22/11/2015
15:42

O Cariri continua sendo abençoado por Deus. No início da noite desta terça-feira (18), choveu em várias cidades da região e em alguns municípios, o índice pluviométrico foi tão satisfatório que barragens sangraram trazendo alegria e esperança para os caririzeiros.
Foi o que aconteceu na cidade de Gurjão, onde choveu cerca de 40 milímetros. Quem passa pelas margens da PB 176, que corta a cidade, poderá ver a beleza de um reservatório sangrar. A barragem é de propriedade do ex-prefeito Martinho Cândido e estava completamente seca.
 Um levantamento da milimetragem nas cidades do Cariri em Santo André foram 23,9 mm, em São José dos Cordeiros 23,8
em Serra Branca 21,4 mm, em Sumé 19,9 mm, Taperoá 18,2 mm, em Parari: 17,1 mm e em São João do Tigre 7,5 mm.
As chuvas amenizaram a seca e renovaram a esperança do povo caririzeiro. A previsão é que continue chovendo nas próximas 48 horas e a expectativa é que o período de cheia se prolongue para que o abastecimento seja garantido. De acordo com o gerente do Centro Estadual de Monitoramento Ambiental da Agência Executiva da Gestão de Águas do Estado da Paraíba (Aesa), Alexandre Magno,  o Açude de Boqueirão pode receber água dos reservatórios que foram recarregados, inclusive do Rio Paraíba.
Com as chuvas o Açude Campos localizado em Caraúbas também recebeu 2 milhões de metros cúbicos de água, garantindo o abastecimento da cidade por um ano e a Cagepa  vai religar o sistema local de abastecimento. Já em São Sebastião do Umbuzeiro choveu quase 60 milímetros, fato que proporcionou um aumento no nível Açude do Congo que tem uma parte de sua extensão está localizada em SSU.

Publicado por: Chico Gregorio


22/11/2015
15:32

Entregadascasas20151009

Na tarde dessa sexta-feira (20), a população compareceu em massa à solenidade de entrega das 40 casas do programa Minha Casa, Minha Vida, em Ouro Branco-RN.

O novo conjunto habitacional foi nomeado de José Pereira Filho (in memorian), que foi tabelião e figura de respeito na cidade. No início da solenidade, foi lida a sua biografia e feita uma homenagem.

Após a execução do Hino Nacional, a família de José Pereira Filho recebeu uma homenagem das mãos da prefeita Drª Fátima, que exaltou a figura do mesmo para a história de Ouro Branco. Jackson Pereira, em nome da família, agradeceu o gesto, e disse que toda a família estava honrada pela bela homenagem.

Uma das famílias beneficiadas também prestou homenagem à prefeita Drª Fátima, pelo empenho em garantir a execução da obra.

Drª Fátima também recebeu homenagem

Publicado por: Chico Gregorio


22/11/2015
15:11



Na noite de  do dia 20, sexta-feira , a Prefeitura Municipal de Serra Negra do Norte, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo e em parceria com o SENAI/RN e o SENAR/RN, promoveu a solenidade de entrega de certificados aos concluintes dos Cursos de Artesanato em Biscuit, de Artesanato em Bordado Rústico, de Artesanato em Pintura de Tecido, de Casqueamento em Bovinos, de Confeiteiro, de Fabricação Caseira de Doces com Frutas, de Pedreiro em Alvenaria, de Prevenção e Combate a Incêndio e de Saúde Reprodutiva da Mulher. O evento aconteceu na Casa de Cultura Popular Oswaldo Lamartine de Faria e contou com a presença do Prefeito Alysson Moisés, de representantes do Grupo S e de demais autoridades.

Publicado por: Chico Gregorio


22/11/2015
15:06


 No dia ( 20 ) sexta-feira,  a Prefeitura Municipal de Serra Negra do Norte, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou mobilizações durante todo o dia na indústria, no comércio e no setor público sobre o Novembro Azul, mês de conscientização mundial sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata, com o tema “Quem procura cura”.

Pela manhã, foi realizada uma atividade educativa e feita coleta de sangue para exames com o Grupo de Idosos Ativa Idade e, à noite, o Dia D culminou com uma palestra promovida no Auditório Dr. Romildo Batista de Faria, ministrada pela equipe da Rede Saúde do Homem, da Liga Norte Riograndense Contra o Câncer.

