18/12/2019
07:12

Foto: Redes sociais

São Gonçalo do Amarante/RN alcançou nota máxima no índice de Capacidade de Pagamento (Capag) do Tesouro Nacional. O município é o único com essa avaliação no Rio Grande do Norte. A análise leva em conta três indicadores: endividamento, poupança corrente e liquidez, que indicam a dívida consolidada, despesa corrente e o cumprimento das obrigações financeiras, respectivamente. São Gonçalo recebeu nota “A”, máxima, em todos.

O objetivo do índice é mostrar a capacidade de pagamento dos municípios para obtenção de novos empréstimos. Com isso é possível definir se um novo endividamento do município representaria um risco ao Tesouro Nacional.

O índice ainda traz o limite de gasto com pessoal, feito pelo Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Sincofi). Nesse índice, o município está cumprindo as obrigações.

Todos os dados podem ser consultados através do site: http://www.tesourotransparente.gov.br/temas/estados-e-municipios/capacidade-de-pagamento-capag, selecionando o estado e o município desejado.

Publicado por: Chico Gregorio


18/12/2019
07:11

Resultado de imagem para fotos de estudantes em sala de aula

As mensalidades escolares do Rio Grande do Norte podem passar por um reajuste de 6,25% a 9,6%, de acordo com o Sindicato das Escolas Particulares do RN. No entanto, se a instituição justificar investimentos em estrutura, o reajuste pode até ultrapassar o teto. As informações são do portal Agora RN.

Para o presidente do SINPRO RN, Alexandre Marinho, a variação do reajuste existe de acordo com o que cada escola decide que vai oferecer aos alunos, como mais de um idioma, aulas extras, atividade esportiva ou modalidade cultural.

Via Bg

Publicado por: Chico Gregorio


18/12/2019
07:09

Resultado de imagem para fotos do deputado federal pelo PSL do RN, General Girão

O deputado federal pelo PSL do RN, General Girão, e outros 25 integrantes da legenda com mandato na Câmara dos Deputados da chamada “ala bolsonarista” entraram nesta terça-feira, 17, com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para pedir que seja reconhecida justa causa para que eles deixem o partido. O movimento era esperado desde que o presidente da República, Jair Bolsonaro, começou a se desentender com o presidente da agremiação, Luciano Bivar. As informações são da agência de notícias Estadão Conteúdo.

A ação é necessária para que os parlamentares não percam o mandato em caso de desfiliação. A peça, assinada pelo advogado e ex-ministro do TSE Admar Gonzaga, afirma que os deputados citados na ação sofreram perseguição interna no partido por estarem alinhados ao governo. Na ação, os deputados acusam Bivar de ter mantido o controle do partido ao longo de vinte anos, por meio da apresentação de procuração de parte dos convencionais, entre outras táticas.

Publicado por: Chico Gregorio


18/12/2019
07:06

O desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) negou pedido da defesa do empresário Fábio Luiz Lula da Silva, o Lulinha, para tirar da Justiça Federal de Curitiba a investigação sobre as ligações entre a Gamecorp/Gol e a Oi/Telemar. Na decisão, no entanto, o magistrado coloca em dúvida a competência da Vara da Operação Lava Jato em Curitiba para julgar o caso. Gebran alega que, antes de tirar o caso do Paraná, é preciso saber para qual foro vai a investigação.

Lulinha e a Gamecorp foram alvo de buscas e apreensões da Operação Mapa da Mina, fase 69 da Lava Jato, desencadeada na terça, 10. A força-tarefa de Curitiba argumenta que recursos ilícitos podem ter sido usados na compra do sítio de Atibaia usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O imóvel está em nome de dois sócios de Lulinha, Jonas Suassuna e Kalil Bittar. Na semana passada o advogado de Lulinha, Fábio Tofic Simantob, pediu que a investigação fosse tirada de Curitiba alegando que o caso não tem vínculos com os desvios da Petrobrás investigados pela Lava Jato.

Fausto Macedo/O Estado de S.Paulo

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
12:44

Recentemente a Folha Patoense divulgou a situação de mais de 300 macacos que desceram a Serra de João Ferreira, em Vista Serrana, à procura de comida e que estariam passando fome.

O frentista Francisco das Chagas Gomes Xavier, conhecido por Chaguinha, está levando comida diariamente para os animais, e pediu ajuda para manter este trabalho.

