04/07/2015
09:20

Ze MariaVereador José Maria, único vereador do partido na Câmara Municipal de Caicó, que  em 2012 fizeram parte da coligação que elegeu Roberto Germano PMDB    defende

que PR tenha candidato próprio a prefeito de Caicó.  Atualmente o partido   tem   o

vice prefeito do município o professor Oriel Segundo, evidente é justo que  o partido

deseje pra 2016, preservar espaço hoje ocupado.

Dentro das articulações que vem sendo feitas até agora, caberá ao deputado Álvaro

Dias, a indicação do vice , o PR até agora tem ficado fora dos nome citados pelo deputado, como viável  pra composição da chapa que será encabeçada por Roberto Germano.

 

 

Publicado por: Chico Gregorio


04/07/2015
08:55

Dada CostaAo defender que o deputado Vivaldo Costa, deve permanecer  na Assembleia do RN,

o ex  deputado e ex prefeito de Caicó  Dada Costa tem suas razões. Nosso município

hoje tem dois deputados estaduais  no legislativo. Caso Vivaldo Costa fosse eleito prefeito

de Caicó, ficaria reduzido a um, pois a vaga hoje pertencente ao Papa Jerimum, seria ocupada por  Mossoró  com

Larissa Rosado.

Então Dada Costa tem razão, Caicó ganharia algo que já tem um prefeito, mas perderia força a nível de governo

Estadual,  com redução em 50%   vaga de deputado estadual.

Publicado por: Chico Gregorio


04/07/2015
04:21

A senadora Fátima Bezerra cobrou  ontem, durante participação em Mesa Redonda da 13º Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP), agilidade no envio do projeto de lei que coloque em prática o que diz o Decreto 7.559/2011 – Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL).
A minuta do projeto do PNLL, elaborada pelo Ministério da Cultura e pelo Ministério da Educação, já foi assinada pelos ministros das pastas e se encontra na Casa Civil a espera de ser enviada ao Congresso Nacional.
“Nós temos um belo plano. Ele não é um plano de gaveta. Ele foi debatido e dialogado com toda a sociedade. Agora, precisamos ter uma mobilização social, para que ele chegue ao Congresso Nacional e vire uma política de estado”, disse a senadora.

Publicado por: Chico Gregorio


04/07/2015
04:13

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) reuniu o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) na manhã de ontem, 3, para discutir o esquema de segurança que será aplicado durante as festividades da tradicional Festa de Sant’ana, que acontece entre os dias 4 e 19 de julho, no Seridó do Rio Grande do Norte. A reunião contou com a presença do prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, além de representantes da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Itep e outros órgãos de Segurança Pública do Estado.

Durante todo o período das festividades, a cidade contará com reforço de 50 homens da Polícia Militar, além dos policiais do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) que atuarão em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Detran-RN nas fiscalizações a condutores de veículos que circularão pela cidade. A Polícia Civil também reforçará a equipe da Delegacia local com escrivãs, agentes e delegados.

Além do reforço policial, a cidade contará com uma viatura de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), médico legista do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) e toda estrutura do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM), que consiste em um caminhão com 16 câmeras, sendo 12 destas fixas, com zoom frontal de alcance de até 600 metros e outras duas câmeras com sensibilidade térmica, que conseguem identificar pessoas pelo calor do corpo.

Publicado por: Chico Gregorio


04/07/2015
04:07

Por Alex Viana.

tikri67i

Depois de fazer muito barulho por nada, a oposição ao governo Robinson Faria parece ter retirado de pauta os questionamentos relativos à antecipação da venda da conta única dos servidores do Estado ao Banco do Brasil. Passado o voo raso da crítica sem embasamento (politicagem), os oposicionistas estariam procurando agora outra sarna pra se coçar.

Na Assembleia Legislativa, por exemplo, sobretudo na comissão de Fiscalização e Finanças, já não se fala mais sobre o assunto, que ganhou páginas inteiras e manchetes de jornais, além de espaços vigorosos em rádio e TV, pelo simples fato de terem como alvo o governador do Estado. É crítica ao governo, abram-se alas…

Já apontam alguns analistas: é por essas e outras que a oposição no Rio Grande do Norte enfraquece o discurso dia após dia. Por se pautar pela politicagem com “p” minúsculo, em vez de na Política com “P” maiúsculo, pouco ou nada do que a oposição está afirmando está realmente ganhando relevo ou mesmo tendo credibilidade.