Publicado por: Chico Gregorio


22/11/2015
14:54

O Ministério Público Federal, por meio de suas sedes estaduais, promete desencadear ações contra 32 deputados federais e oito senadores que aparecem nos registros oficiais como sócios de emissoras de rádio ou TV pelo país. É o que informa neste domingo (22) o jornal Folha de São Paulo.

Entre os alvos da iniciativa inédita -lançada com aval do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e coautoria do Coletivo Intervozes-, estão alguns dos mais influentes políticos do país, como os senadores Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, Edison Lobão (PMDB-MA), José Agripino Maia (DEM-RN), Fernando Collor de Mello (PTB-AL), Jader Barbalho (PMDB-PA) e Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Na Câmara, devem ser citados deputados como Sarney Filho (PV-MA), Elcione Barbalho (PMDB-PA), ex-mulher de Jader, Rodrigo de Castro (PSDB-MG) e Rubens Bueno (PR), líder do PPS na Casa.

No Ministério das Comunicações, todos eles constam como sócios de emissoras. Baseado em dispositivo da Constituição que proíbe congressista de “firmar ou manter contrato com empresa concessionária de serviço público” (Art. 54), a Procuradoria pedirá suspensão das concessões e condenação que obrigue a União a licitar novamente o serviço e se abster de dar novas outorgas aos citados.

No total, os 40 parlamentares radiodifusores aparecem como sócios de 93 emissoras. A primeira leva de ações foi protocolada em São Paulo na quinta-feira (19) contra veículos associados aos deputados Antônio Bulhões (PRB), titular de concessões de rádios em Santos, Gravataí (RS), Olinda (PE) e Salvador; Beto Mansur (PRB), com rádios em Santos e São Vicente; e Baleia Rossi (PMDB), vinculado a duas rádios no interior paulista. (Folha de São Paulo).

Publicado por: Chico Gregorio


22/11/2015
14:47

Confira a  matéria da Tribuna do Norte sobre o assunto.

Da Tribuna do Norte – No ano em que os órgãos públicos adotaram o corte de gastos como mantra, o Tribunal de Justiça (TJRN) e o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) irão gastar, aproximadamente, R$ 22,2 milhões no pagamento do auxílio-moradia aos seus membros. Nos dois órgãos, o benefício é pago em seu valor máximo – R$ 4.377,73 – e tem como finalidade ser uma “ajuda de custo para fins de moradia” nas localidades em que não houver residência oficial à disposição dos juízes, desembargadores, promotores e procuradores de Justiça. Em outubro, com o auxílio-moradia, o TJRN gastou R$ 879.923,73. No Ministério Público estadual, foram pagos  R$ 971 mil. Para 2016, a expectativa é de que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) inicie o mesmo tipo de pagamento e os membros da Procuradoria Geral do Estado (PGE) também requeiram o benefício.

Somados todos os benefícios, o TJRN e o Ministério Público estadual vão gastar, este ano, acima de R$ 91 milhões com a rubrica “indenizações”. Os ganhos incluídos dessa forma nos vencimentos dos magistrados, promotores e procuradores não entram no cálculo para o teto remuneratório constitucional e na declaração de Imposto de Renda. A vantagem é dupla: somente em outubro, um desembargador recebeu líquido, como “indenizações”, R$ 7.406,00. O valor corresponde a aproximadamente um quarto do salário bruto mensal que lhe foi pago e que terá descontos do imposto de renda: R$ 30.471,11.

No TJRN, 96,63% dos juízes e desembargadores recebem o auxílio-moradia e têm direito a outros seis tipos de benefícios. Na ativa, existem atualmente 208 magistrados no Rio Grande do Norte. Destes, apenas sete não solicitaram o pagamento do auxílio-moradia, mas percebem outros benefícios que acabam por complementar a remuneração mensal. Em nota enviada à TRIBUNA DO NORTE, a assessoria de imprensa do TJRN esclareceu que são pagos três tipos de auxílios aos servidores e magistrados. O alimentação, que é comum a magistrados e servidores ativos; o moradia, restrito aos juízes e desembargadores; e o auxílio-saúde, pago aos servidores ativos e inativos. Por mês, cada um deles recebe R$ 1.200,00 pelo auxílio alimentação; os que tem direito ao auxílio-moradia recebem R$ 4.377,73; e os que tem direito ao auxílio-saúde  R$ 120,00. 