Chaguinha informou que, depois da divulgação da Folha Patoense, tem recebido muitas doações e que diariamente está indo ao local alimentar os animais. “As pessoas continuam me ligando e ajudando e no domingo que vem mais pessoas da região virão a Vista Serrana para ajudar. Agradeço de coração a todos”, disse ele.

No domingo passado, 15, o empresário patoense Alex Tadeu, da BH Veículos, visitou o local e levou muitas doações (goiabas, milho, bananas etc).

Apesar das muitas doações recebidas, a campanha continua e quem puder ajudar pode levar às doações para o Posto União, único posto de combustível da cidade e onde Chaguinha trabalha.

Via Folha Patoense.

Do blog: Fiquei numa dúvida danada, no estado da Paraíba, estamos vendo essa campanha para alimentar os macacos  na serra de Vista Serrana, pois aqui em Caicó, fui ameaçado por um policial ambiental, que me falou que era proibido colocar alimentos aos pássaros, mesmo que eles estivessem sem alimentos em consequência dos 10 anos de seca nossa região atravessou, deixando a entender que era melhor deixar morrer do que salva colocando frutas ao ara livre.

 

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
12:30

Resultado de imagem para fotos de militares do exercito brasileiro

O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto que reforma a previdência dos militares. A nova lei fez mudanças mais suaves do que as aplicadas aos civis e também reestruturou as carreiras nas Forças Armadas concedendo aumento salarial à tropa. Não foi feito qualquer veto ao texto aprovado pela Câmara e pelo Senado.

A principal mudança é a ampliação do tempo de serviço nas Forças Armadas de 30 anos para 35 anos. A alíquota de contribuição aumenta gradualmente de 7,5% para 10,5% em 2021, inclusive com cobrança de pensionistas, que atualmente não contribuem para o sistema.

No caso dos militares, não haverá idade mínima de aposentadoria e a regra de transição será mais vantajosa que a aplicada aos civis, com pedágio de 17% sobre o tempo que falta para o militar ir para a reserva.

As novas regras valerão também para policiais militares e bombeiros estaduais. Eles passarão a ter direito à integralidade (último salário da carreira) e paridade (mesmo reajuste salarial dos ativos), mas passarão a ficar mais tempo nas carreiras antes de irem para a reserva.

Principais pontos

Policiais militares e bombeiros:

Idade mínima: não há

Equiparação salarial: policiais estaduais terão direito à integralidade (último salário da carreira) e paridade (mesmo reajuste salarial dos ativos)

Tempo de serviço (contribuição): sobe 35 anos; para quem já ingressou na carreira, haverá uma regra de transição com cobrança de pedágio de 17% sobre o tempo que falta para requerer a reserva pelas regras atuais

Tempo mínimo na atividade policial: 25 anos, subindo gradualmente (4 meses a cada ano) a partir de janeiro de 2021 até atingir 30 anos.

Alíquota de contribuição: 9,5% sobre a remuneração integral para todos (policiais ativos, inativos e pensionistas) a partir de março de 2020; em janeiro de 2021, a alíquota sobe para 10,5%

Promoção automática a um posto superior: acaba, mas os governadores terão prazo de 30 dias para editar um decreto, prorrogando esse tipo de benefício por até dois anos.

Aposentadoria proporcional: não será mais permitida.

Forças Armadas

Idade mínima: não há

Equiparação salarial: militares da reserva e pensionistas continuam com direito à integralidade (último salário da carreira e paridade (mesmo reajuste salarial dos ativos).

Tempo de serviço: sobe de 30 anos para 35 anos; para quem já ingressou na carreira, haverá uma regra de transição com cobrança de pedágio de 17% sobre o tempo que falta para requerer reserva pelas regras atuais

Alíquota de contribuição: sobe de 7,5% para 9,5% a partir de março de 2020; em janeiro de 2021, alíquota sobe para 10,5%.

Pensionistas e alunos em escola de formação passarão a recolher os mesmos percentuais

Reestruturação das carreiras nas Forças Armadas:

Aumento nas gratificações (incidentes sobre os soldos)

Habilitação militar (por cursos realizados): o reajuste varia entre 26% e 73%

Disponibilidade militar: nova gratificação, com percentuais que variam entre 5% e 32% , de acordo com a patente

Representação: adicional de 10% pago a militares em função de comando, direção e chefia

Quer saber quanto tempo falta para você se aposentar? Simule aqui na calculadora da Previdência

Reajuste no soldo:

Soldados: 3,77%

Alunos em escola de formação: 13,44%

Ajuda de custo na transferência para a reserva: o valor que corresponde a quatro vezes o soldo dobra para oito vezes

O Globo

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
12:23

Foto: Ilustrativa

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode promover partidas entre as 11h e as 13h. No entanto, em caso de calor excessivo, os atletas passam a ter direito ao adicional de insalubridade e a pausas para hidratação e recuperação térmica.

