21/11/2015
08:57

Por Thaisa Galvão.

O prefeito Carlos Eduardo considerou erro a nomeação de sua mulher para um cargo de coordenador.

Todo mundo que leu também considerou erro, afinal de contas, Andréa já foi secretária.

Ocupou a titularidade da Secretaria Municipal de Assistência Social na outra gestão do prefeito marido.

Como secretários foram, na Prefeitura de Natal, a irmã da prefeita Micarla de Sousa, Rosy de Sousa, o então marido da então prefeita Wilma de Faria, Herbat Spencer…

Como secretários foram, no Governo do Estado, Carlos Augusto Rosado, marido da então governadora Rosalba Ciarlini; Márcia Maia, filha da então governadora Wilma de Faria; Paulo Roberto Alves e Denise Alves, irmão e mulher do então governador Garibaldi Filho; Edinólia Melo e Pedro Melo, mulher e irmão do então governador Geraldo Melo; Anita Catalão Maia, mulher do então governador José Agripino Maia; e hoje, como secretária é Julianne Faria, mulher do atual governador Robinson Faria.

O que não há na história é parente de primeiro grau de gestor num cargo de coordenador.

Agora, se Andréa Ramalho, a mulher do prefeito, não iria ser nomeada para nenhum cargo, por que tacaram o nome dela no Diário Oficial?

Se o nome de Andréa não estava em nenhum ofício encaminhado ao Diário Oficial, por que danado um servidor, vendo o cargo de coordenador vago, decidiu, por conta e risco – e que risco – ocupar exatamente com o nome da mulher do prefeito?

Como publiquei no Blog, vou repetir: se o nome dela saiu no Diário Oficial, que só publica documentos, é porque o nome dela estava lá, em algum documento.

E certamente não seria para ocupar um cargo de coordenador.

Andréa tem mérito para ser secretária, como já foi, embora tenha dito no começo da gestão atual do prefeito, que não iria ocupar nenhum cargo.

*

O caso do erro do Diário Oficial do Município me lembra uma história do tempo que trabalhei na TV Cabugi.

Tinha um editor na emissora, que todas as vezes que ia editar uma matéria que tinha “povo fala”, aquelas várias falas de gente na rua repercutindo algum assunto, e que o repórter não tinha anotado ou gravado o nome do entrevistado, sempre criava um nome. De preferência de alguém conhecido, de um amigo. Tentava criar uma coincidência para fazer rir.

Teria sido isso  o que fez o servidor que “fecha” o Diário Oficial?

Na falta de um nome para a vaga, usou um nome de alguém conhecido…?

Foi infeliz na escolha e merece punição.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
08:52

Por Júlio Rocha

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego do mês de outubro divulgado nesta sexta-feira (20) apontou que o Rio Grande do Norte teve saldo negativo de 470 postos de trabalho.

CAGED

O resultado negativo decorreu principalmente do desempenho nos setores da Construção Civil (-569 postos) e dos Serviços (-344 postos)

Na série ajustada, que incorpora as declarações fora do prazo, houve decréscimo de 8.301 postos (-1,81%).

Ainda na série com ajustes, nos últimos doze meses, verificou-se redução de 2,26% no nível de emprego ou -10.393 postos de trabalho.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
08:47

O secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão, compareceu nesta quinta-feira (19) à Câmara Municipal do Natal para prestar esclarecimentos sobre o aluguel de um painel de led ao preço de R$ 283 mil, conforme foi publicado no Diário Oficial do Município. O aluguel foi bastante criticado por vereadores e resultou na convocação, pelo vereador Sandro Pimentel (PSOL), do secretário.

Em entrevista ao Agora RN, Sandro disse que Galvão esclareceu sobre o aluguel, afirmando que o equipamento será pago por diária, ao custo de R$ 5,6 mil. No entanto, o parlamentar diz que as alegações do secretário não foram convincentes. Sandro Pimentel pesquisou junto a uma empresa local o valor do aluguel de um painel de led medindo 16 metros quadrados, ou seja, maior do que o de 12 metros quadrados alugado pela prefeitura. O resultado é uma diária R$ 1,6 mil mais barata por um painel maior, o que, segundo conclui Sandro, aponta para “indícios” de superfaturamento.

“O valor da diária em uma empresa local custa R$ 4 mil, por um painel de 16 metros quadrados; o da prefeitura é um de 12 metros quadrados por R$ 5.600”, comenta o vereador. Diante da constatação, Sandro promete já para a próxima semana “representar junto ao Ministério Público”.