Dos 234 integrantes (promotores e procuradores) do Ministério Público Estadual ativos,  94,87% recebem o auxílio-moradia. Uma dúzia não entrou com processo administrativo para ter o benefício concedido. No mês passado, o gasto com o pagamento do referido auxílio foi de R$ 971 mil. O valor é pouco menos da metade do que foi pago em indenizações diversas no mesmo mês – R$ 2.351.714,08. Caso todas as vagas de promotores criadas em lei estivessem ocupadas, o custo seria ainda maior. A vacância atual é de 23 cargos, cujo preenchimento está impedido de ocorrer como consequência dos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Publicado por: Chico Gregorio


22/11/2015
14:44

Do Portal Agora RN – O PMDB, partido presidido no Rio Grande do Norte pelo ministro do Turismo, Henrique Alves, deverá aprovar a indicação da vereadora Júlia Arruda (PSB), prima da mulher de Henrique, a jornalista Laurita Arruda (PMDB), para vice na chapa do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) na campanha de reeleição em 2016.

image

Jovem e simpática, Júlia está no segundo mandato na Câmara Municipal de Natal e é filha do ex-deputado estadual Leonardo Arruda Câmara e sobrinha do jornalista Cassiano Arruda Câmara. Ela é filiada ao PSB, partido da atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria.

O nome de Júlia tem crescido nas articulações políticas em torno da formação da chapa de Carlos Eduardo Alves. Além de suavizar o palanque por ser uma mulher, Júlia é tida como uma peça-chave na montagem do quebra-cabeça da sucessão carlista.

Isso porque a indicação do vice de Carlos Eduardo passará necessariamente pela aquiescência do PMDB. Acordo firmado pelo prefeito na eleição de 2014 oferece ao PMDB a primazia da indicação do seu vice. Contudo, a falta de nomes próprios no PMDB credenciados para assumir a condição de vice deverá resultar numa solução não-partidária para a aliança, e sim familiar.

Tudo porque Júlia, em que pese não pertencer ao PMDB, é prima legítima da esposa do presidente estadual do PMDB, a jornalista Laurita Arruda Câmara. “Portanto, uma solução de cunho familiar”, aponta uma raposa da política potiguar.

No PMDB, o assunto ainda é tratado sob reservas. O diretório em Natal vive um clima de conflagração tácita, devido o deputado estadual Hermano Morais ser contra tal arranjo no partido. Hermano, que disputou a eleição de prefeito em 2012, defende que o PMDB lance candidato próprio.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
11:59

Da Folha de São Paulo – O empresário Jorge Paulo Lemann, 76, criticou a polarização política no Brasil por travar o progresso do país e defendeu o diálogo entre os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso.
Principal acionista da AB InBev e homem mais rico do Brasil, com um patrimônio de R$ 83,7 bilhões segundo a revista “Forbes”, o empresário conversou com a Folha em evento organizado pela Fundação Lemann, cujo conselho ele preside, na Universidade Columbia, em Nova York, nesta sexta-feira (20).

IMG_5994-0
“O pessoal não se entende. Até Fernando Henrique e Lula. Eles foram amigos, já trabalharam juntos e aí ficou nessa ciumeira de o Lula querer ser Fernando Henrique e Fernando Henrique querer ser Lula”, disse.
“Tem de se unir por algumas coisas, [dizer:] vamos conversar que é importante”, avaliou o empresário.
Em meio a essa polarização, “o PMDB fica ali no meio”, observou. “Acho que o PMDB vai saltar fora desse governo daqui a pouco. Aí que as coisas vão acontecer.”
Lemann ponderou que discursos idealistas tampouco ajudam a construir soluções práticas. “Está cheio de gente no Brasil que acha que igualdade é uma beleza. Eu acho igualdade uma beleza também, só que não funciona. Igualdade de oportunidade, isso sim. Agora, igualdade por igualdade… As pessoas não são iguais.”
Em discurso no evento, o empresário afirmou que “incomoda que, no Brasil, as pessoas sejam tão preocupadas sobre ser de direita e ser de esquerda”. “Poucos falam sobre o que deveria ser feito, sobre o que é prático e o que pode ajudar o país”, criticou.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
11:50

