17/10/2015
07:30

Blog do Primo.

O governador tem demonstrado que está controlando dois grandes gargalos que administrações anteriores não conseguiram resolver. É inegável seu esforço para cumprir seu discurso de campanha.

Segurança e saúde tem sido prioridades, os hospitais mais complicados da rede pública, Walfredo Gurgel e Tarcísio Maia saíram da mídia negativa e estão funcionando em situação satisfatória. Os hospitais regionais passaram a receber abastecimentos regulares.

Na área de segurança, ao longo dos nove meses de gestão, o governador Robinson Faria promoveu mais de 3.000 agentes de segurança pública, destes 2.257 são militares estaduais, sendo 205 oficiais e 2.052 praças e 809 policiais civis, sendo 74 delegados, 60 escrivães e 675 agentes. O Governo nomeará, em breve, cerca de 40 agentes que estão concluindo o curso de formação. Também é positivo a resposta da Ronda Cidadã que deverá ser estendida prioritariamente  nas áreas de maior violência.

No turismo, o governo vem capitalizando muitos dividendos com uma política agressiva de captação fluxo aumentando consideravelmente a taxa de ocupação em hotéis decorrente da redução do ICMS do combustível de avião que proporcionou novos voos em companhias aéreas nacional e internacionais.

Pouco tem sido propagado o trabalho do Gabinete de Gestão criado pelo governador para garantir o abastecimento d’água nos municípios atingidos pela maior seca dos últimos 100 anos. Inegavelmente o governo tem sido muito eficiente no combate aos efeitos da seca, caso não estivesse a imprensa certamente estaria noticiando o caos. Mesmo com vários sistemas de abastecimento d’água em colapso, verifica-se que a situação esta, até agora, controlada.

Na educação, o governador  promoveu 11 mil professores.  Diante da situação que ele recebeu o Estado, podemos dizer que Robinson tem surpreendido.

Vamos torcer  e colaborar para ele continuar com esse gás produzindo resultados eficientes.

Até Laurita e seus ‘lauritos’ estão calados..

Corredores do Walfredo Gurgel

Publicado por: Chico Gregorio


17/10/2015
07:23

Revista Época – O relator do Orçamento de 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), já estabeleceu o corte que pretende aplicar ao Bolsa Família, programa de transferência de renda do governo federal e vitrine das administrações petistas. Segundo ele, é possível economizar R$ 10 bilhões dos R$ 28,8 bilhões que o Planalto estimava gastar com o benefício no ano que vem.

image

Barros argumenta que a tesourada não vai retirar benefícios, mas impedirá adesões que ocorreriam em substituição às famílias que deixarem o programa.

Publicado por: Chico Gregorio


17/10/2015
07:21

Folha de São Paulo – Um dos principais articuladores da abertura de um processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (SD-SP), decidiu sair em defesa do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

índice

Num momento em que dirigentes dos principais partidos de oposição tentam se afastar do peemedebista, Paulinho rema na direção oposta e diz que está “com ele para o que der e vier” e que as novas descobertas sobre as contas de Cunha na Suíça “não mudam em nada” sua posição pessoal de apoio ao presidente da Câmara.

“O nosso negócio é derrubar a Dilma. Nada nos tira desse rumo”, disse Paulinho à reportagem.

O deputado, dirigente do Solidariedade e da Força Sindical, afirma que as sucessivas revelações sobre a existência de contas secretas de Cunha no exterior só mostram que “o governo não cumpre o que fala”.

Sem meias palavras, o discurso de Paulinho é uma referência às notícias de que, nos últimos dias, petistas e até o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teriam trabalhado para firmar um acordo com Cunha para enterrar as chances de o peemedebista dar início a um processo de afastamento de Dilma.

“O governo bate nele porque sem ele não tem impeachment”, afirma Paulinho. “E isso só me faz ficar onde estou. Nada muda ou nos tira desse rumo”, concluiu.

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
15:38

Silas Malafaia com sua amiga Wilma de Faria

O processo movido pelo Ministério Público Federal em São Paulo contra o pastor Silas Malafaia, a TV Bandeirantes e a União por declarações homofóbicas será retomado. Essa foi a determinação do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que anula a sentença da primeira instância que determinava a extinção da ação civil pública.