A decisão é da 3ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho ao reformar acórdão do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (RN) que havia proibido jogos nesse horário. A decisão vale para todo as competições organizadas pela CBF.

A ação foi proposta pelo Ministério Público do Trabalho, que alegou que a CBF, ao fazer jogos nesse horário, estaria “institucionalizando a precarização do meio ambiente de trabalho e comprometendo o rendimento e a saúde dos atletas em troca de maior retorno financeiro”.

A 1ª Vara do Trabalho de Natal e o TRT, ao vedarem jogos das 11h às 14h, determinaram também que, a partir da medição de 25° de acordo com o Índice de Bulbo Úmido Termômetro de Globo (IBUTG), a partida deveria ter duas paradas médicas de três minutos para hidratação, aos 30min e aos 75min do jogo. A partir de 28° IBUTG, o jogo teria de ser interrompido até a queda da temperatura ou totalmente suspenso. Foi fixada ainda a multa de R$ 50 mil por jogo realizado em desacordo com a decisão.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
12:01

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) é alvo de mandado de prisão preventiva na sétima fase da Operação Calvário, da Polícia Federal, que foi deflagrada na manhã desta terça-feira (17), na Paraíba. O governador João Azevêdo (sem partido) também é alvo de busca e apreensão. Ao todo, são cumpridos 54 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão preventiva, nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Goiás e Paraná. Além de Ricardo Coutinho, deputados, prefeitos e secretários são alvos da Operação Calvário – Juízo Final.

Além de João Azevêdo, por meio de uma autorização do Superior Tribunal de Justiça (STJ), três mandados de busca e apreensão também foram cumpridos contra três conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) nesta terça-feira. Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado que se tornaram alvos da operação foram Arthur Cunha Lima, André Carlo Torres e Nominando Diniz. Os três foram presidentes da corte. Os conselheiros são citados na ação que investiga o desvio de recursos públicos através do uso de organizações sociais.

G1 PB

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
11:53

Da Veja Online  

24729005

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) é alvo de mandado de prisão preventiva na sétima fase da Operação Calvário, da Polícia Federal, que foi deflagrada nesta terça na Paraíba.

São cumpridos 54 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão preventiva, nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Goiás e Paraná.

A ação na Paraíba também promete provocar barulho no Rio.

Um dos colaboradores desta fase da operação é o empresário Daniel Gomes da Silva, que liderava o esquema desmontado pelos investigadores.

O mesmo Daniel, preso no fim de 2018, negociou em sigilo uma delação com a PGR e teve seu acordo homologado pelo STJ.

Daniel arrasta a campanha de Wilson Witzel para o centro dos seus negócios.

Diz que, em meados do ano passado, repassou uma bolada via caixa dois — o valor é mantido em sigilo — para emissários do governador. Ele teria dado o dinheiro para se aproximar do grupo político de Witzel que assumiria o poder no Rio.

 

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
11:40

 

O Governo Municipal de Jucurutu preparou neste fim de ano uma programação especial para os jucurutuenses e visitantes. O Espetáculo – Um lindo sonho de Natal promete emocionar o publico que estiver presente na próxima segunda-feira, 23 de dezembro de 2019 na Praça da Matriz.
A apresentação terá início a partir das 19h.

Um Sonho de Natal:

É um espetáculo para resgatar a magia do período Natalino por muitas vezes esquecidas. A modernidade, a tecnologia que tanto nos auxiliam, por muitas vezes nos distanciam dos bons sentimentos e momentos que podemos ter ao lado de quem amamos. Mas, nos sonhos da menina NATALI, o natal acontece todos os dias e tudo vira festa ao seu redor, seus brinquedos criam vida e fazem do seu mundo, um mundo bem mais divertido, colorido e cheio de encantamentos.