Por Allan Darlyson

Ex-vereador pretende concorrer à Prefeitura de Natal  (Foto: Wellington Rocha)
Ex-vereado (Foto: Wellington Rocha)

O ex-presidente da Câmara Municipal de Natal, Renato Dantas (sem partido), planeja se candidatar à Prefeitura de Natal nas eleições do próximo ano. Sem pretensões de disputar com chances reais de vitória, ele disse, em entrevista ao portalnoar.com, que sua candidatura será para “esclarecer muitas coisas ao povo de Natal”.

Condenado na Operação Impacto pelo colegiado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Dantas está atualmente inelegível, devido à Lei da Ficha Limpa. Ele disse que buscará uma solução jurídica para concorrer ao pleito, nem que seja por meio de uma liminar. O ex-vereador ressaltou também que a Operação Impacto será assunto da campanha.

“Tenho muita humildade de dizer que não acredito em chances de vitória. Mas quero usar o horário eleitoral e os debates para expor verdades ao povo de Natal, sobre as administrações que passaram, que não enfrentam efetivamente os problemas, e também sobre a operação impacto, que beneficiou um monte de empresários que queriam investir em Parnamirim”, declarou Renato.

Desafeto declarado da família Alves, Renato Dantas, se conseguir viabilizar juridicamente e politicamente a candidatura, será uma pedra no pé do prefeito Carlos Eduardo (PDT), candidato natural à reeleição. “Estou a procura de um partido pelo qual eu possa ser candidato. Irei buscar essa chance”, finalizou o ex-vereador.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
09:28

http://lenilsonazevedo.blog.br/wp-content/uploads/2010/11/bandeiraourobranco.jpg
A cidade de Ouro Branco tornou-se emancipada politicamente, (antes vila pertencente à Jardim do Seridó) em 21 de novembro de 1953, tendo Luiz Basílio como um dos principais mediadores do processo de emancipação política de Ouro Branco, contando com o apoio do então deputado estadual João Guimarães, patrono do projeto de criação do município, que encontrou resistência dentro da Assembleia Legislativa para aprovação do projeto.
Evento:
IIfeipartOB2015
A data será marcada, também, pela realização da II Feira de Empreendedorismo, Inclusão Produtiva e Artesanato de Ouro Branco (FEIPART).
O evento acontecerá na Rua Tenente Manoel Cirilo (Rua de Baixo), a partir das 17h, e contará com exposição e venda de artesanato, comidas, serviços, música ao vivo e palestra sobre ” COMO GERAR RENDA EM CASA E O BENEFÍCIO DE SE FORMALIZAR”.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
09:19

Por 

operacao-lava-jato-arte

Advogados de réus da Lava-Jato aguardam para os próximos dias o resultado da nova sindicância da Polícia Federal sobre escutas encontradas na cela de Alberto Yousseff em Curitiba. Esperam a confirmação de que houve o grampo para tentar anular toda a operação com recursos ao tribunais superiores.

Segundo a coluna de Vera Magalhães (Radar – Veja), os advogados não esperam conseguir empastelar a Lava-Jato, como Marcio Thomaz Bastos fez com a Castelo de Areia, em 2010, mas se darão por satisfeitos se conseguirem macular a investigação e afastar os delegados que conduzem o caso. Para isso, contam com a pressão do PT sobre José Eduardo Cardozo. O partido quer que o ministro, uma vez constatado o grampo, intervenha em Curitiba e troque o comando da PF.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
09:11

O Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Norte fechou o ano de 2013 com R$ 51,4 bilhões. Dados da pesquisa Contas Regionais, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foram divulgados nesta quinta-feira, 19.

O valor teve um crescimento real de 4,4% em relação ao ano anterior, quando o PIB do estado ficou em R$ 48,2 bilhões. Este número coloca o RN como o quinto PIB da região Nordeste e o 18º no Brasil.