Agora RN.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
08:45

Auditores Fiscais da Secretaria Estadual da Tributação (SET), com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizaram durante a última quinta-feira (19) a maior operação de abordagens diretas do Fisco potiguar, dentro das edições das Operações Fisco Presente. O objetivo foi de promover e preservar um ambiente econômico de maior competitividade para os contribuintes regulares do Estado, combatendo a sonegação com ações que reprimem e penalizam economicamente as operações irregulares.

Foram 2.500 empresas visitadas, 1,5 milhão de reais em mercadorias apreendidas por meio da lavratura de 167 Termos de Apreensão de Mercadorias emitidos. Cerca de 4.2 mil veículos foram abordados e R$ 674 mil em ICMS e multa lançados durante essa fiscalização. A ação ocorreu em todo o Rio Grande do Norte e contou com a participação de 200 auditores fiscais e apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nos postos fiscais.

Esses resultado foi apresentado pela SET, na manhã desta sexta-feira (20), através de uma coletiva de imprensa, com a participação do secretário de Tributação do RN, André Horta e o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, João Batista de Barros .

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
08:40

(Sirleide Pereira – Ascom-reitoria/UFRN)

No próximo dia 28, a Escola Multicampi de Ciências Médicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMCM/UFRN) estará realizando a 3ª edição do Projeto Universidades na Feira.

Atividade curricular do Curso Medicina da EMCM ofertado nos campi de Caicó, Currais Novos e Santa Cruz, o evento tem como público alvo estudantes de Medicina, Pedagogia, História, Ciências Contábeis, Direito, Serviço Social, Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Nutrição e Odonto de todas as instituições públicas e privadas de ensino superior nas regiões Seridó e Trairi.

Com vagas limitadas, a 3ª Universidades na Feira funcionará das 7h às 11h da manhã, no estacionamento do Restaurante Ponto Certo. Os interessados podem se inscrever junto aos docentes dos respectivos cursos das diferentes instituições.

Para mais informações contatar o Prof. Lucas Pereira de Melo, vice-diretor da EMCM/UFRN, pelo endereço: lucasenf@yahoo.com.br.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
08:38

O cenário das mulheres potiguares vítimas de violência foi o escopo das discussões da audiência pública promovida pelo Senado Federal – por meio da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher (CMCVM) – ocorrida nesta sexta-feira (20), na Assembleia Legislativa. “Um estado onde foram vitimadas 178,1% mulheres a mais, no período de uma década [dados do Mapa da Violência 2015], precisa urgente de ações que possam mudar esse cenário triste e revoltante”, destacou a senadora Fátima Bezerra, autora da iniciativa junto à CMCVM.
A Audiência foi o espaço para que autoridades e representantes da sociedade ligadas ao tema externassem as principais preocupações e para que fossem sugeridas ações preventivas ou definitivas. O crescimento do percentual de mulheres violentadas, apresentado pelo último Mapa da Violência (período 2003-2013), da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), revelou um dado alarmante para o Brasil. E ainda mais preocupante para o RN.
No país, o incremento no número de vítimas do sexo feminino nos dez anos analisados atingiu 21%. No Rio Grande do Norte, como dito acima, se aproximou de 180%. O senador Garibaldi Filho ressaltou a necessidade de a sociedade como um todo se mobilizar para coibir o problema.
“Este não é um movimento apenas das mulheres, mas da própria sociedade. Todos devem se conscientizar de que é inadmissível o que está acontecendo. Infelizmente nem sempre a lei resolve e esgota a solução desse problema que não deve somente ser combatido, mas deve sim ser varrido da nossa sociedade.
Esta é uma mancha imperdoável”, frisou.
Na quinta-feira, a CMCVM da Câmara e Senado realizou oitivas com mulheres vítimas de violência e alguns familiares. Os relatos serão encaminhados para documentação e análise da Comissão. A senadora Fátima Bezerra  considerou “fortes e tristes” os depoimentos. “É preciso um basta. E não pode demorar”, assinalou.

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
17:36

A construção do prédio do CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social) em Jardim do Seridó entrou na fase final da obra. O novo espaço está sendo edificado no Bairro Baixa da Beleza e já teve os trabalhos de alvenaria concluídos. O edifício está localizado num ponto estratégico, onde existe próximo uma escola, unidade básica de saúde e também o CRAS.
Os operários agora se concentram na fase de reboco e depois passarão para a parte hidráulica e elétrica da obra. Por fim, será a vez do revestimento e pintura. O prédio contará com 13 compartimentos, sendo: recepção, salas para atendimentos, sala de multiuso, áreas de serviços, quatro banheiros para funcionários e o público (dois para portadores de necessidades especiais), entre outros.
O valor da obra é da ordem de R$ 297.448,46 (duzentos e noventa e sete mil, quatrocentos e quarenta e oito reais e quarenta e seis centavos) e os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Assistência Social do Governo Federal. A empresa Judson G. da Silva & CIA LTDA ME, vencedora do processo licitatório, é responsável pela execução do serviço.  O prazo para a entrega da obra é o dia 10 de dezembro.