Natali é uma criança comum, que na véspera do Natal, tem um lindo sonho e nesse sonho ela se depara com um mundo mágico, de cores e fantasias, ela ver no Natal sonha a chegada dos bons sentimentos para aflorar nas pessoas o amor e harmonia. No sonho de Natali todo mundo tem direito a um Natal feliz e cheio de coisas boas, lá todas as crianças se preparam para o tão sonhado encontro com o PAPAI NOEL, que vem em seu trenó trazendo além dos presentes, a certeza de que o natal é sim para todos.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
11:38

Resultado de imagem para imagens da cidade de mossoro rn

Dois municípios do Rio Grande do Norte aparecem na lista dos 30 maiores PIBs do Nordeste: Mossoró (R$ 6,1 bi), em 23º lugar, e Parnamirim (R$ 5 bi) em 28º. As duas cidades representam, respectivamente, 0,65% e 0,53% do PIB do Nordeste.

O Produto Interno Bruto (PIB) é o total dos bens e serviços produzidos pelas unidades produtoras residentes destinados aos usos finais, sendo, portanto, equivalente à soma dos valores adicionados pelas diversas atividades econômicas acrescida dos impostos, líquidos de subsídios, sobre produtos.

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
11:15

Em um dos trechos da decisão do Ministério Público que culminou com o pedido de mandado de prisão entre outros, de Ricardo Coutinho, do PSB, o ex-governador aparece conversando com o empresário da Cruz Vermelha, Daniel Gomes, sobre o recebimento de valores.

Na conversa, Ricardo e Daniel conversam sobre os repasses de dinheiro para agentes públicos paraibanos.

Confira:

 

Via PBAgora.

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
10:59

Governo Municipal de Jucurutu, tendo a frente o competente prefeito, Valdir Medeiros,  injeta hoje R$  1.274.083,08  na economia local com pagamento do 13° salário dos servidores públicos municipais. O   valor correspondente ao 13º já se encontra nas contas dos funcionários, que vão passar o grande Natal da cidade com o dinheiro no bolso, coisa  rara hoje na grande maioria dos municípios brasileiros.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
06:21

 

Resultado de imagem para foto do acude itans cheio

O ano de 2020 será de chuvas dentro da média no Sertão da Paraíba. Em alguns locais pode chover pouco abaixo da média, mas para o PhD em Meteorologia e pós-doutor em Hidrografia de Florestas Luiz Carlos Molion não haverá secas rigorosas pelos próximos dez anos. Numa entrevista a Renata Fabrício para o “Correio da Paraíba”, o pesquisador da Universidade Federal de Alagoas ressalta que seus estudos mostram que até 2030/2032 haverá um período mais animador para chuvas. Em 2020, por exemplo, o El Niño, fenômeno caracterizado pelo aumento das temperaturas no Pacífico e que por consequência provoca duras estiagens no Nordeste, não acontecerá nos dois primeiros trimestres, o que torna os invernos do Sertão dentro da faixa da normalidade.

Leia Mais Aqui

Publicado por: Chico Gregorio


17/12/2019
06:14


O tenente do Exército Ítalo Nunes, comandante da tropa que fuzilou com 80 tiros o músico Evaldo Rosa e o catador Luciano Macedo, afirmou na Justiça Militar da União, nesta segunda-feira (16), que os militares estavam assustados no momento dos tiros.

De acordo com o portal Extra, Nunes contou às autoridades que pouco antes do fuzilamento, ocorrido no mês de abril no bairro de Guadalupe, no Rio de Janeiro, os militares participaram de uma troca de tiros contra criminosos da favela do Muquiço. “Os traficantes diziam pelo rádio que queriam ver sangue jorrando por debaixo da viatura. O pessoal estava meio assustado”, disse.

Durante o depoimento, o tenente negou ter participado do fuzilamento que matou Evaldo e Luciano, mesmo sendo responsável por 77, dos 257 disparos. O carro do músico foi perfurado por 62 balas. Ítalo ainda acusou o catador de estar armado e de ter atirado contra os militares. Além disso, alegou ter visto a vítima minutos antes num assalto e declarou ter dúvidas de que Luciano era realmente trabalhador de reciclagem.

“O Luciano assaltava um Siena, atirou contra os militares e fugiu. Mais à frente o vi novamente ao lado do Ford Ka atirando em nossa direção”, afirmou Nunes, que teve sua versão tratada como “fantasiosa” pelo Ministério Público Militar, já que no dia os militares não encontraram nenhuma arma sob posse do catador.

“Essa versão não tem respaldo nenhum nos autos do processo. É uma construção da defesa. Mas não há provas que sustentem essa versão. Testemunhas presenciais viram a cena, o carrinho que Luciano carregava estava naquele local, nenhuma arma foi encontrada com Luciano”, argumentou a promotora Najila Palm.

Via Esmael Morais.

Publicado por: Chico Gregorio