Contribui sobremaneira para isso a cultura atrasada e até mesquinha do uso seletivo da informação truncada através de veículos de comunicação, especialmente os ligados a políticos oposicionistas, para tentar atingir a imagem do governo.

Veja o exemplo do Mapa da Violência, que apontou crescimento dos homicídios entre jovens. Embora o período se refira às gestões de Wilma de Faria e Rosalba Ciarlini, a notícia foi dada como se culpa fosse do atual governo.

Com a internet, a população acompanha bem o que se passa, inclusive com acesso a informações de bastidores, muito esclarecedoras. Nunca é demais lembrar o caso de matéria recente de uma TV no Walfredo Gurgel, onde a reportagem desprezou a realidade – corredores sem macas – para criar uma sensação de caos.

O povo reprova a politicagem rasteira e sem compromisso com a verdade dos fatos. Por isso, eis o recado aos políticos: É preciso aperfeiçoar a Política. Com “P” maiúsculo, diga-se de passagem.

Publicado por: Chico Gregorio


04/07/2015
04:03

O jornalista do britânico Financial Times no Brasil, Joe Leahy, assina coluna na edição impressa desta sexta-feira, 3, em que afirma que a presidente Dilma Rousseff corre o risco de sofrer impeachment.

“Com a popularidade tão baixa, Dilma está vulnerável ao impeachment particularmente se as investigações sobre a Petrobras encontrarem algo ligando ela ao problema”, diz o jornalista na coluna “Global Insight”. Leahy diz, porém, que a impopularidade de Dilma “não parece inteiramente merecida”.

Ao relatar a forte queda de popularidade de Dilma Rousseff entre os eleitores, o jornalista diz que “a única esperança dela é que o ajuste fiscal de Joaquim Levy estabilize a fraca economia e ganhe tempo para restaurar o crescimento”.

Apesar de mencionar o risco de impeachment, Leahy defende que a impopularidade de Dilma “não parece inteiramente merecida, já que outros presidentes presidiram o País em períodos piores, mas mantiveram números melhores nas pesquisas”.

Publicado por: Chico Gregorio


04/07/2015
03:56

A discussão sobre a inclusão da ideologia de gênero no Plano Municipal de Educação (PME) de Sorocaba gerou um tumulto na Câmara Municipal da cidade, e posteriormente, uma discussão entre o presidente da casa e um internauta através das redes sociais.

O vereador José Crespo (DEM), presidente da Câmara de Sorocaba, discutia com uma internauta os conceitos de Estado laico e ateísmo, quando afirmou que “somente alguém muito burro ou ignorante não acredita em Deus”.

O pretexto para a afirmação exaltada do vereador surgiu após um usuário do Facebook citar as diferenças entre ateísmo e laicidade. Até então, o político vinha discutindo com uma ativista gay sobre a questão da ideologia de gênero no PME de Sorocaba.

“Sim, amigo Erisson, os conceitos de ‘laico’ e ‘ateu’ são diferentes. O Brasil, por exemplo, é um Estado laico, mas não é um Estado ateu (prova disso é que em todas as cédulas de papel-moeda, está escrito ‘Deus seja louvado’). Somente alguém muito burro ou ignorante não acredita em Deus (devemos ter caridade e ajudar uma pessoa nessa situação)”, escreveu o vereador, dirigindo-se ao internauta que mencionou as diferenças de conceito.

À ativista gay, Crespo disse que os homossexuais são pessoas “anormais”, pois suas condutas “divergem dos padrões cristãos de normalidade”.

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
17:14

O governador Robinson Faria teve a sua administração aprovada por 71,8% (soma dos índices ótimo, bom e regular) da população, na primeira pesquisa de opinião pública feita depois que ele assumiu o Governo do Estado, o que também coincide com os seis primeiros meses de sua gestão.