O setor de serviços no RN tem uma participação no PIB de 73,4%. A área inclui atividades como a administração pública, comércio e turismo. Já no setor industrial, que representa 23,4%, a construção civil foi o diferencial.

A queda ficou por conta da área de extração mineral, com destaque negativo para o petróleo. Mesmo com a queda, o RN continua como quinto maior produtor do país. Já na indústria de transformação, o mau resultado foi influenciado pela redução nos segmentos têxtil, vestuário e alimentício.

O maior PIB foi o de São Paulo (R$ 1,71 trilhão), seguido por Rio de Janeiro (R$ 626,32 bilhões) e Minas Gerais (R$ 486,96 bilhões). Os menores valores ficaram com três estados da região Norte: Roraima (R$ 9,03 bilhões), Acre (R$ 11,44 bilhões) e Amapá (R$ 12,76 bilhões).

Os cinco maiores estados, São Paulo (32,1%), Rio de Janeiro (11,8%), Minas Gerais (9,2%), Paraná (6,3%) e Rio Grande do Sul (6,2%), concentravam 65,6% do PIB nacional em 2013, quase dois terços da economia do país. Em relação a 2010, em função da acentuada queda de participação de São Paulo (-1,2 ponto percentual), estes estados sofreram uma redução conjunta média de 0,3 ponto percentual (p.p.) de participação.

Os outros 22 estados participaram com 34,4% no PIB brasileiro em 2013, aumento de 0,3 p.p. em relação a 2010. O estado que mais ganhou participação em relação a 2010 foi o Paraná (0,5 p.p.), seguido por Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pará e Mato Grosso, todos com 0,2 p.p. Também ganharam 0,1 p.p. de participação em relação a 2010, Goiás, Pernambuco, Maranhão e Mato Grosso do Sul. Além de São Paulo (-1,2 p.p.), que perde participação a cada ano desde 2010, acompanhando a perda de participação da indústria de transformação, (de 15,0% em 2010 para 12,3% em 2013). Distrito Federal (-0,4 p.p.) e Bahia (-0,2 p.p.) perderam representatividade no PIB nacional.

Os cinco menores PIBs brasileiros são de estados da região Norte: Roraima (em 27º), Acre (26º), Amapá (25º), Tocantins (24º) e Rondônia (23º), representando, em conjunto, 1,7% do PIB brasileiro.

Veja aqui a publicação completa da pesquisa.

Jornal de Fato.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
09:09

Por Magnos Alves – Jornal de Fato

Com 48 casos no Rio Grande do Norte de agosto até hoje, a microcefalia está assustando os norte-rio-grandenses. Mas, afinal, que doença é essa e o que o Zika vírus tem haver com o aumento de casos?

 Nessa entrevista, a neuropediatra Margarida de Pontes, do Hapvida, fala tudo sobre a microcefalia e descarta a necessidade de evitar gravidez por conta do crescimento de casos da doença.

O que é a microcefalia?

Microcefalia e quando a criança tem o diâmetro craniano inferior à média para sua idade e sexo. Considerando uma margem de tolerância, chamada desvio padrão do perímetro cefálico.

O perímetro e diminuído por causa da redução do volume do cérebro.

O que ela acarreta?

A microcefalia pode acarretar retardo no desenvolvimento, atraso intelectual, convulsões e alterações comportamentais. Podendo haver variações da gravidade, de acordo com o grau de comprometimento.

Quais são as causas?

A microcefalia pode ser genética, encontrada em algumas síndromes. Ou secundárias.  Existem causas infecciosas, durante o período de gestação, como rubéola, citomegalovírus, toxoplasmose e outras. Devido à ingesta de álcool ou substâncias químicas pela gestante. Principalmente no primeiro trimestre da gravidez, pode impedir a formação adequada do sistema nervoso.

Como é feito o diagnóstico?

Suspeita-se de microcefalia quando existe um perímetro cefálico baixo ao nascimento ou quando no primeiro ano de vida não ha o desenvolvimento compatível com a idade. Com desproporção do crânio com a face e também fechamento precoce das fontanelas (conhecidas como moleiras).

