10/07/2015
06:57

Por Anna Ruth.

O pároco de Assu, padre Flávio Lima, é cotado para ser candidato a prefeito do município. Nos bastidores da articulação, a informação é que o atual gestor, Ivan Júnior, simpatiza com o nome do sacerdote.

Padre Flávio já foi convidado, mas ainda não respondeu se aceita.

padre flavio

Publicado por: Chico Gregorio


10/07/2015
06:52

Por Anna Ruth.

Ontem o pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN), por unanimidade de votos (6 votos), julgou favorável, o pedido de justa causa do vereador Iron Júnior que entrou na Justiça Eleitoral, solicitando a sua desfiliação do Partido Social Democrático (PSD), legenda pelo qual foi eleito no pleito proporcional de 2012.

Ao pedir a declaração de justa causa para se desfiliar do partido, Iron Júnior argumentou que a grave discriminação pessoal ficou configurada na Eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jardim do Seridó no fim do ano passado, sendo a partir desta ocasião, politicamente atacado e perseguido por membros do PSD no município.

Com o resultado, Iron Júnior que na última eleição municipal foi o vereador mais votado da história política de Jardim do Seridó com 1.040 votos, está livre para escolher qualquer outra agremiação partidária sem correr o riso de perde o mandato parlamentar. O advogado no pedido de declaração de justa causa foi Cristiano Barros

Publicado por: Chico Gregorio


10/07/2015
06:45

76IO7O

O governador Robinson Faria participou, nesta quarta-feira (8), da reunião do Gabinete de Gestão Integrada dos Recursos Hídricos (GGIRH), no qual se discutiu pontos importantes acerca do enfrentamento da estiagem prolongada que está atingindo o Nordeste do Brasil.

Na reunião, que contou com a presença de parlamentares, secretários de estado e servidores técnicos da área de recursos hídricos e abastecimento de água, foi proposta a união de forças para cobrar agilidade na transposição do Rio São Francisco. “Nós estamos realizando várias ações emergenciais, e retomando obras importantes, mas entendemos que a transposição do Rio São Francisco é hoje a nossa principal esperança, já que nossos reservatórios estão secando e a chuva tão esperada não chegou”, afirmou Robinson Faria.

“Esperamos reunir também a bancada federal do Rio Grande do Norte e ter o apoio dos demais estados nordestinos nesta luta”, acrescentou o governador, lembrando que o tema será discutido no próximo Encontro dos Governadores do Nordeste.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
16:44

joão MaiaSe o ex prefeito de Caicó, Bibi Costa for o nome da família COSTA, pra disputar   a

prefeitura  no próximo ano, terá o apoio do PR, como também contará  com o apoio

do ex deputado federal João Maia. Essa informação foi confirmada hoje por  uma

liderança política  ligada ao PR e ao  ex deputado.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
16:29

O presidente da República em exercício, Michel Temer, disse hoje (9) que a presidenta Dilma Rousseff terminará seu mandato em 2018. Perguntado sobre até quando o PMDB vai segurar a presidenta em meio à crise política, Temer respondeu: “Ninguém precisa segurar porque a presidenta Dilma vai continuar até o final [de seu mandato] com muita tranquilidade. Ela tem uma capacidade extraordinária de trabalho, conhece o Brasil como poucos. O PMDB é um partido aliado e, naturalmente, está colaborando com a presidenta Dilma e com o país”.
Sobre a ação civil de improbidade administrativa aberta contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) para apurar se, em 2007, o peemedebista obteve vantagens durante seu primeiro mandato na presidência da Casa, Temer afirmou que o indiciamento é um processo ainda em curso e não há com o que se “preocupar, neste momento, com o episódio”.
“O indiciamento é algo que está se seguindo. Não é uma questão definitiva. A Constituição prevê a ampla defesa”, disse Temer, após visita no final da manhã às instalações do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), em Dourados, no Mato Grosso do Sul.
        Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com Agência Brasil.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
16:26

Pedro Revillion/ Palácio Piratini A produção de milho segunda safra é destaque no levamento

Governo federal prevê novo recorde na produção nacional de grão. A estimativa é que a safra deve chegar a 206,3 milhões de toneladas. O aumento é de 6,6% ou 12,7 milhões acima da obtida na safra 2013/14, quando alcançou 193,62 milhões de toneladas. Os números são do 10º levantamento, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira (9).