Na ação o MPF pede a retratação do pastor por considerar homofóbicas suas declarações veiculadas em julho de 2011, durante o programa “Vitória em Cristo”, quando utilizou expressões de incitação à violência contra homossexuais ao criticar o uso de símbolos religiosos durante a Parada do Orgulho LGBT daquele ano. Na ocasião Malafaia disse: “Os caras na Parada Gay ridicularizaram símbolos da Igreja Católica e ninguém fala nada. É pra Igreja Católica entrar de pau em cima desses caras, sabe? Baixar o porrete em cima pra esses caras aprender (sic). É uma vergonha”.

 

Blog do Primo.

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
15:29

CRctYy6XIAAAo9CCópias do passaporte, da assinatura e de dados pessoais do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), enviados pelas autoridades da Suíça à Procuradoria Geral da República (PGR) comprovam contas bancárias secretas do deputado, da mulher e da filha dele no país europeu.

A TV Globo teve acesso com exclusividade à documentação encaminhada pelo Ministério Público suíço ao Brasil – por meio de 35 arquivos –, na qual, além da reprodução do passaporte e do visto norte-americano de Cunha, constam nome completo, data de nascimento e endereço dele em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Veja mais aqui

Cunha também tinha conta não declarada nos Estados Unidos

Além das contas na Suíça, o pedido de inquérito contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), revela a existência de contas de titularidade dele nos Estados Unidos, também não declaradas. A informação veio do banco suíço Julius Baer, que comprou as operações da área de “grandes fortunas” do Merril Lynch em 2012, e consta do pedido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF). Eduardo Cunha disputou eleições desde 2002 e em nenhum momento declarou a titularidade de qualquer conta no exterior.

Veja mais aqui

G1 e O Globo

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
15:25

A senadora Fátima Bezerra foi uma das homenageadas nesta sexta-feira (16), na Assembleia Legislativa, durante sessão solene em alusão ao Dia do Professor. O autor da proposição, deputado estadual Souza Neto, destacou que a parlamentar honra a categoria da qual faz parte pela dedicação e pelos serviços prestados. “A senadora associa sua imagem à de educadora e é impossível dissociar uma da outra”, disse o deputado.
CRcjMRtWwAAB6rU
Ao receber homenagem, senadora Fátima fala de avanços e desafios na educação
Ao discursar em nome das demais homenageadas, a senadora falou dos avanços dos últimos anos na área da educação, mas deixou claro que os desafios ainda são muitos e devem ser perseguidos de maneira persistente. Ela destacou como prioridade o cumprimento das metas do PNE [Plano Nacional de Educação] tanto pela União como pelos Estados e fez um apelo para que o piso dos professores seja respeitado. Fátima defende que o Governo Federal contribua com os municípios e estados para que a valorização salarial dos professores não deixe de ser efetivada por falta de orçamento.
A senadora comentou também sobre a greve da Uern e disse da expectativa de uma solução para o conflito de forma a atender as reivindicações dos docentes e técnicos. Ela fez, por fim uma homenagem aos mestres presentes. “Profissionais que nos dão muito orgulho”. Ela agradeceu o carinho recebido e reafirmou o compromisso em contribuir trabalhando pela educação: “o que estiver ao meu alcance. Para esta causa, que reputo das mais importantes, toda a minha dedicação”
 
Homenageados
Também foram homenageados Sátiro Cavalcante Dantas, Francisca Amélia do Carmo Nepomuceno (in memorian), Maria Carmozita Gomes, Lúcia Helena Costa de Góis, Oton Mário de Araújo Costa, Rita Almeida de Souza, Maria José Bezerra, Maria das Graças do Nascimento Monteiro, Maria do Socorro do Nascimento, Melânia Maria da Costa e Joana D`arc Lacerda Alves Felipe.
O Potiguar

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
15:23

A bancada do Psol na Câmara dos Deputados, que tinha conseguido a adesão de 45 parlamentares na representação protocolada na tarde da última terça-feira no Conselho de Ética da Casa, informou no início da noite que já tem 50 assinaturas. O documento pede a cassação do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por quebra de decoro parlamentar.

