23/10/2017
16:54

Resultado de imagem para fotos de orelhao publico

De acordo com informações de um levantamento oficial do governo federal obtido pelo jornal O Globo, uma eventual falência da Oi pode deixar 2.051 municípios brasileiros sem telecomunicações, isto é, sem internet ou telefone. Nessas cidades, a Oi não tem concorrentes atuando ou as adversárias alugam a infraestrutura da empresa para fornecer serviço a seus clientes.

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
16:48

Com a devolução do mandato do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o Senado abriu precedentes legais para parlamentares que estão afastados por medidas cautelares – este é o entendimento do advogado Erick Pereira que, em entrevista  explicou que vereadores, deputados e senadores que estiverem em situação igual à de Aécio também deverão ter seus mandatos restaurados. Pereira lembrou que, para que a determinação judicial do afastamento possa ser completada, é preciso haver a participação da Casa Legislativa.

“A decisão judicial só se completa se a Casa Legislativa participar da determinação, autorizando ou não [o retorno do parlamentar]”, disse o jurista. Na última semana, o Senado reverteu parecer do STF que impôs medidas cautelares a Aécio. O advogado Erick Pereira, porém, considera que a Casa não passou por cima da decisão, porque a própria Corte determinou a participação do Legislativo. “É decisão do Supremo Tribunal Federal que o afastamento de um parlamentar tenha que ser submetido à Casa”, completou.

 

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
16:44

Resultado de imagem para fotos de velhinhos no inssO relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, senador Hélio José  (PROS-DF), apresentou nesta segunda-feira (23) o relatório final dos trabalhos ao colegiado, com a conclusão de que a Previdência Social não é deficitária, mas, sim, alvo de má gestão.

Segundo o senador, “está havendo manipulação de dados por parte do governo para que seja aprovada a reforma da Previdência”. Ele acrescentou que “quando o assunto é Previdência, há uma série de cálculos forçados e irreais”.

 

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
12:40

auto de natal

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
12:32

festa

A cidade de Monte Alegre está em festa para celebrar seu padroeiro Nossa Senhora da Penha. A deputada federal Zenaide Maia fez questão de prestigiar o terceira dia de celebração na noite desse domingo (22), que foi presidida pelos os padres José Adelson e Manoel José. Uma noite de muita alegria e devoção, onde a deputada teve a hora de ser madrinha de altar, ao lado dos demais moradores.

Na sequência, Zenaide Maia participou de um jantar em comemoração ao aniversariante da noite, Ubarana Filho.

“Foi uma noite de muitas alegrias. Poder participar dos festejos de Nossa Senhora da Penha, aqui em Monte Alegre, essa cidade que sempre me acolhe com grande carinho e poder festejar mais um ano de vida deste grande homem, filho de um dos maiores gestores desta cidade, o saudoso Sólon Ubarana”, declarou Zenaide Maia.

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
12:27

De Lauro Jardim, no Globo:

O ritmo de Raquel Dodge não é o mesmo de Rodrigo Janot.

E os políticos encalacrados estão batendo palmas.

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
12:26

Do Globo de hoje:

A Câmara será o caminho natural de muitos senadores brasileiros que estão encerrando seus mandatos agora em 2018.

Em cada um estados serão apenas duas vagas na disputa, enquanto que, dependendo do ‘tamanho eleitoral’ de cada um, são muitas vagas para a Câmara.

No Rio Grande do Norte, os bastidores da política já apontam os senadores Garibaldi Filho (PMDB) e José Agripino (DEM) como prováveis presentes na disputa pelas 9 vagas da Câmara.

Porém, o entrave se dá porque os dois tem filhos com mandatos e nessa mesma disputa: Walter Alves e Felipe Maia.

Garibaldi e Agripino continuam firmes de que vão tentar reeleição.

No caso de Aécio, carente de foro privilegiado, tentar a Câmara será infinitamente menos arriscado.

Via Thaisa Galvão.

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
09:25

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, em entrevista ao jornal espanhol El Mundo, que vai propor um referendo revogatório de “muitas das medidas aprovadas” pelo governo de Michel Temer, como uma proposta para recuperar o País caso seja eleito presidente em 2018.

“É criminoso ter uma lei que limite durante 20 anos o investimento do Estado. No Brasil, ainda faltam coisas básicas, como saneamento, tratamento de água, casas”, disse.

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
09:19

Os ataques do governo Michel Temer à fiscalização do trabalho análogo à escravidão no país para atender lobby da bancada ruralista no Congresso Nacional não estão explícitos apenas na portaria nº 1129/2017 publicada esta semana. Somente o Rio Grande do Norte perdeu quase 70% do orçamento previsto em 2017 para fiscalizar condições de trabalho. O texto da portaria modifica o conceito do crime e traz novas regras sobre a publicação da Lista Suja formada pelas empresas que mantém em seus quadros trabalhadores desempenhando atividade degradante análoga à escravidão.

De março até agosto, a superintendência regional do Trabalho no RN não recebeu nenhum recurso federal para pagar diárias, combustível e a manutenção dos veículos utilizados pelos fiscais que atuam especialmente na região rural do Estado.

O chefe da fiscalização da SRT no RN Calisto Torres Neto afirma que 2016 e 2017 foram os anos mais difíceis em razão dos cortes pesados no orçamento.