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
17:13

anelviario_1

Na última terça-feira (17), funcionários da Prefeitura Municipal de Ouro Branco-RN providenciaram os últimos detalhes para o teste da iluminação do Anel Viário.

Alguns ajustes ainda serão feitos, mas a iluminação já foi motivo de comemoração pelos moradores daquela localidade, pois era anseio dos mesmos há um bom tempo.

anelviario_2

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
17:10

drafatima_draraujoDiante de rumores criados recentemente por blogs da região, de que o vice-prefeito de Ouro Branco, Dr. Araújo, estaria praticamente rompido politicamente com a prefeita Drª Fátima, o médico tratou com surpresa a especulação, e desmentiu a possibilidade. Confira: “Eu fiquei surpreso com a matéria, só vi a noite após muitas pessoas me avisarem e não sei de onde saiu esta especulação. Talvez estejam querendo me queimar junto a prefeita“.

Dr. Araújo disse ainda que a chapa de 2012 continua formada para 2016, e que estará na próxima sexta-feira (20), junto com a prefeita, na entrega das 40 casas populares do Conjunto José Pereira Filho.

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
16:48

A Prefeitura de Natal emitiu nota em que comunica “falha interna” a respeito da nomeação da primeira-dama, Andrea Ramalho Alves, lotada como coordenadora do gabinete de seu marido, o prefeito Carlos Eduardo Alves.

A nomeação foi publicada na edição desta sexta-feira (20) do Diário Oficial do Município (DOM), que lotava Andrea, ao mesmo tempo em que exonerava João Lourenço do cargo e o remanejava para o cargo de adjunto da Secretaria de Esporte e Lazer. Todo esse arranjo é tratado por ‘falha interna’ na seguinte nota distribuída à imprensa:
A Prefeitura Municipal do Natal comunica que uma falha interna levou à nomeação, publicada erroneamente no Diário Oficial do Município, edição desta sexta-feira (20 de novembro de 2015), da sra. Andréa Ramalho Pereira de Araújo Alves para a Coordenadoria de Gabinete, posto vinculado à Secretaria Municipal de Governo (SGM).
Por determinação do Exmo. Sr. Prefeito Carlos Eduardo, o ato será desfeito e corrigido na edição deste sábado, dia 21, no mesmo DOM.

Prefeitura Municipal do Natal.

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
16:40

Em setembro último, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) constatou que 250 agentes de Segurança Pública estão em desvio de função no âmbito do próprio Executivo, a contar que 80 agentes atuam no CIOSP (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública).

image

O TCE estabeleceu um prazo de 60 dias à Secretaria de Segurança Pública para o retorno dos funcionários, e concedeu 180 dias somente aos que desempenham atividades no CIOSPE, com a ressalva de que alguns precisarão continuar no setor, por uma questão técnica.

A Secretária Kalina Leite entrou com um embargo junto ao TCE, mas foi negado pelo relator do caso, o Conselheiro Paulo Roberto Alves.

O prazo está terminando e o Estado terá que retornar os servidores aos locais de origem, sob pena de multa diária.

O potiguar

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
16:37

Mais de 2,7 milhões foram desviados, em valores atualizados, através de contas bancárias de assessores parlamentares e demais pessoas interpostas de Laíre, Sandra e Larissa Rosado

image

O Ministério Público Federal (MPF) em Mossoró apresentou denúncia à Justiça Federal contra o ex-deputado federal Laíre Rosado Filho, contra a esposa dele, a ex-deputada federal Sandra Maria da Escóssia Rosado, e contra a filha do casal Larissa Rosado, também ex-deputada. Os três, juntamente com outros 12 envolvidos (lista abaixo), incluindo o ex-marido de Larissa Rosado, são acusados de montar um esquema para desviar recursos da União destinados à Fundação Vingt Rosado. De acordo com o MPF, o total dos desvios, em valores atualizados, pode chegar a mais de 2,7 milhões.