Houve um aumento de 1,8 milhão de toneladas sobre o levantamento do mês passado, acréscimo que se deve ao ganho na produtividade do milho segunda safra que chegará a 51,5 milhões de toneladas e ganho de 6,5% a mais que em 2013/2014. A produção de soja deve alcançar 96,2 milhões de toneladas, com 11,7% a mais que as 86,1 milhões da safra anterior.

“Esse resultado da produção de grãos, de mais de 206 milhões de toneladas, gera um crescimento do PIB [Produto Interno Bruto] agrícola muito relevante, que vai ser diferente do restante da economia”, destacou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), André Nassar.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
16:20

Agência Brasil

Deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras repetiram hoje (9) a estratégia da semana passada e aprovaram em bloco 73 requerimentos de convocações de autoridades e outras pessoas envolvidas na Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Foi aprovada a convocação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; do empresário Júlio Camargo; da advogada Beatriz Catta Preta, que defende a maioria dos delatores investigados; do empresário Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano; e do policial Jaime de Oliveira, acusado de transportar dinheiro de propina a serviço do doleiro Alberto Youssef.

Antes de a sessão começar, já havia acordo para aprovação da convocação de Cardozo, Camargo e Baiano. O ministro da Justiça deverá ser questionado sobre o grampo ilegal encontrado na cela de Youssef. Júlio Camargo, ex-representante no Brasil da empresa Toyo Setal, está sendo investigado por ter pago US$ 30 milhões em propina ao Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB no esquema revelado na Lava Jato. Em delação premiada, Camargo confirmou que os pagamentos foram feitos a diretores da Petrobras ligados à legenda.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
16:07

Por Alex Viana.

Nota de esclarecimento

A Universidade Potiguar – UnP esclarece que realiza adequações em seu quadro docente e administrativo regularmente, buscando sempre oferecer um serviço educacional de qualidade, tendo como foco a formação acadêmica dos alunos.

Destacamos que as atividades acadêmicas da Universidade não serão afetadas e que tudo ocorre dentro da normalidade, uma vez que a UnP pauta suas ações com estrita observância aos ditames legais vigentes, exercendo sua autonomia universitária concedida pela Constituição Federal e deliberada pelo MEC.

Atenciosamente,
Assessoria de Comunicação – UnP

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
16:01

Por Alex Viana.

A Universidade Potiguar (UnP) acaba de fazer demissões em massa. A crise no setor educacional, como consequência dos cortes de verba no Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), estaria por trás das graves medidas.

Na manhã desta quinta-feira, dezenas de professores, alguns com 10, 15 e até 20 anos de casa, receberam a notícia da demissão sumária.

As destituições seriam reflexo da crise nacional do setor, que, por sua vez, adviriam da crise econômica nacional.

As primeiras informações são de que cerca de 180 professores teriam sido demitidos. O Visor Político já solicitou informações e aguarda uma posição oficial da instituição de ensino.

Fala-se em prejuízo a dezenas de cursos.

As demissões atingem os campi de Natal e Mossoró.

Para os estudantes, estimam-se prejuízos. Alunos associados aos professores demitidos para orientação de monografia, por exemplo, terão que migrar para outros professores.

A UnP perde também em qualidade, já que as supervisões, antes feitas por doutores, agora passaram a ser executadas por professores menos graduados.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
15:54

Campo Grande/MS – A Polícia Federal deflagrou hoje (9/7) a Operação “Lama Asfáltica”, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em desviar recursos públicos, inclusive federais, por meio de fraudes a licitações, contratos administrativos e superfaturamento em obras públicas, em Campo Grande/MS. Os prejuízos estimados somam R$ 11 milhões, de um montante fiscalizado de R$ 45 milhões.

