredo de justiça nesse caso.

Entenda o caso
A Operação deflagrada pelo MP em setembro de 2018 investiga desvios de R$ 2,4 milhões na Assembleia Legislativa do RN, por meio de servidores fantasmas.

Via

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:18

Resultado de imagem para FAB intercepta avião com quase 500 quilos de cocaína
Um avião bimotor carregado com quase meia tonelada de cocaína foi apreendido durante operação das polícias Federal (PF) e Militar de Goiás (PM-GO), com a intervenção da Força Aérea Brasileira (FAB).
Três aeronaves militares interceptaram o avião executivo modelo Beechcraft 95-E55 Baron, no final da noite desta quarta-feira (15), forçando-o a pousar na cidade de Rio Verde (GO), a cerca de 230 quilômetros de Goiânia. Segundo a FAB, o avião bimotor foi detectado por radares enquanto trafegava em baixa altitude e sem ter apresentado plano de voo previamente autorizado.
Imediatamente, o Comando de Operações Aeroespaciais da FAB enviou uma aeronave E-99 e dois jatos A-29 Super Tucano para acompanhar o bimotor em voo. De acordo com a FAB, o piloto do avião irregular chegou a pousar em Quirinópolis (GO), mas logo retomou o voo, sendo então forçado a pousar em Rio Verde, distante 100 quilômetros do primeiro lugar de pouso.
De acordo com a PF, três homens que aguardavam pela aeronave em uma pista clandestina de Quirinópolis descarregavam a droga, quando policiais federais e militares chegaram ao local. Foi neste momento que o piloto da aeronave voltou a levantar voo, tentando escapar. Em terra, houve troca de tiros e os três suspeitos foram mortos. As armas e os carros usados na ação também foram apreendidos.
Fonte EBC

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:13

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:09

Açude de Coremas pega 17 centímetros d'água de ontem para hoje

(Foto: José Albertino)

O secretário de Meio Ambiente, Pesca e Recursos Hídricos de Coremas, José Albertino, informou que o Açude de Coremas pegou 17 centímetros d’água de ontem (quinta, 16) para esta sexta-feira. 17. “O Açude de Coremas agora está com 110.766.827 de metros cúbicos, segundo tabela da ANA e do DNOCS. E segue pegando muita água”, disse ele.

A Agência Executiva de Gestão das Águas  (AESA) ainda não atualizou os dados incluindo essa nova recarga, mas até a manhã de ontem o manancial estava com 18,26% de sua capacidade.

Via Folha Patoense

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:03

Relatório do Coaf aponta operações atípicas em contas bancárias de Marcelo Álvaro Antônio (PSL), ministro do Turismo de Jair Bolsonaro. Segundo o órgão do Ministério da Justiça, o pivô das investigações sobre candidaturas de laranjas do PSL movimentou R$ 1,96 milhão de fevereiro de 2018 a janeiro de 2019.

Folha teve acesso ao documento, que relata “operação suspeita” e afirma ter havido depósitos e saques em dinheiro vivo que apresentaram “atipicidade em relação à atividade econômica do cliente ou incompatibilidade com a sua capacidade econômica-financeira”, além de movimentação de recursos “incompatível com o patrimônio, a atividade econômica, ou a ocupação profissional e a capacidade financeira do cliente”.

O valor de R$ 1,96 milhão, movimentado em duas contas do Banco do Brasil, considera créditos e débitos, como saques, depósitos, transferências, cheques e pagamentos de boletos, entre outros. As operações em dinheiro vivo informadas pelo BB foram de valores acima de R$ 50 mil.

O relatório diz que, no período analisado, Álvaro Antônio tinha como rendimento registrado apenas o seu salário líquido como deputado federal, de R$ 22,1 mil. E que a única empresa cadastrada em seu nome estava inapta na Receita Federal, pelo motivo de omissão de declarações.

Em agosto de 2018, em sua declaração de bens entregue à Justiça eleitoral, Álvaro Antônio declarou patrimônio de R$ 773 mil. À época das últimas eleições, ele era presidente em Minas do PSL, mesmo partido de Bolsonaro, e foi reeleito para o cargo de deputado federal, tendo sido o mais votado no estado.

O documento do Coaf com as movimentações suspeitas do ministro foi enviado no mês passado para a PGR (Procuradoria-Geral da República) e, agora, deve ir para Minas Gerais, onde há apurações sobre esquema de candidaturas de laranjas do PSL.