As investigações do Ministério Público Federal se inciaram a partir de um relatório do Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus). O trabalho realizado pelo Denasus apontou diversas irregularidades nas licitações deflagradas para utilização dos recursos repassados por meio de convênios, entre o Ministério da Saúde e a Fundação Vingt Rosado, instituição vinculada à família de Laíre Rosado. Vale ressaltar que os créditos orçamentários que permitiram o repasse dos recursos foram todos resultados de emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União, propostos pela então deputada federal Sandra Rosado.

De acordo com o MPF, o modus operandi consistia no seguinte esquema: primeiro Sandra Rosado direcionava recursos de emendas parlamentares à Fundação Vingt Rosado; em seguida havia a simulação de um procedimento licitatório para encobrir a escolha direta das empresas integrantes do esquema. Posteriormente, havia o repasse dos recursos às empresas selecionadas, lastreados em notas fiscais que atestavam a suposta aquisição de medicamentos e insumos não fornecidos efetivamente à Fundação. Um dos representantes da empresa “vencedora” da licitação sacava os valores repassados pela entidade, para em seguida realizar a partilha dos recursos entre os envolvidos.

Para tornar mais complexo o esquema, dificultando uma possível investigação, os recursos não eram imediatamente repartidos entre os integrantes do esquema criminoso. O dinheiro era “branqueado” através da utilização da Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância em Mossoró (Apamim), sendo destinado às contas bancárias dos membros da família Rosado. Antes, entretanto, passava por assessores parlamentares. A quebra do sigilo bancário dos envolvidos, autorizada pela Justiça Federal, revelou uma série de transferências e depósitos em favor dos investigados.

De um total de R$ 360 mil repassados pelo Convênio nº 743/2004, a importância de 148.774,75 teria sido doada à Apamim, o que representa 41,32% do total de recursos. Ressalte-se que o presidente da Fundação Vingt Rosado, Francisco de Andrade Silva Filho, ex-marido de Larissa Rosado, também fez parte da diretoria da Apamim, chegando a ocupar a presidência das duas entidades ao mesmo tempo.

A denúncia do MPF destaca que, apesar do recebimento desses recursos, a prestação de serviços que deveriam ser oferecidos pela Apamim (assistência à gravidez de baixo e médio risco) só piorava, até o ponto que tornou calamitosa. “A exemplo disso, consta do Auto de Infração nº 002576, emitido em 02.06.2014 pela Vigilância Sanitária do Município de Mossoró, o qual noticiou a absurda reutilização de seringas na Apamim, assim como a inexistência de filtros de incubadoras na maioria das incubadoras”, destaca a denúncia do MPF.

O procurador da República Emanuel de Melo Ferreira, que assina a denúncia, explica que fica claro que os repasses efetuados pela Fundação Vingt Rosado em favor da Apamim não se destinavam à aquisição de materiais de consumo hospitalar ou medicamentos em favor da entidade. “Servia apenas para conferir aparência de legalidade na utilização dos recursos, que posteriormente eram objeto de operações financeiras ilícitas entre os investigados”, destaca.

A Denúncia nº 0000862-84.2015.4.05.8401 foi ajuizada junto à 10ª Vara da justiça Federal em Mossoró.

Denunciados:

1) Sandra Rosado: usou de seu prestígio e poder enquanto deputada federal para direcionar recursos que sabia que seriam desviados por seu marido e genro, realizando emendas ao orçamento da União com o intuito de beneficiar a Fundação Vingt Rosado.

2) Laíre Rosado Filho: mentor intelectual do esquema criminoso, beneficiou-se diretamente com recursos desviados do convênio nº 743/2004, além de também estar ligado às pessoas de Manuel do Nascimento e Anderson Brusamarello, que também atuaram como seus assessores parlamentares na época em que era Deputado Federal. As provas produzidas na investigação demonstram ainda que parte dos recursos desviados do Convênio nº 1276/2005 teve como destino suas contas bancárias, sempre após passar por uma série de operações financeiras que tinham como objetivo lavar o dinheiro fruto de peculato.

3) Larissa Rosado: recebeu transferências de seu assessor José do Patrocínio Bezerra, logo após este ter recebido em sua conta os recursos do Convênio nº 743/2004, repartidos entre os investigados, com claro intuito de mascarar que o real destino do proveito financeiro. Ressalte-se, ainda, o depoimento de Edmilson de Oliveira Bezerra, o qual indica que o depósito de R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) feito pela SG Distribuidora em favor de sua empresa, Fernandes e Bezerra LTDA, destinou-se ao pagamento de despesas de campanha da então candidata Larissa Rosado.

