10/06/2015
13:51

6u6i67i64i

Visor Político

O jornalista Alex Medeiros acaba de noticiar que está prestes a receber uma lista com os nomes completos de centenas de servidores fantasmas que recebem salários nos poderes Executivo e Legislativo do Estado “sem jamais botar o pé invisível no local em que está lotado”.

Na avaliação de Alex, a lista demonstra “que os abastados beneficiados estão longe de ser detentores de cargos humildes, indicados por vereadores e lideranças de pequeno calibre político. Esses fantasmas “é tutto buona gente”, diz

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:49

65ui6746i6i

 

Dono de empreendimento em Pitangui, assim como empresário do ramo educacional – é fundador da Universidade Potiguar e agora investe em sistema de ensino à distância – o empresário Paulo de Paula está otimista em relação ao governo Robinson Faria. Ao avaliar os cinco meses de governo, disse que está “achando muito bom”.

“Eu acho que Robinson está buscando as soluções adequadas, está com uma boa entrada em Brasília na busca pelas soluções, uma equipe muito boa. Eu acredito que Robinson vai fazer um bom governo”, declarou ao Visor Político.

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:46

Concessão não é privatização, afirmou o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, nesta quarta-feira (10) durante audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, um dia após o governo federal lançar uma nova fase do Programa de Investimento em Logística (PIL), com investimentos previstos de R$ 198,4 bilhões nos próximos anos, sendo R$ 69,2 bilhões entre 2015 e 2018, durante o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.

“Ela [presidente Dilma Rousseff] não fez privatização. Não tem nenhum problema com privatização, mas é diferente alugar e vender um imóvel. Privatizações também podem acontecer. O governo está prevendo a desestatização da Celg. É uma coisa que a gente espera fazer neste ano. Trabalhamos junto com o governador Marconi Perillo [do estado de Goiás]”, declarou ele.

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:42

Kalina Leite

A secretária estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite, acredita que o Rio Grande do Norte está mais seguro. E ela reforça esse pensamento com números sobre a queda da criminalidade urbana.

Kalina Leite, no entanto, concorda que ainda há uma sensação de insegurança nas ruas, mas isso é motivado, segundo ela, por uma onda de boatos. “Há uma onda de boatos muito grande e atribuo isso até a questão política”, afirmou ela em entrevista ao Jornal das Seis, da 96 FM.

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:36

Grampos realizados pela Polícia Federal, com autorização da justiça, dentro das Operações “Farda Nova” e ”Zelador”, iniciadas ainda em 2007, para investigar ações do doleiro Jordão Emerenciano, com o “Jogo do Bicho” (objeto da Operação “Zebra”), acabou por flagrar a intensa atividade de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva, de políticos e empresários, dentro do governo Eduardo Campos e até do que nas conversas se chamou de negócios com “petróleo”.

Dentre os flagrados pelos grampos da Polícia Federal, destacam-se, pela desenvoltura com que operavam e direcionavam licitações e negócios de empresários em SUAPE, em troca de comissões que chegavam a 35% do valor contratado pelas mais diversas secretarias e órgãos do Governo do Estado de Pernambuco, o ex-vereador de Jaboatão dos Guararapes, Geraldo Cisneiros, hoje um dos coordenadores da campanha de Aécio Neves, em Pernambuco e extremamente ligado a tucanos da mais alta plumagem, o ex-deputado federal Bruno Rodrigues, hoje do PSB, mas quando das práticas criminosas filiado ao PSDB e o até hoje presidente da CEASA de Pernambuco, Romero Pontual, do PSB e ex-tesoureiro de campanha do Partido Socialista Brasileiro e do ex-governador Eduardo Campos

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:33


 

O grupo de Geoprocessamento do Centro Regional do Nordeste (CRN) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em Natal (RN), apresenta resultados preliminares do monitoramento por satélite da Caatinga. Já foi mapeada uma área de aproximadamente 90 mil Km², o que representa 14% dos seis Estados e 9,15% do total da Caatinga. Até o momento, o monitoramento revela 40% de Caatinga Preservada, 45% de Caatinga Degradada, 7,2% de Solo Exposto, 6,5% de lavoura e 0,7% de corpos d’água.