O Coaf é o responsável no governo federal pela produção de inteligência financeira, em auxílio ao combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. O órgão “recebe, examina e identifica ocorrências suspeitas de atividade ilícita e comunica às autoridades competentes para instauração de procedimentos”.

O órgão atualmente está vinculado ao Ministério da Justiça de Sergio Moro, mas há movimentação no Congresso para devolvê-lo ao Ministério da Economia.

Em fevereiro, em relação ao escândalo dos laranjas, o ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou foro privilegiado para o ministro do Turismo e decidiu que a competência de investigação do caso é da primeira instância, por serem fatos que ocorreram durante a campanha, inexistindo vínculo com o mandato de deputado federal na Câmara.

caso das laranjas foi revelado pela Folha em fevereiro. Dias depois, o Ministério Público e a Polícia Federal abriram investigação, ainda em andamento. Bolsonaro tem dito que aguarda a conclusão das investigações sobre o ministro do Turismo para decidir o que fará nesse caso.

Em reportagem do dia 4 de fevereiro, o jornal mostrou que o ministro do Turismo patrocinou um esquema de candidaturas de fachada que desviou dinheiro público do PSL para empresas ligadas ao seu gabinete e a seus assessores.

Quatro candidatas, escolhidas pelo político, receberam R$ 279 mil, ficando entre as 20 que mais receberam dinheiro do partido no país inteiro, mas não tiveram sinal de que tenham feito campanha efetiva. A mais bem sucedida delas não chegou a ter nem 1.000 votos.
(mais…)

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
07:01

Quatro dias depois de dizer que vai indicar o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, para a primeira vaga no Supremo Tribunal Federal (STF ), porque firmou “um compromisso” com ele, o presidente Jair Bolsonaro declarou nesta quinta-feira que não houve “nenhum acordo” com o ex-juiz federal. A declaração ocorreu em transmissão pelo Facebook, diretamente de Dallas, nos Estados Unidos, de onde o presidente decola ainda nesta noite rumo ao Brasil.

— Eu quero deixar bem claro. Quem me acompanhou ao longo de quatro anos pelo Brasil, eu sempre falava que precisamos de alguém no Supremo com o perfil do Sergio Moro. Isso que foi falado. E agora, por exemplo, perguntaram pra mim se tivesse que indicar alguém hoje pro Supremo, eu indicaria o Moro. Não teve nenhum acordo, nada, nunca ninguém me viu com o Moro — afirmou Bolsonaro, referindo-se ao período pré-eleitoral.

No domingo, em entrevista a Milton Neves na rádio Bandeirantes, a versão apresentada pelo presidente foi diferente.

— Fiz um compromisso com ele (Moro), porque ele abriu mão de 22 anos de magistratura. Eu falei: a primeira vaga que tiver lá está à sua disposição. Obviamente, ele teria de passar por uma sabatina no Senado. Eu sei que não lhe falta competência para ser aprovado lá. Mas uma sabatina técnico-política. Eu vou honrar esse compromisso com ele – disse Bolsonaro. — Caso ele queira ir para lá, será um grande aliado, não do governo, mas dos interesses do nosso Brasil dentro do Supremo. A primeira vaga que tiver, eu tenho esse compromisso com Moro, e, se Deus quiser, cumpriremos esse compromisso. Acho que a nação toda do Brasil vai aplaudir um homem desse perfil no Supremo — complementou.

O GLOBO

Publicado por: Chico Gregorio


17/05/2019
06:58

 

José Aldenir / Agora RN
Promotor Sérgio Gouveia

A Promotoria do Patrimônio Público de Parnamirim, que investiga desde 2015 uma suposta “farra” na concessão de diárias na Câmara Municipal, decidiu convocar novamente vereadores e assessores. Os promotores querem que eles apresentem novos documentos que comprovem a participação nos eventos para os quais receberam diárias que totalizaram mais de R$ 1,1 milhão nos últimos dois anos.

“Queremos mais do que um simples certificado de participação. Vamos renovar o pedido para que nos apresentem a programação e imagens desses eventos nas redes sociais”, afirmou o promotor Sérgio Gouveia de Macedo.

