27/07/2017
07:51

Ana Paula Vescovi,A secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi, afirmou nesta quarta-feira que o governo estuda postergar o reajuste salarial já aprovado para servidores públicos, dentro de esforço para contenção das despesas públicas.

“O que está se discutindo, o que pode se discutir é a postergação de um reajuste que já foi aprovado”, afirmou. “Prorrogação por alguns meses, prorrogação em algum período”, acrescentou ela, em coletiva de imprensa.

Segundo duas fontes do governo com conhecimento sobre o assunto disseram à Reuters, está sendo estudado postergar a parcela do reajustes de janeiro de 2018 para o segundo semestre do ano que vem. O reajuste foi acertado no passado, em acordo de que seria escalonado em quatro vezes anuais.

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:48

Da Coluna do Estadão:
Funaro vai delatar propina na eleição de Cunha para presidente
O operador financeiro Lúcio Funaro dirá em sua delação premiada, segundo seus interlocutores, que a eleição de Eduardo Cunha para presidência da Câmara foi comprada.
Ele irá confirmar o que disse o empresário Joesley Batista, também em colaboração, de que o dinheiro veio da JBS.
Joesley afirma que deu R$ 30 milhões para Cunha “sair comprando um monte de deputado Brasil a fora.
Para isso que servia esses R$ 30 milhões”.

Na ocasião, fevereiro de 2015, Cunha foi eleito em primeiro turno e com o apoio de 267 deputados.

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:29

A operação “Cidade Luz”, deflagrada nesta segunda-feira pelo Ministério Público Estadual, avança sobre irregularidades e suspeitas de corrupção na gestão do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT). No quarto mandato à frente do Poder Executivo Municipal, o prefeito navegava, até então, em mares tranquilos, no tocante a suposto envolvimento com malfeitos administrativos. O pedetista sempre se gabou de ter uma gestão proba. Mas agora, avolumam-se os casos em que há no mínimo suspeita de que existiriam muitos setores podres da gestão municipal. Vale frisar que, além da operação Cidade Luz, a Prefeitura de Natal entrou no rol de suspeitas na Operação Manus, quando o secretário de Obras, Fred Queiroz, foi apanhado operando para o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), primo e aliado político do atual prefeito da capital.

Via Alex Viana

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:23

Resultado de imagem para fotos de carlos eduardo alves com raniere barbosa

O advogado do presidente da Câmara Municipal de Natal destaca ainda que Raniere e Carlos Eduardo Alves estão rompidos politicamente há algum tempo, motivo pelo qual não faria sentido a assertiva de que, ainda hoje, o vereador teria qualquer influência sobre os processos da Semsur. Como pode o prefeito ter entregue o comando de uma das pastas de sua administração a um “ex-aliado”?

Via Alex Viana

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:17

O Flamengo foi derrotado pelo Santos, na Vila Belmiro, por 4 X 2, mas, mesmo assim, classificou-se para as semifinais da Copa do Brasil, quando vai enfrentar o Botafogo, que venceu o Atlético Mineiro por 3 X 0 no Rio de Janeiro. A classificação do Flamengo foi conseguida após a vitória por 2 X 0 sobre o Santos na primeira partida, no Rio, em função dos dois gols marcados no campo do adversário, na partida que ocorreu na noite dessa quarta-feira (26), o chamado placar agregado.

 

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:13

O Partido dos Trabalhadores pediu nesta quarta-feira (26) ao Supremo Tribunal Federal a anulação do decreto do presidente Michel Temer que reajustou o preço dos combustíveis.

A ação foi apresentada no fim da tarde, pouco antes de o Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1) restabelecer o aumento no valor da gasolina, etanol e diesel.

O partido quer uma decisão liminar (provisória), que poderia ser concedida de forma individual e mais rápida pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, neste mês de julho, quando a Corte está em recesso.

Da mesma forma como o pedido feito em primeira instância, o PT argumenta que a elevação das alíquotas de PIS/Cofins, que integram o valor dos combustíveis, só poderia ter sido feito após aprovação, pelo Congresso, de um projeto de lei, não por decreto, com validade imediata.

“A Constituição exige que a Lei que crie ou aumente tributo seja anterior ao exercício financeiro em que o tributo será cobrado e, além disso, que se observe a antecedência mínima de noventa dias entre a data da publicação da lei e a data em que passa a aplicar-se”, diz o PT.