A operação foi deflagrada em conjunto com a Controladoria Geral da União – CGU, Ministério Público Federal – MPF e Receita Federal do Brasil – RFB. Cerca de 80 policiais federais, 13 servidores da CGU e 25 da Receita Federal participam da execução da Operação. Estão sendo cumpridos 19 mandados de busca e apreensão e quatro ordens de afastamentos de servidores estaduais, expedidas pela 5ª Vara Federal de Campo Grande. Tais mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em um órgão público estadual, empresas que possuem contratos com o poder público e em residências dos envolvidos.

As investigações, iniciadas em 2013, apontaram para a existência de um grupo que, por meio de empresas em nome próprio e de terceiros, superfaturam obras contratadas com a Administração Pública, mediante a prática de corrupção de servidores públicos e fraudes a licitações, ocasionando desvios de recursos públicos.  A organização criminosa atua no ramo de pavimentação de rodovias, construção de vias públicas, coleta de lixo e limpeza urbana, entre outros.

Fiscalizações realizadas pela CGU e perícias efetuadas pela PF comprovam a existência de diversas irregularidades em obras executadas por empresas do grupo, através de fraudes na execução dos contratos. Foram identificadas vultosas doações de campanhas à candidatura de um dos principais envolvidos.

Comunicação Social da Polícia Federal em Campo Grande/MS

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
08:01

Do G1 PA.

O médico obstetra Manoel Cardoso, de 63 anos, morreu na quarta-feira (8) em um hospital particular de Belém. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ele foi diagnosticado há dois meses com a fase aguda doença de Chagas e tinha insuficiência cardíaca, o que teria agravado a doença. Familiares e amigos lamentaram a morte do médico e velam o corpo em uma capela no bairro do Marco.

A doença de Chagas é causada por um parasita encontrado nas fezes do barbeiro. No Pará, a forma de transmissão mais comum da doença acontece pela ingestão de alimentos contaminados, como o açaí.

A família do médico suspeita que ele tenha consumido açaí de um ponto de vendas que fica no bairro da Cidade Velha. O cunhado dele também está com a doença e faz tratamento.

Em 2013 no Pará, foram registrados 133 casos de doença de Chagas e uma morte. Já em 2014 tiveram 137 casos e duas mortes. Os lugares com maior incidência dos casos são: Região Metropolitana de Belém, Marajó e Abaetetuba.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
07:52

Da Veja Online:

Renan vira réu por recebimento de propina

Peemedebista responderá por improbidade administrativa por causa do mesmo episódio que o levou a deixar a presidência do Senado em 2007

Sete anos depois de renunciar à presidência do Senado para escapar de um processo de cassação, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) corre o risco de ser condenado por improbidade administrativa por ter recebido propina da construtora Mendes Junior para apresentar emendas parlamentares que beneficiavam a empreiteira. Como mostrou VEJA à época, a empresa pagou a pensão de Renan com a jornalista Mônica Veloso, com quem tem um filha.
A ação de improbidade administrativa foi apresentada pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal de Brasília em setembro. O peemedebista é acusado de enriquecimento ilícito e falsificação de documentos com o intuito de construir a tese de que tinha recursos suficientes para bancar as despesas da amante, com quem teve uma filha. Como se trata de uma ação civil, que não pode levar o político à prisão, a ação não precisa ser remetida ao Supremo Tribunal Federal (STF).
O lobista Cláudio Gontijo e construtora Mendes Júnior também responderão por improbidade administrativa. Na ação, o Ministério Público afirma que emendas parlamentares de Renan Calheiros favoreceram diretamente a empreiteira na obra do cais de contêineres no Porto de Maceió. “O ato por si só, de receber valores de empresas diretamente interessadas em emendas parlamentares, já constitui ato de improbidade administrativa, mas quando a vantagem econômica é recebida em atenção aos ‘serviços’ prestados pelo agente público no exercício do seu cargo, a repulsa da sociedade é ainda mais grave”, argumentam os procuradores.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
07:37

Por Elio Gaspari.

Quando alguém discorda de um comissário petista, ele insinua que isso é coisa de quem está a serviço de algum interesse antissocial. Já o tucano é mais elegante. Quando o sujeito discorda, ele explica de novo. Na sua última convenção, o PSDB apresentou-se pronto para assumir o governo, como se a derrota eleitoral do ano passado tivesse sido apenas um acidente. Melhor explicado, seria revertido.