Nenhum dos deputados do Rio Grande do Norte assinou a representação pedindo a cassação de Eduardo Cunha.

Fonte: Diário de Pernambuco

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
15:17

A Magnífica Reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, Professora Ângela Maria Paiva Cruz, e a Pró-Reitora de Extensão Universitária, Professora Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes, têm a honra de convidar para a cerimônia de abertura da XXI Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura – CIENTEC, a realizar-se no dia 20 de outubro de 2015, às 9 horas, no Auditório Otto de Brito Guerra, na Reitoria, Câmpus Central – Natal/RN.

Palestra de Abertura: “Luz, Ciência, Tecnologia e Suporte a Vida”, com o Professor Vanderlei Salvador Bagnato, escritor, pesquisador e conferencista nas áreas de Ciências Exatas e da Terra, Física e Educação.

Confirmações: cerimonial@reitoria.ufrn.br

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
08:44


Sede da Prefeitura de Patos

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF/PB), por meio da Procuradoria da República em Patos, o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual (MPPB) e a Controladoria Geral da União (CGU) deflagraram, na madrugada desta sexta-feira (16) a Operação Dom Bosco, para desarticular uma organização criminosa que simulava licitações e justificava gastos públicos inexistentes ou superfaturados. A Prefeitura de Patos e outros estabelecimentos comerciais estão sendo alvo da ação policial.

Leia mais Notícias do Portal Correio

De acordo com o MPF, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão, um mandado de prisão preventiva, além da condução de quatro pessoas para prestarem esclarecimentos, nas cidades de Patos, Campina Grande e João Pessoa. Estão envolvidas as empresas Livraria Dom Bosco, Gráfica Santo Antônio, Mix Mercadinho e AMPLA Comércio LTDA. As buscas foram feitas nas sedes das empresas e nas residências dos envolvidos. A sede da prefeitura de Patos também está sendo alvo de busca e apreensão, para obtenção de documentos referentes aos contratos entre a prefeitura e as empresas AMPLA e Mix Mercadinho.

As investigações do MPF apontam que o esquema existiria há mais de uma década e perdurou, neste modelo, até 2013, tendo sido replicado em pelo menos 21 municípios. A investigação revelou que a partir do ano de 2013 o esquema criminoso modificou-se.

Segundo o procurador da República, João Raphael Lima, as investigações para descortinar o esquema criminoso começaram em 2012. Originalmente a organização agia simulando procedimentos licitatórios na modalidade “Carta-Convite”, nas quais competiriam, pretensamente, as empresas Papelaria Patoense, Mix Mercadinho e Livraria Dom Bosco.

“Se antes o grupo se valia de empresas meramente instrumentárias para simular licitações na modalidade ‘Carta-Convite’, a partir de 2013 passou a atuar em licitações na modalidade pregão presencial, firmando contratos de grande valor, sobretudo com a Prefeitura Municipal de Patos. Com efeito, em apenas uma licitação deflagrada pela referida prefeitura, a empresa AMPLA Comércio LTDA, pertencente ao grupo, firmou contrato de mais de R$ 8.000.000,00 (oito milhões de reais)”, relatou o procurador.

O revelou que “o esquema criminoso que já dura vários anos, o qual se iniciou por meio de fraudes em licitações na modalidade convite, por meio da utilização de empresa de ‘laranja’ e de empréstimo de empresa existente, e que, posteriormente, a proprietária formal da empresa ‘laranja’ passou a atuar diretamente nas fraudes, sob as orientações do líder da organização criminosa, seja por meio de sua empresa ou de nova empresa criada para tanto”, acrescentou o procurador.