Deve se então solicitar exames de imagem, tomografia e ressonância de crânio para fechar o diagnóstico.

 Qual o tratamento?

O tratamento varia de acordo com a manifestação clínica. Como, por exemplo, tratar as convulsões, fazer fisioterapia e outros tratamentos de suporte, para o atraso do desenvolvimento neuropsicomotor.

Quais as complicações?

Dependendo da gravidade, podemos ter crianças com comprometimento grave, que podem ser incapacitadas permanentemente.

É possível prevenir a microcefalia?

A melhor forma de prevenção e a realização do pré-natal, se possível, com exames anteriores e orientações específicas, como o calendário de vacinas.

A gestante deve evitar ingestão de álcool, medicações sem orientação médica, uso de fumo e exposição a fatores como radiação.

O Zika vírus está sendo apontando com a causa do aumento de casos no Nordeste, como ele atua para o desencadeamento da microcefalia?

Zika e outras doenças ocasionadas por arbovírus podem estar relacionados ao aumento do numero de casos de microcefalia, uma vez que existe surto dessas doenças e consequente acometimento das gestantes.

Os casais precisam adiar o desejo de gravidez nesse período?

Não é necessário adiar a gravidez. Deve-se fazer a programação do pré-natal e vacinas.

Quais as orientações para quem já está grávida?

Realização do pré-natal adequado e evitar se expor aos fatores de risco.

Que outras precauções devem ser adotadas?

Deve-se adotar as medidas preventivas contra o aedes, mosquito transmissor do Zika, e as gestantes devem evitar exposição, usar roupas compridas, telas e repelentes naturais, evitando assim a doença durante a gravidez com o risco de microcefalia.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
09:05

Do ICEM CARAÚBAS

Um pescador de 110 anos ainda resiste ao tempo e a idade avançada, para manter viva a tradição de fazer tarrafas (redes de pescas) de forma artesanal.

João Inácio de Almeida, nasceu em 20 de maio de 1905, no município de Marcelino Vieira, mas atualmente vive em Caraúbas, na região Oeste do Estado.

O pescador trabalhou por 10 anos em Mato Grosso, onde teve 7 filhos. Após o falecimento da sua esposa, em 1998, João Inácio retornou para o Rio Grande do Norte, onde reside com uma filha no bairro Leandro Bezerra, em Caraúbas.

Ao longo décadas, desenvolveu uma técnica de fabricar e comercializar redes de pesca, que resiste até hoje. Mesmo com a idade avançada, e apesar de se tratar de um trabalho complexo, João não perdeu a perfeição e o talento.

Ele revelou ao blog Icém Caraúbas, que o que mais o admira em seu trabalho é visão apurada para tecer tantos nós de idas e voltas na linha.

Ele também revelou que ainda é muito elegante e charmoso, e que as moças o acham muito lindo. Pessoas mais próximas a João dizem que ele é tímido não é de puxar muito assunto.

Muitas pessoas da cidade visitam para admirar seu trabalho. Deitado em uma rede na sala da casa, ele chama a curiosidade de quem passa pelo local.

João Inácio tem 7 filhos, 17 netos, 25 bisnetos e 3 tataranetos.

Publicado por: Chico Gregorio


21/11/2015
09:03

O Sine-RN oferece nesta sexta-feira (20), mais de 238 oportunidades de emprego em Natal e Grande Natal e Mossoró e Região. A oferta engloba vagas permanentes e temporárias.

Para concorrer às vagas, os candidatos devem se cadastrar via Internet no Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego no endereço maisemprego.mte.gov.br ou na unidade do Sine Matriz Cidade da Esperança, localizada na Rua Adolfo Gordo, s/n, Cidade da Esperança – Natal-RN no prédio da Central do Trabalhador no horário de 8h as 16h ou em qualquer agência do Sine nas centrais do cidadão de Natal e interior do Estado.

Os interessados  que não tem cadastro e acesso ao Portal Mais Emprego, podem comparecer as Agências do SINE, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG),Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência.

O atendimento é de acordo com os horários das centrais do cidadão e no SINE Matriz Cidade da Esperança no prédio da Central do Trabalhador, das 8h às 16h.

Publicado por: Chico Gregorio