O Potiguar.

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
16:27

(Sirleide Pereira – Ascom-reitoria/UFRN)
 
 
A Escola Multicampi de Ciências Médicas da Universidade Federal do Rio Grande 
(EMCM/UFRN) realiza de 26 a 28 deste mês, no Campus Caicó, o I Colóquio 
Norte-Nordeste de Ciências Sociais e Humanas na Educação das Profissões 
da Saúde.
 
Com o tema As ciências sociais e Humanas em saúde e o 
ensino baseado na comunidade, o I Colóquio tem Norte-Nordeste de 
Ciências Sociais e Humanas na Educação das Profissões da Saúde reunirá 
pesquisadores, docentes, profissionais e estudantes de pós-graduação e 
graduação nas áreas de ciências humanas e sociais voltadas para a saúde 
em torno do debate e reflexão a respeito dos atuais desafios teóricos e 
práticos enfrentados pelo ensino de ciências sociais e humanas para 
cursos da área da saúde.
 
Segundo o Prof. Lucas Pereira de Melo, 
vice-diretor da ECMC, o debate é necessário porque a formação em 
medicina está em expansão de vagas, além da criação de novos cursos no 
interior do Brasil alavancada pelo Programa Mais Médicos para o Brasil. 
“São novas demandas e exigências para o ensino e a pesquisa na área de 
ciências sociais e humanas em saúde, notadamente pela natureza dos 
modelos pedagógicos adotados pelos novos cursos, e a exigência de 
reorientação dos cursos em funcionamento, voltados ao desenvolvimento de
 competências e à inserção precoce dos estudantes em cenários reais na 
atenção primária à saúde”, explica Lucas Pereira. 
 
 
Coordenado pelos professores Lucas Pereira de Melo, Ana Luiza de Oliveira e 
Oliveira e Tiago Rocha Pinto, com o apoio dos Laboratórios de Pesquisas 
Antropológicas em Medicina e Saúde e de Educação Aplicada às Novas 
Tecnologias, Mídias Interativas e Estudos Étnico-Raciais do CERES Caicó,
 o evento consta de comunicações orais, pôsteres, conferências de 
abertura e encerramento, além de palestras e debates.

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
08:35

Um dos líderes do acampamento que está em frente ao Congresso Nacional e que defende a deposição do governo e a “intervenção popular”, Felipe Porto, afirmou nesta quinta-feira (19) que não há chances de o movimento deixar o local de forma pacífica.

“Vamos resistir. Estamos armados e se houver isso [retirada] vai ter uma carnificina aqui”, afirmou.

No gramado em frente ao Congresso há pelo menos quatro grupos distintos acampados, a maioria pedindo a saída da presidente Dilma Rousseff.

O grupo a que Felipe pertence, denominado “Ocupa Brasília”, é composto majoritariamente por ex-militares e ex-policiais. Por isso, afirmam, estão armados legalmente.

Não há reforço policial no momento. O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), está reunido neste momento com os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para tentar articular a retirada de todos os acampamentos.

Na quarta-feira (18), foi registrado conflito na área entre membros do grupo de manifestantes militares e integrantes da Marcha das Mulheres Negras. Um manifestante pró-golpe deu tiros e dois manifestantes foram presos.

Porto diz que o objetivo do grupo é fazer uma “deposição total dos Três Poderes”. “Não defendemos a intervenção militar, e sim a intervenção popular”, afirmou. Questionado sobre como funcionaria essa deposição, Porto disse que com o apoio do Exército.

O grupo de Porto é o mesmo responsável pela manifestação de domingo, dia 15 de novembro, para “defender a pátria”. O protesto, entretanto, teve baixa adesão.

Porto disse que apesar de poucos adeptos o grupo tem condições de “chamar reforço armado” caso haja confronto. “O cenário de guerra está armado”, ameaçou.

Publicado por: Chico Gregorio


20/11/2015
08:30

Conselho Tutelar

O prefeito Júnior de Janúncio se reuniu na manhã desta quinta-feira (19) com os cinco conselheiros tutelares eleitos para o mandato 2016-2019 em Florânia.

 

De acordo com Junior de Januncio, a atuação dos conselheiros é importante para garantir os direitos das crianças e dos adolescentes. “Os conselheiros são parte fundamental da garantia de direitos a crianças e adolescentes, e somam seus esforços aos da gestão municipal, que tem apostado na educação como forma de garantir o futuro de nossas crianças”, afirmou o prefeito.

Blog Tonny  Washington

Publicado por: Chico Gregorio