Além de recursos próprios, nas fraudes foram utilizados recursos federais, sobretudo relacionados a repasses do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
08:36

Da Folha

MÁRCIO FALCÃO

DE BRASÍLIA

Relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Teori Zavascki autorizou na noite desta quinta-feira (15) a abertura de inquérito para investigar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e familiares por suspeita de que recursos desviados da Petrobras abasteceram contas deles no exterior.
Teori atendeu a um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Além do deputado, serão alvos de investigação a mulher do deputado, a jornalista Claudia Cruz, e sua filha, Danielle Cunha, que seria dependente de uma das contas em um banco suíço. Eles serão investigados por crimes como corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
A nova investigação é motivada por um dossiê entregue pelo Ministério Público da Suíça à Procuradoria-Geral da República indicando que dinheiro de propina paga para viabilizar um negócio com a Petrobras na África em 2011 alimentou contas secretas atribuídas ao peemedebista e a sua mulher.
Ao revelar o caminho do dinheiro pelas contas de Cunha, os documentos mostram que da conta em nome da mulher do deputado saíram recursos para o pagamento de despesas pessoais no valor total de US$ 1,09 milhão (o equivalente a R$ 4,1 milhões) em sete anos, incluindo faturas de dois cartões de crédito e uma famosa academia de tênis na Flórida (EUA).
Segundo os investigadores, parte do dinheiro movimentado por Cunha tem como origem um contrato de US$ 34,5 milhões assinado pela Petrobras para a compra de um campo de exploração de petróleo em Benin, na África.
De acordo com os documentos, o empresário João Augusto Henriques, lobista que viabilizou o negócio no Benin, repassou 1,3 milhão de francos suíços (R$ 5,1 milhões) a uma das contas atribuídas a Cunha, entre 30 de maio e 23 de junho de 2011.
Os depósitos foram feitos três meses após a Petrobras fechar o negócio na África. A Suíça encontrou quatro contas associadas a Cunha e sua mulher. Os documentos indicam entradas de R$ 31,2 milhões e saídas de R$ 15,8 milhões, entre 2007 e 2015, em valores corrigidos.
Os depósitos e retiradas foram feitos em dólares, francos suíços e euros. As informações enviadas pela Suíça mostram uma intensa circulação de dinheiro entre as quatro contas, não sendo possível calcular quanto do dinheiro movimentado foi gasto.
O Ministério Público da Suíça chegou a bloquear 2,469 milhões de francos suíços (R$ 9,6 milhões) de Cunha e da mulher, sendo 2,3 milhões de francos suíços do deputado (R$ 9 milhões).

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
08:32

O Clima em Parnamirim que já era muito pesado, vai chegando ao radicalismo, a intransigência, e a falta de bom senso.

O presidente da Câmara Municipal de Parmamirim, vereador Ricardo Gurgel (PSB), foi ameaçado pelo secretário de obras e saneamento do município de Parnamirim, Naur Ferreira (PSB), nessa quinta-feira (15), na Festa do Boi.

Ao cumprimentar amigos no restaurante da Anorc, o vereador Ricardo Gurgel foi abordado pelo pré-candidato Naur Ferreira, que disparou e acusou o presidente da Câmara de pagar um blogueiro de Caicó para divulgar matéria que relatava os processos abertos pelo Ministério Público contra o candidato do atual prefeito, Maurício Marques.

A discussão, que foi presenciada pelos vereadores Sheilla Bezerra e Gustavo Negócio, e várias outras pessoas, ganhou ainda mais impulso quando o deputado Carlos Augusto Maia chegou em auxílio ao vereador Ricardo Gurgel.

Naur, enfurecido, acusou também o deputado Carlos Augusto de lhe dever, que retrucou as acusações do secretário de forma áspera. A discussão de Ricardo Gurgel e Carlos Augusto com Naur Ferreira foi apartada pelo deputado Disson Lisboa quando já estava próxima de chegar as vias de fato mas não parou por ai.

O vereador Ricardo Gurgel,  se sentindo ameaçado, registrou Boletim de Ocorrência registrando o ocorrido.

Blog do BG:

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
08:28

Do Uol – Rodrigo Mattos – Quatro meses após a prisão de cartolas da Fifa, a Justiça dos EUA tirou o sigilo sobre a confissão do dono da Traffic José Hawilla, maior responsável pelo pagamento de propinas para os dirigentes. Seu depoimento relata pagamento de propina para obter contrato de patrocínio da seleção brasileira, e dos direitos da Copa do Brasil, além de Copa América e da Copa Ouro. Por isso, o ex-presidente da CBF José Maria Marin foi preso.

image

“Eu concordei em fazer pagamentos de propinas e subornos que seriam escondidos por contratos da Copa América, da Copa Ouro, da Copa do Brasil e do (…) patrocinador do time brasileiro.”