As áreas mapeadas dos Estados de Alagoas e Pernambuco são as mais desmatadas, enquanto no leste do Ceará e no oeste do Rio Grande do Norte predomina a Caatinga Preservada. “Os dados revelam que há diferenças na cobertura vegetal entre mesorregiões dos Estados e, por isso, ainda não é possível identificar qual é o Estado mais desmatado ou o mais preservado”, explica Miguel Cuellar, pesquisador do CRN/INPE.

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:31

Divulgação

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, confirmou a suspensão no processo de fusão entre o PSB e o PPS. Segundo Wilma, que é a líder do PSB no Rio Grande do Norte, uma resistência com relação à fusão no próprio partido foi o motivador dessa suspensão.

Segundo a vice-prefeita, entretanto, é possível que na próxima reunião da Executiva Nacional do PSB o assunt

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:27

Gazeta do Oeste

Wober-Junior-presidente-do-PPS-reprodução

O presidente do Partido Popular Socialista, ex-deputado Wober Júnior, admitiu que a fusão com o Partido Socialista Brasileiro (PSB) não se concretizou. “A fusão gorou”, brincou Wober, ao ser entrevistado ontem pelo jornalista Diógenes Dantas no Jornal da 96 (96-FM/Natal).

O dirigente do PPS fez questão de ressaltar que não foi o seu partido que inviabilizou a proposta de fusão. Wober explica que o PSB tinha uma luta interna muito forte em razão da existência de um líder que centralizava as decisões internas e que efetivamente comandava a legenda socialista, no caso, o ex-governador Eduardo Campos.

“Com a morte de Eduardo Campos, o PSB vive essa crise de afirmação”, observou Wober Júnior, lembrando que partiu do atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara, a recomendação em torno de um adiamento da fusão. “Foi Paulo Câmara quem disse que a fusão não seria interessante agora”, acrescentou o dirigente do PPS, assinalando que a partir da posição manifestada pelo governador pernambucano outras lideranças do PSB adotaram a mesma linha de pensamento em relação à eventual fusão com o PPS

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:24

Por Alex Viana

Centro-de-convenCOes-de-natal-wr

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB), resolveu priorizar as prefeituras de aliados políticos e correligionários na destinação de recursos do Ministério que comanda, esquecendo-se de obras importantes para Natal como a ampliação do Centro de Convenções e a Construção do Museu da Rampa. As duas obras são vinculadas a convênios com o Ministério do Turismo.

Enquanto isso, na semana passada, Henrique anunciou que vai liberar R$ 4,5 milhões para execução de obras de infraestrutura turística em 27 municípios do Rio Grande do Norte. Dessas, 95% são cidades governadas por prefeitos aliados do próprio Henrique, a maioria do seu próprio partido, o PMDB.

Ao todo, são 12 cidades governadas por peemedebistas. Outras seis pelo DEM, partido que apoiou a candidatura de Henrique ao governo do Estado, além de duas prefeituras comandadas pelo PMN, e uma por PSB, PTB, PSDB, PR, que também receberam recursos. Todos partidos que apoiaram Henrique.

A Prefeitura do Natal, cujo prefeito é o primo de Henrique, Carlos Eduardo Alves, também foi agraciada, desta feita, com R$ 500 mil para a reurbanização da orla.

A lista de beneficiários da “verba de Henrique” exclui cidades importantes e com tradição turística. E inclui cidades com pouca ou quase nenhuma relevância no setor.

Publicado por: Chico Gregorio


10/06/2015
13:21

Reprodução

A Corte Estadual de Justiça rejeitou à unanimidade recurso interposto pelo ex-governador Fernando Freire que alegava a ocorrência de cerceamento de defesa em processo conduzido pela 8ª Vara Criminal de Natal. Os desembargadores entenderam não haver respaldo jurídico para a questão levantada pelo agravante. Freire sustentava ter sido prejudicado em sua defesa em virtude do indeferimento da oitiva de testemunhas indicadas por ele para serem ouvidas no processo. O agravo regimental julgado nesta quarta-feira (10) integra os autos da Apelação Criminal Nº 2012.004237-3.