Admitam-se todas as premissas expostas pelo tucanato. Aécio Neves perdeu a eleição para uma “organização criminosa”. O PT não gosta dos pobres, mas do poder. O governo perdeu o rumo. Admita-se também que o PSDB pode ser uma alternativa às pedaladas e às petrorroubalheiras. Nesse caso, diante do que está aí, nada melhor que ele.Na mesma convenção em que o tucanato apareceu pintado para a guerra aconteceram dois episódios. Eduardo Azeredo, ex-presidente do partido e ex-governador de Minas Gerais, foi colocado entre os convidados de honra do evento. Réu no caso do mensalão mineiro, anterior ao petista, Azeredo renunciou à presidência do partido e a uma cadeira de deputado federal para abrigar-se no rito da primeira instância. Como o tesoureiro João Vaccari, ovacionado no congresso do PT, ele é inocente até que haja sentença judicial condenando-o. O tucanato tinha mais uma surpresa cerimonial. Incluiu entre os aliados que discursaram a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha e herdeira do notável Roberto Jefferson, que cumpre em regime aberto a pena de sete anos a que foi condenado pelo Supremo Tribunal.

À primeira vista, o PSDB estaria na situação do Mr. Jones da canção de Bob Dylan: “Alguma coisa está acontecendo aqui, mas você não sabe o que é”. Essa hipótese é benigna, porém implausível. O tucanato sabe o que está acontecendo e quer mudar o país à sua maneira, com Eduardo Azeredo entre os convidados de honra e Cristiane Brasil na tribuna. Age como se tivesse recebido do Padre Eterno um mandato para governar o país. Replica a soberba de Lula e do comissariado petista ao solidarizarem-se com os mensaleiros.

O mandato da doutora Dilma não pode ser desligado por um clique do Tribunal de Contas da União ou do Tribunal Superior Eleitoral. No primeiro caso, o parecer do TCU precisa passar pelo rito da Câmara e do referendo de seu plenário. No segundo caso, basta que um ministro do TSE peça vista do processo para que o julgamento seja paralisado. Mesmo que quatro dos sete ministros antecipem seu votos condenando o governo, a sentença estará bloqueada. Sem crise institucional, as coisas funcionam desse jeito. Com crise, o que há é a crise.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
07:30

O Governo do Estado afirmou que não possível conceder o reajuste salarial de 27% que os servidores estaduais da Saúde pleiteiam, devido ao “engessamento” do Estado com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O chefe do Executivo Estadual, Robinson Faria, recebeu em audiência representantes do Sindsaúde-RN na manhã de ontem, 8, para tratar dos pontos de pauta do movimento grevista. Acompanharam a reunião a secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, o adjunto da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP), Haroldo Vale, e a coordenadora dos Recursos Humanos da Sesap, Ângela Lobo. Na oportunidade, o governador tomou conhecimento de alguns problemas enfrentados pelos servidores da Saúde e se colocou à disposição para resolvê-los, remarcando para a quinta-feira, 16, uma nova audiência na qual veria com o consultor geral do Estado a viabilidade de repor os salários dos servidores municipalizados, que estão com salários congelados desde 2010.

Publicado por: Chico Gregorio


09/07/2015
07:27

Por Mônica Bergamo.

Surpresa: é mulher a autora dos anúncios que colocaram à venda, na internet, adesivos em que o rosto da presidente Dilma Rousseff aparece em uma montagem no corpo de uma jovem nua e de pernas abertas para ser colocado na entrada de combustível de automóveis. Questionada, a anunciante, que é de Recife, empurrou a culpa para o ex-marido. Disse que ele usou a conta dela no site de vendas para colocar as imagens no ar.

A informação foi dada pelo site Mercado Livre à Secretaria de Políticas para as Mulheres, que por sua vez encaminhou os dados ao Ministério Público Federal. Como a investigação está em curso, segundo a secretaria, os nomes dos envolvidos, que já foram banidos do site, não são divulgados.

A iniciativa, de qualquer forma, foi um fracasso comercial. Só quatro adesivos foram vendidos, segundo as informações disponibilizadas à secretaria.

Publicado por: Chico Gregorio