“Eu usei as instituições financeiras e os mecanismos eletrônicos dos EUA para fazer alguns desses pagamentos de propina e subornos, assim como para fazer pagamentos legítimos relacionados a esses direitos, todos para promover esse esquema.”

Hawilla fez um acordo para se declarar culpado por quatro crimes, conspiração, fraude eletrônica, lavagem de dinheiro e obstrução à Justiça. Cada um poderia lhe render até 20 anos de prisão. Mas seu acordo de cooperação e a promessa de pagar US$ 151 milhões o mantém fora da cadeia em vigilância nos EUA.

“Durante este período, a Fifa, a Concacaf e outras organizações de futebol e empresas de marketing tiveram compromissos para promover e/ou regular o esporte do futebol pelo mundo como parte de uma organização. Entre outras coisas, essas organizações realizaram eventos esportivos e conduziram negócios nos EUA e usaram das instituições financeiras dos EUA.”

Publicado por: Chico Gregorio


16/10/2015
08:26

Folha de São Paulo – O presidente do PRB do Rio Grande do Norte, Abraão Lincoln, está sendo procurado pela Polícia Federal, acusado de participar do esquema de venda ilegal de permissões para pesca industrial.

????????????????????????????????????

Ele é um dos alvos da Operação Enredados, deflagrada na manhã desta quinta-feira (15) em seis estados e no Distrito Federal. Até o momento, porém, a PF não conseguiu localizá-lo para cumprir o mandado de prisão expedido contra ele.

Além de dirigente partidário, Lincoln é presidente da Confederação Nacional de Pescadores e Agricultores e tinha acesso ao alto escalão do extinto Ministério da Pesca, que esteve na mira da operação desta quinta.

Publicado por: Chico Gregorio


15/10/2015
15:36

Agonia no centro de Ceará-Mirim.

Neste momento, um homem está no topo da torre da igreja matriz.

As pessoas temem que ele despenque.

Tomara que não

 

Publicado por: Chico Gregorio


15/10/2015
15:32

Nos últimos anos, ABC e América constantemente são alvos de ações no Tribunal Regional de Trabalho (TRT). Fato esse que levanta a questão do motivo pelo qual os clubes não conseguem se livrar de tantos processos.

Para explicar essa questão, o Agora RN conversou com o advogado Felipe Augusto, responsável pela defesa de diversos ex-atletas dos clubes potiguares. Segundo ele, o grande problema são as promessas feitas pelos dirigentes. “Na hora de rescindir um contrato, por exemplo, atletas e dirigentes fazem um acordo boca a boca com os atletas. Porém, os dirigentes não cumprem o que foi prometido, aí os jogadores entram na Justiça”.

Augusto ainda afirmou que normalmente a Justiça acaba dando ganho de causa para os atletas. “Os clubes assinam termos de confissão de dívida. Porém, quando vamos colocar na ponta do lápis, a dívida é bem maior. O clube paga R$ 20 mil para um atleta e coloca R$ 2 mil na carteira de trabalho. Deixam de colher várias obrigações trabalhistas”, disse o advogado, que completou. “O América tem conseguido reverter essa situação e existem poucas ações trabalhistas, mas o ABC segue fazendo a mesma coisa”.

Alexandre Pinto, vice-presidente jurídico do ABC, disse acreditar que o maior problema é na hora da negociação contratual, principalmente pelo fato do time disputar a Série B. “Um jogador não quer fazer um contrato curto, para saber se vai dar certo ou não. Ele quer um contrato de um ano. Aí quando ele não vai bem, vem pressão de todo o lado e o clube vai buscar a rescisão. Aí que entram as questões trabalhistas”.

O dirigente finalizou explicando que o Alvinegro conseguiu, nos últimos meses, um acordo para pagar, no máximo, R$ 70 mil por mês em dívidas trabalhistas.

Publicado por: Chico Gregorio