Os números foram divulgados na tarde desta sexta-feira, 03, na Casa da Indústria, durante a reunião mensal da Diretoria da Federação das Indústrias (FIERN). A pesquisa, contratada pela FIERN junto ao Instituto GPP, com sede no Rio de Janeiro, foi realizada de 23 a 28 de junho, em todo o estado, e ouviu 805 pessoas.

Robinson Faria obteve 30,2% de ótimo/bom; 41,6% de regular; 16,5% de ruim/péssimo e 11,7% não responderam. Levando em conta o grau de instrução, a aprovação a Robinson Faria é maior entre os que cursaram o ensino superior completo (34,9%) e menor entre os que tem ensino fundamental completo (27,2%). No quesito renda familiar o governo é melhor avaliado na faixa de renda que vai de dois a cinco Salários Mínimos (33,6).

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
17:08

Por Alex Viana.

unnamed (11)

O município de Apodi, na região Oeste, vai ganhar a implantação de 2 mil hectares para produção de frutas que vai gerar 2 mil novos empregos diretos. A iniciativa tem o apoio do Governo do Estado que está agilizando os trâmites legais exigidos, processos de autorização ambiental e melhorias nos acessos para transporte de pessoal, insumos e escoamento da produção.

O governador Robinson Faria explicou nesta sexta-feira, ao receber em audiência o presidente da Agrícola Famosa, Luiz Roberto Barcelos que a administração tem o firme propósito de apoiar os empreendimentos que geram empregos, produção e renda. “O governo trabalha para desenvolver a atividade econômica, estamos imprimindo uma nova dinâmica que destrava processos administrativos e burocráticos. No Idema, por exemplo, apenas nestes primeiros meses de administração concedemos duas mil licenças ambientais para implantação e regularização de empreendimentos. Isto significa mais circulação de mercadorias e produtos, mais empregos, mais renda e mais impostos”, afirmou Robinson Faria.

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
17:04

Reprodução

O Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN) está tomando providências para lançar novo concurso público. De acordo com o presidente do tribunal, Carlos Thompson Fernandes, a banca examinadora está sendo escolhida e deve selecionar candidatos aptos ao cargo de auditor.

De acordo com Fernandes, o edital será publicado neste semestre. A previsão é de que sejam oferecidas três vagas, com salário inicial de R$ 28.796,63.

Para concorrer é necessário ter idade de 35 a 65 anos, além de dominar conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e financeiros ou de administração pública, com formação superior nestas carreiras, e mais de dez anos de experiência.

CorreioWeb

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
16:57

65u536u3u

Movimento, inovação, brasilidade: estas três palavras resumem a tocha Olímpica Rio 2016, apresentada na manhã desta sexta-feira (3) no Auditório da Fundação Habitacional do Exército, em Brasília.

Movimento em seu design curvilíneo e suave; inovação no seu mecanismo de acendimento da chama, jamais presente em tochas Olímpicas; brasilidade em suas cores e ícones, que remetem às belezas naturais do país-sede dos primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul.

Durante a cerimônia de divulgação, ficou confirmada a participação de Mossoró (RN) como a trigésima primeira cidade brasileira a receber o tocha olímpica em 2016, em um revezamento que contará com 83 cidades. A tocha entrará pelo Nordeste pelo Sul da Bahia e passará por todos os estados da região, até chegar em Natal e passando por Mossoró indo para o Ceará.

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
08:24

Vivaldo costa Em 1996, o atual deputado Vivaldo Costa foi eleito prefeito de Caicó,  tendo como vice prefeito  o médico Nilson Dias, segundo dizia na campanha,  seria seu grande sonho ser prefeito do município. Pra surpresa de todos em março de 1998, o Papa renunciou    ao

mandato de prefeito pra tentar uma vaga de deputado Federal, sendo inclusive derrotado

no pleito, ficando sem o mandato de prefeito.

Pra 2016, acontece o inverso, Vivaldo Costa ganhou o mandato de Deputado Estadual, como falecimento do deputado Agnelo Alves, agora o Papa anuncia nos      meios      de

comunicação, que vai abrir mão da mandato de deputado estadual, caso seja eleito prefeito de Caicó.  Dá pra entender o que pensa os políticos?