Com o agravo regimental, o ex-chefe do Executivo potiguar – de abril a dezembro de 2002 – tentava reverter decisão do vice-presidente do TJRN, desembargador Amílcar, que havia rejeitado Recurso Extraordinário apresentado pelo recorrente, sustentado em entendimentos do Supremo Tribunal Federal a respeito da matéria de cerceamento de defesa conforme o julgamento do RE 748.371/MT, com repercussão geral, relatado pelo ministro Gilmar Mende

Publicado por: Chico Gregorio


09/06/2015
15:16

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (09/06) a segunda etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL), um ambicioso projeto de concessões para atrair investimentos privados de 198,4 bilhões de reais em infraestrutura, com o objetivo de modernizar estradas, ferrovias, aeroportos e portos.

O governo esperar obter 86,4 bilhões de reais em investimentos em ferrovias, 66,1 bilhões em estradas, 37,4 bilhões em portos e 8,500 bilhões em aeroportos. Do total de recursos previstos, 69,2 bilhões de reais serão investidos entre 2015 e 2018. A partir de 2019, o programa prevê investimentos de 129,2 bilhões.

Publicado por: Chico Gregorio


09/06/2015
15:10

Senador Garibaldi Alves Filho  na entrevista diz que muitos Alves pretendendo entra na disputa eleitoral de 2018, Walter, Henrique, Carlos Eduardo, próprio  Garibaldi, na visão dele, se esse quadro se tornar realidade,   um terá que sair do páreo, pois pode faltar votos pra eleger   tantos Alves no mesmo pleito. Evidente que o senador tem razão, pois quem vai fazer coligação com tantos nomes da mesma família na disputa?

Publicado por: Chico Gregorio


09/06/2015
14:56

O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), anunciou nesta terça-feira (9) que a Executiva do partido deverá “fechar questão” em defesa de três propostas em tramitação no Congresso Nacional que flexibilizam a maioridade penal. Com a decisão, parlamentares tucanos que não votarem a favor dos textos poderão sofrer sanções, como suspensão ou expulsão do partido.

Conforme Aécio, um dos textos defendidos é uma proposta de emenda à Constituição, em tramitação na Câmara, que permite reduzir para 16 anos a maioridade penal em caso de crime hediondo. A decisão sobre a responsabilização criminal do menor seria tomada pelo juiz, depois de parecer do Ministério Público.

Outro projeto que receberá apoio do PSDB amplia de 3 para oito anos o período máximo de internação de menores de 18 anos. “E essa pena seria cumprida em estabelecimento diversos dos presídios”, destacou Aécio

Publicado por: Chico Gregorio


09/06/2015
14:53

Igreja da Maconha

Fumar maconha ainda é proibido em Indianápolis (Estados Unidos), mas os “cultos à erva”, estão liberados – literalmente. Foi no Estado de Indiana que um ex-carpinteiro aproveitou a oportunidade aberta por uma polêmica lei de liberdade religiosa para criar o que chamou de “Igreja da Cannabis”.

Bill Levin, de 59 anos, decidiu levar os ensinamentos de “paz e amor” fundando uma igreja para cultuar a “planta mais saudável que existe no planeta”, nas palavras dele.

Publicado por: Chico Gregorio


09/06/2015
14:43

Com um Congresso mais conser­vador desde 1964, o Brasil discute este mês a redução da maioridade penal mesmo sem qualquer estatística que dimensione a participação de jovens nos crimes do País. A Câmara dos Deputados deverá votar uma Propos­ta de Emenda à Constituição, a PEC 171/93, que reduz a idade penal de 18 para 16 anos.

“Não há como concordar com a redução da maioridade penal que só vai penalizar ainda mais os grupos e indivíduos vulneráveis psicológica, econômica, cultural e socialmente, enviando os mesmos para um siste­ma punitivo e encarcerador que não ressocializa ninguém, como é o caso do sistema carcerário brasileiro”, de­clarou o coordenador da Comissão da Juventude Metalúrgica do ABC e CSE na Mercedes, Alessandro Guimarães.

De acordo com o dirigente, o siste­ma de garantias de direitos das crianças e adolescentes utilizados no Brasil é um dos mais avançados do mundo, e a determinação da imputabilidade penal aos 18 anos é destas garantias avançadas que tratam os jovens como cidadãos em crescimento, que dependem da prote­ção do Estado, da família e da sociedade para seu desenvolvimento pleno.

Segundo o Unicef, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, dos 21 milhões de adolescentes brasileiros, apenas 0,013% cometeu atos contra a vida e os que cometeram representam 0,5% destes crimes.

Publicado por: Chico Gregorio