Ele e a promotora Juliana Limeira Teixeira, com a ajuda de dois assessores e outras duas pessoas encarregadas da secretaria, são responsáveis por aproximadamente 150 ações de improbidade atualmente nas mãos da Justiça em Parnamirim. Sérgio se juntou mais recentemente à promotora Juliana, no cargo desde 2009.

Nesta entrevista ao Agora Parnamirim, eles falam do desafio que enfrentam todos os dias e do mais novo deles: tentar entender se os gastos injustificados com diárias na Câmara, que vinham caindo nos últimos quatro anos, podem ter sido reincorporados
aos usos e costumes – errados – do legislativo municipal.

Agora Parnamirim: É antigo na Câmara Municipal o hábito de não comprovar adequadamente o uso de diárias em eventos fora do Estado?

Sérgio Gouveia de Macedo: Isto é investigado no âmbito da Promotoria do Patrimônio de Parnamirim desde 2015. Nesta época, eu ainda não havia chegado e a investigação estava a cargo de um colega.

Agora Parnamirim: Houve na época alguma provocação externa para que esta investigação começasse?

Sérgio Gouveia de Macedo: Não, ela começou por iniciativa própria ao se constatar um grande volume de diárias cuja única comprovação eram os certificados de participação, o que obviamente não é suficiente.

 

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


16/05/2019
11:41

Ontem,  quarta-feira (15), o Colégio Diocesano Seridoense (CDS) inaugurou a Exposição Via Crucis – Lugares Sagrados, no prédio da Prefeitura Municipal de Caicó (Centro Administrativo), o evento aconteceu às  19 horas. de ontem. A exposição Via Crucis – Lugares Sagrados propõe uma reflexão a respeito da fé e da religiosidade como meio de despertar no ator participante e no espectador, emoções e sensibilidades…

Publicado por: Chico Gregorio


16/05/2019
11:30

Rio Piancó amanhece em cheia. Águas correm para Coremas. Vídeo

Na madrugada de ontem (terça, 15) choveu em todo o Vale do Piancó. Em algumas cidades, como Itaporanga, Diamante e Boa Ventura, a chuva passou dos 100 mm, o que fez com que o Rio Piancó amanhecesse em cheia nesta quinta-feira, 16.

As águas correm para o Açude de Coremas, o maior manancial da Paraíba, que começou a pegar recarga na manhã de hoje. Corre água também no Rio Aguiar, que leva água para a Barragem de Mãe D’água, que também fica em Coremas. O Açude de Coremas e a Barragem de Mãe D’água são os dois maiores mananciais da Paraíba, com capacidade para armazenas 1,358 bilhões de metros cúbicos.

Via Folha Patoense 

Publicado por: Chico Gregorio


16/05/2019
11:16

Resultado de imagem para fotos do prefeito de jucurutu valdir medeiros com alvaro dias e carlos eduardo alves  

Ao decidir em 2018, levado pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, apoiar Carlos Eduardo Alves, que era o candidato da oligarquia  “Alves” no estado, apoiado pela grande maioria dos caciques da política estadual, o prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros , perdeu o discurso de 2016, onde conseguiu derrotar o grupo “Queiroz” na disputa pela prefeitura municipal, usando o argumento contra os velhos caciques da política local, se desejar disputar a reeleição, terá que usar uma nova estratégia. Para o desgaste se tornar maior ainda, seus candidatos sofreram derrotas desmoralizantes no município, com Fátima Bezerra obtendo 8.095 votos, 75,2%, enquanto Carlos Eduardo Alves, o candidato de Valdir Medeiros, apenas 2.669 votos, 24,8%.

Publicado por: Chico Gregorio


16/05/2019
10:39

O escândalo envolvendo as famílias do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e de Fabrício Queiroz levou à quebra de sigilo bancário de 86 pessoas e nove empresas. A medida atinge cinco ex-assessores do presidente, o seu filho senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), e a esposa dele, Fernanda.

Os sigilos quebrados são de ex-assessores de Flávio e do pai, Bolsonaro. Também foram alvo pessoas que realizaram transações financeiras e imobiliárias com a família Bolsonaro.

A devassa nas contas abrange um período de 11 anos e é fruto de um relatório do Conselho de Controle e Atividade Financeira (Coaf) do ano passado.

Vale lembrar que se o relatório fosse revelado antes da eleição, como deveria, o resultado poderia ser outro.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Publicado por: Chico Gregorio