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
08:10

Estado exportou  US$ 251,3 milhões em produtos, com destaque para o  melão e a castanhaDe acordo com dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Rio Grande do Norte foi o estado com o quarto maior crescimento nas exportações na região Nordeste no ano de 2014, com aumento de 1,4% em relação ao ano de 2013. Ao todo, foram comercializados US$ 251,3 milhões em produtos, com destaque para o melão e a castanha. Já Mossoró foi o maior exportador potiguar, responsável por U$ 75 milhões, o que corresponde a 29,84% das vendas do RN a outros países no ano passado.

O presidente do Comitê Executivo de Fitossanidade (Coex), Luiz Roberto Barcelos, ressalta a importância da fruticultura para a economia potiguar. Ele conta que, atualmente, o setor emprega diretamente 10 mil pessoas no município, porém, outros 50 mil postos de trabalho são beneficiados de forma indireta, como no comércio e serviços.

“A fruticultura gera muitos empregos e renda no semiárido nordestino, em regiões longe dos grandes centros urbanos, o que torna sua contribuição ainda mais importante para o desenvolvimento socioeconômico da população. Com isso, outros setores acabam sendo beneficiados pela atividade”, conta o presidente do Coex.

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
08:05

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Claudio Santos, vai apresentar em 10 dias um plano de devolução de policiais militares ao Governo do Estado, que atenda a necessidade do Executivo sem afetar atividades essenciais do Judiciário. “Nossa intenção é apoiar a medida do Governo do Estado, mas nosso trabalho precisa da segurança da polícia”, destacou o presidente após audiência nesta quarta-feira(1º) com o governador Robinson Faria.

Claudio Santos revelou a preocupação da Justiça potiguar com a questão da segurança pública, destacando que o TJRN está concluindo estudos para definir quantos dos 122 PMs atualmente cedidos podem ser devolvidos. “Precisamos de policiais, mas podemos diminuir o número daqueles cedidos ao Judiciário. Não viemos descumprir nem confrontar o decreto”, adiantou o presidente, que estimou o prazo de 10 dias para apresentar um posicionamento oficial sobre a questão.

Além das atividades administrativas e de segurança, há casos concretos como o de três magistrados escoltados por determinação judicial sob ameaça de morte e a existência de 7 mil armas apreendidas, que fazem parte de processos em andamento. O transporte e a guarda do armamento estão a cargo da Justiça e há preocupação quanto à segurança do material.

Publicado por: Chico Gregorio


03/07/2015
07:59

Denuncia de agente da Polícia Federal de Curitiba atinge pedra fundamental das investigações da Lava Jato: depoimentos iniciais de doleiro e Paulo Roberto Costa podem ter sido obtidos com auxílio de escuta ilegal.A CPI que apura a Operação Lava Jato ouviu um depoimento estarrecedor na tarde desta quinta-feira. Falando para os parlamentares reunidos numa sessão fechada, o agente da Polícia Federal Dalmey Fernando Werlang contou que:
a) no início do ano passado foi chamado por seus superiores, que determinaram que instalasse um grampo eletrônico numa cela da carceragem da Polícia Federal em Curitiba, reservada para abrigar um determinado prisioneiro;
b) Werlang fez o serviço e, dias depois, apareceram dois prisioneiros: o doleiro Alberto Yousseff e Paulo Roberto Costa, diretor da Petrobras, os principais delatores da Lava Jato.
c) orientado pelos superiores, todos os dias o agente recolhia um arquivo eletronico do equipamento, para entregar à chefia.) duas semanas depois, Alberto Yousseff fez um pequeno escândalo na carceragem: apareceu com o grampo na mão, dizendo que havia encontrado no teto da cela.
e) Yousseff disse , mais tarde, que começou a desconfiar do grampo durante os interrogatórios. Contou que tinha a impressão que os policiais perguntavam coisas que ele tinha conversado com Paulo Roberto Costa na cela.

Publicado por: Chico Gregorio