G1

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:11

O Globo

A decisão do Conselho Superior do Ministério Público de incluir no orçamento de 2018 um reajuste de 16,7% nos salários dos procuradores da República estimulou os juízes federais a se movimentar em busca de aumento de salário, mesmo diante do cenário de recessão econômica no país. De olho na reivindicação dos procuradores, o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, deve se reunir com o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) na próxima semana para tratar de um projeto de lei que prevê reajuste salarial no mesmo percentual aprovado pelo Conselho Superior. Ferraço é o relator do projeto.

— Na próxima semana queremos conversar com o Ferraço. Queremos saber quais são as pretensões dele, quando o projeto será votado — disse Veloso.

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:10

Meirelles e Temer (Foto: Jorge William)

El País

O ajuste fiscal do dream team comandado pelo ministro Henrique Meirelles foi derrotado pela política de salvação de Michel Temer. Enquanto o presidente abre os cofres a aliados e cede a grupos de pressão para garantir votos que barrem a denúncia do procurador-geral da República contra ele, a equipe econômica agora procura as mais diversas medidas paliativas para evitar que o rombo nas contas públicas seja maior que o esperado e obrigue o Governo a mudar a meta de déficit fiscal. Na última semana, Meirelles lançou mão até da mais impopular das alternativas que a gestão Temer tentou tanto evitar: o aumento de impostos, mas nem isso sozinho parece ser suficiente para manter a bandeira da austeridade sem paralisar a máquina pública.

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


27/07/2017
07:09

POR FOLHAPRESS

Deputados federais e senadores que eram sócios de emissoras de rádio ou TV repassaram as cotas de sociedade para filhos, irmãos, pais e aliados políticos.

As transferências foram feitas após a instauração de inquéritos e de ações civis públicas, movidos pelo Ministério Público Federal em 2015, questionando as concessões em nome de parlamentares.

A Constituição diz que deputados e senadores não podem firmar e manter contratos diretos com a administração pública ou ser concessionários de serviços públicos.

 

Entre os parlamentares que se valeram de parentes para repassar as concessões está o senador José Agripino Maia (DEM-RN), que vendeu a dois irmãos e à mãe cotas de uma rede de televisão e de emissoras de rádio no Rio Grande do Norte.

“Essas emissoras pertenciam ao meu pai, recebi por herança. Mas houve esse questionamento, optei por vender as ações para meus irmãos e minha mãe. Não queria prejudicá-los”, afirma. O processo contra ele foi extinto.

O filho de Agripino, o deputado federal Felipe Maia (DEM-RN), abriu mão da participação em duas rádios na qual era sócio, vendendo para primos. O senador Tasso Jereissatti (PSDB-CE) e os deputados Beto Mansur (PRB-SP) e Domingos Neto (PSD-CE) também repassaram as ações de emissoras de rádio e TV para parentes. Os dois primeiros para os filhos, o segundo para o pai.

 

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


26/07/2017
08:33

 O governador Ricardo Coutinho inaugura, nesta quarta-feira (26), a adutora de Coxixola, obra que leva as águas do Velho Chico para 13 cidades do Cariri. As obras, orçadas em R$ 4 milhões, vão pôr fim ao racionamento nas cidades do Congo, Coxixola, Sumé, Monteiro, Prata, Ouro Velho, Amparo, Serra Branca, São José dos Cordeiros, São João do Cariri, Parari, Gurjão, Livramento e o distrito de Santa Luzia do Cariri.

 As solenidades de entrega serão realizadas a partir das 10h, na Ponte Rio Paraíba, na PB 214, e depois no Ginásio Poliesportivo Marcos Antônio de Souza, no Centro de Coxixola.

 Para o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia João Azevedo, o momento agora é de confraternização. “Esse é um momento extremamente importante. São mais de 130 mil pessoas que passarão a receber água do São Francisco. Estaremos comemorando amanhã e esperamos que a população toda possa estar presente durante a inauguração”, disse.

 O secretário executivo de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga, explica que esse trecho vai beneficiar cerca de 2 mil habitantes e possui uma extensão de 25,8 km. O Governo do Estado investiu mais de R$ 2,7 milhões para construir essa etapa. “Esse trecho executado pela Seirhmact liga a adutora do Congo à Coxixola, abrindo o calendário de inaugurações do conjunto de ações em toda a região do Cariri. Inclusive, a cidade de Monteiro também será beneficiada. O município vai receber o investimento de uma nova estação de bombeamento do açude São José e do açude Poções, melhorando o abastecimento”, pontuou.