– Devemos ter apenas R$ 150 mil para pagar diárias, combustível e a manutenção dos veículos usados no trabalho de fiscalização. Talvez chegue perto de R$ 200 mil porque em novembro pode vir uma verba extra. Mas é quase 70% de corte. E em 2016 foi um pouco pior.

A redução de verba para a área de fiscalização do trabalho é uma política de governo. Com os contingenciamentos executados ao longo do ano, o orçamento da União para a fiscalização específica do trabalho escravo caiu 50%, passando da previsão inicial de R$ 3,2 milhões mensais, prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA), para R$ 1,6 milhão por mês.

Via Rafael Duarte

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
09:17

Ilustração: Gabriel Novaes

A cientista social e economista pernambucana Tânia Bacelar priorizaria investimentos em infraestrutura e Educação para reduzir os efeitos da crise no Nordeste. Para ela, o impacto negativo só não foi maior em razão da pujança econômica do governo Lula na região, o que ainda segurou alguns indicadores.

Referência entre os especialistas na área social e econômica, Tânia é conhecida pela defesa de políticas públicas em favor da parte debaixo da pirâmide social brasileira. A convite do ex-presidente Lula, participou do conselho político criado nos governos do PT com técnicos de vários segmentos para contribuir com sugestões e criticas.

Hoje professora aposentada da UFPE, a socióloga e economista esteve em Natal para participar do Diálogos, evento promovido pela ADURN Sindicato, na UFRN. Nesta entrevista à agência Saiba Mais, Tânia Bacelar falou sobre os efeitos da crise na região Nordeste, alternativas e os desdobramentos das ações do governo Temer.

 

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
09:10

Não é possível entender o Brasil se o analisarmos pelo lado certo e normal, porque é a incerteza e a anormalidade que melhor definem o que acontece no país hoje. Parece até que mudamos de pátria sem mudar de território, em companhia da totalidade das mesmas pessoas e falando a mesma língua. A língua, em verdade, é que parece ter mudado em parte porque ou nos comunicamos mal ou não mais entendemos bem o que se passa entre nós.

O problema reside no fato de que a linguagem perdeu a capacidade de informar e convencer, sem que seja necessariamente um mal da língua em si mesma, mas uma anomalia, uma deturpação no modo de falar de certos setores da própria sociedade em sua comunicação interna, ou seja, entre os próprios usuários da língua.

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
09:05

A Justiça Federal na Paraíba (JFPB) condenou os ex-prefeitos de Patos, Dinaldo e Nabor Wanderley, pela prática de improbidade administrativa. A ação do Ministério Público Federal e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) se refere ao convênio n° 1263/2002, firmado com objetivo de construção de 44 sistemas simplificados de abastecimento de água (poços). O presidente da Comissão Permanente de Licitação do município, à época, Hermano Medeiros Wanderley; o ex-secretário de obras, Manoel Dantas Monteiro; e a Transamérica Construtores Associados Ltda. também foram condenados. A decisão foi publicada no Diário Oficial Eletrônico da 5ª região, dessa sexta-feira (20).

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
09:02

Um avião monomotor caiu neste domingo (22), em Itaituba, no Pará, e deixou 5 mortos, informou o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

A aeronavem era um monomotor do tipo Cesna 210 e caiu em uma área urbana próxima ao aeroporto da cidade.

Os corpos foram levados para a unidade regional do Centro de Perícias de Altamira e começaram a ser necropsiados.

 

Publicado por: Chico Gregorio


23/10/2017
09:00

Foi gerado um incremento de mais de 273 milhões de reais

 As receitas próprias do Estado tiveram expressivo crescimento no acumulado dos três trimestres de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado. Em valores, de janeiro a setembro o Fisco Estadual arrecadou de ICMS, IPVA, ITCD e Taxas quantia superior a 4,107 bilhões de reais, enquanto que, no mesmo período 2016, entraram de recursos R$ 3,834 bi.

 Foi gerado um incremento de mais de 273 milhões de reais, ou seja, 7,13% a mais de receitas próprias que foram garantidas aos cofres estaduais, neste ano.

 Também nos nove primeiros meses de 2017, as transferências constitucionais do Governo Federal alcançaram números significativos, superando o mesmo período de 2016. No acumulado, foram mais de R$ 3,169 bilhões, contra R$ 2,922 bi, de janeiro a setembro do ano passado.

Publicado por: Chico Gregorio


22/10/2017
10:57

O Ministério Público do Rio Grande do Norte havia recomendado ao prefeito de Caicó, Batata Araújo, e à secretaria de Infraestrutura que notificassem os feirantes para que, ao final da feira livre realizada aos sábados na rua Olegário Vale, desobstruam a via.

Segundo a recomendação, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), os feirantes devem retirar imediatamente após o fim da feira todo o material utilizado, a exemplo de barracas, tabuleiros, caixotes e mercadorias. Com o objetivo de normatizar essa questão, a prefeitura convidou os feirantes para uma reunião no dia 1º de novembro, no Centro Administrativo.

Basicamente, a reunião vai tratar sobre a recomendação do MP em relação à feira livre.  E a intenção do Município é justamente buscar uma solução, para evitar que qualquer feirante seja prejudicado, além de mantê-los trabalhando durante toda a semana, conforme horário a ser discutido.

Publicado por: Chico Gregorio