Publicado por: Chico Gregorio


26/07/2017
08:29

O Ministério Público do Rio Grande do Norte alerta às pessoas que tenham fornecido suas contas bancárias para empresas ou envolvidos no esquema de superfaturamento e pagamento de propina relativo a contratos firmados no âmbito da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal (Semsur) desbaratados na operação Cidade Luz para que se antecipem ao desenrolar da investigação e se apresentem ao MPRN para esclarecimentos.

Na Operação Cidade Luz, deflagrada nesta segunda-feira (24) e que investiga o desvio de mais de R$ 22 milhões da Semsur referente a negócios escusos em contratos para prestação de serviços de manutenção de iluminação pública, várias pessoas foram utilizadas para uma suposta lavagem de dinheiro.

 

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


26/07/2017
08:24

Resultado de imagem para Rogério Marinho e henrique Alves

O levantamento exclusivo da Revista Congresso em Foco mostrou que cerca de metade dos deputados e senadores da atual legislatura (2015-2018) responde a algum procedimento investigatório no Supremo Tribunal Federal (STF).

Ao todo, são 238 parlamentares às voltas com a Justiça no âmbito do STF (leia abaixo quem são os investigados e as respostas enviadas à reportagem). Antes da publicação deste material, o site procurou cada um dos alvos de inquérito ou ação penal, para veiculação das respectivas manifestações na íntegra. O espaço está aberto para as explicações dos congressistas a qualquer tempo.

O deputado , Rogério Marinho (PSDB): O relator da reforma trabalhista responde a cinco inquéritos (3386, 3026, 4168, 4474 e 4484), por corrupção, lavagem de dinheiro, crimes contra a ordem tributária, peculato e falsidade ideológica. O primeiro procedimento apura indícios de envolvimento do deputado com uma empresa terceirizada, em Natal, acusada pelo Ministério Público do Trabalho de coagir funcionários demitidos a renunciar às verbas rescisórias e a devolver a multa do FGTS.

Via Renato Dantas

Publicado por: Chico Gregorio


26/07/2017
08:20

Correio Braziliense 

Resultado de imagem para fotos dos patos amarelos da fiesp

O Pato da FIESP estava colaborando com a sonegação fiscal e foi apreendido noma operação da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) contra pensões clandestinas em Brasília. O famoso pato inflável da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que está presente em vários protestos no país contra o aumento de impostos. Além do Pato, foram encontrados também “patos filhotes” de pelúcia e infláveis.

Os animais de borracha foram levados para um galpão da Agefis e permaneceram no local até a tarde desta terça-feira (25/7), quando representantes da Fiesp foram retirá-los. Eles pagaram R$ 1.474,26 de “fiança”, valor relativo aos custos da operação (proporcional à quantidade de material apreendido) e pelas diárias no depósito.
Os quatro sacos de patos de pelúcia e infláveis e dois patos grandes de plástico estavam guardados em sacos em uma pousada que funcionava sem a licença de operação, localizada na 703 Sul, enquanto não ia às ruas.

Publicado por: Chico Gregorio


26/07/2017
08:15

Resultado de imagem para fotos de henrique alves com carlos eduardo alves

Barbas de molho. O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), não deve comemorar a desgraça do presidente da Câmara, com quem rompeu relações desde pelo menos o início do ano. Segundo o MP, o esquema de desvios na Semsur teria continuado mesmo após a saída de Raniere da pasta, tudo sob as barbas do chefe do Executivo da capital.

Via Alex Viana.

Publicado por: Chico Gregorio


26/07/2017
08:10

A operação Cidade Luz, deflagrada ontem após investigação do Ministério Público estadual, joga mais um ingrediente picante na corrida eleitoral de 2018. Cotadíssimo para brigar por uma das vagas na Assembleia Legislativa, ou até alçar voos mais altos – chegaram até a lançá-lo ao Senado, o presidente (agora afastado) da Câmara Municipal, Raniere Barbosa, foi atingido em cheio pela ação. E agora? Qual será o tamanho do impacto da acusação contra ele? A primeira impressão que se tem é a de que o projeto de Raniere será fortemente afetado pela operação do Ministério Público, mas a acusação pode respingar também nas projeções do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que vê mais um tentáculo de sua administração encalacrado em suposto esquema ilícito. Pelo andar da carruagem, o prefeito conseguirá sustentar sua sonhada candidatura ao Governo do Estado? Ficou difícil dizer.

Via Alex Viana.

 

Publicado por: Chico Gregorio