23/04/2016
08:26

15175542

Um laudo da Polícia Federal afirma que a empreiteira Andrade Gutierrez fez pagamentos para uma empresa de fachada, que pertence a um suspeito de operar pagamentos de propina, dentro de contas contábeis de contratos da construtora com o governo de São Paulo, como o Rodoanel e o Metrô.

A análise aborda a contabilidade da construtora e foi anexada a um inquérito da Operação Lava Jato nesta semana.

De acordo com o laudo, a Andrade Gutierrez fez uma série de pagamentos para a empresa Legend, do empresário Adir Assad, que ficou preso em 2015 e já foi condenado sob a acusação de operar propinas na Petrobras.

Os peritos mostram em uma tabela que foram pagos pela empreiteira à Legend R$ 7,4 milhões dentro de uma conta contábil usada pela construtora para gerir os seus gastos na construção da Linha 2-verde do Metrô de São Paulo. Outros R$ 1,08 milhão foram pagos à Legend na central de custos do Rodoanel, em 2009. Na época, o governador do Estado era José Serra (PSDB).

As informações foram antecipadas pelo jornal “O Estado de S.Paulo”.

Além dessas obras, também há pagamentos no mesmo modelo feitos em projetos do governo federal, como a hidrelétrica de Belo Monte e a expansão do Trensurb, rede de trens da região metropolitana de Porto Alegre.

O laudo não traz, porém, nenhuma conclusão sobre a motivação desses pagamentos.

Por:  – Folha de S. Paulo

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
18:04

Por Antonio C. Senkovski

A produção de carne bovina no Brasil aumentou 45% nos últimos 15 anos, divulgou nesta sexta-feira (22) o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Em 2015, um total de 9,2 milhões de toneladas do alimento foram comercializadas no país. Em 2000, o balanço havia fechado em 6,3 milhões de toneladas.

Em relação ao número de cabeças de gado no país, o incremento do rebanho no mesmo período foi de 25%. Enquanto em 2000 havia 171 milhões de cabeças, em 2015 o número fechou em 214 milhões. Conforme o Mapa, trata-se do maior rebanho comercial bovino do mundo, com cerca de 75% do total para o consumo interno e o restante exportação

 

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
13:22

felipe maiaPara a procuradoria, há indícios de pagamento de propina ao senador, uma vez foram identificadas operações suspeitas de lavagem de dinheiro na época de campanhas eleitorais, em 2010 e 2014.

“Isso, igualmente, indica que os pedidos de doações eleitorais feitos pelo parlamentar à OAS, prontamente atendidos, podem constituir, na verdade, solicitações e repasses de propina, de forma dissimulada”, completa a procuradoria.

Relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) apontou depósitos fragmentados e movimentação atípica. Em outubro de 2010, por exemplo, foram efetuados, no caixa, seis depósitos em espécie no valor de R$ 9.900 cada, totalizando R$ 59,4 mil, além de outros 44 depósitos em envelope no caixa eletrônico, cada um com R$ 2.500, totalizando R$ 110 mil.

Segundo o Coaf, tais operações sugerem “tentativa de burla dos mecanismos de controle e tentativa de ocultação da identidade do depositante.”

Segundo dados oficiais, o deputado Felipe Maia gostou em 2014, R$ 1,972 Milhões de Reiais, estranho alguns depósitos segundo denúncia foram feitos em caixas eletrônicos  de  agências bancárias em espécie, mesmo nos

dias atuais, com facilidades das transferências entre bancos.

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
13:06

O STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do presidente do DEM, senador José Agripino Maia (RN), do deputado Felipe Maia (DEM-RN), seu filho, e de mais 14 pessoas em inquérito que investiga um “complexo” esquema de corrupção e lavagem de dinheiro.

A decisão é do ministro Luís Roberto Barroso, que atendeu a pedido da Procuradoria-Geral da República. Além dos dois políticos e empresas ligadas a eles, a medida atinge ainda outros familiares do senador, assessores, como seu motorista e chefe de gabinete, e servidores públicos. Os sigilos serão afastados entre 2010 e 2015.

Agripino é alvo de um inquérito que apura se o parlamentar negociou o pagamento de propina da empreiteira OAS durante a construção da Arena das Dunas, estádio em Natal usado na Copa do Mundo de 2014.

Para a Procuradoria, há indícios de pagamento de propina ao senador, uma vez foram identificadas operações suspeitas de lavagem de dinheiro na época de campanhas eleitorais, em 2010 e 2014.

“Isso, igualmente, indica que os pedidos de doações eleitorais feitos pelo parlamentar à OAS, prontamente atendidos, podem constituir, na verdade, solicitações e repasses de propina, de forma dissimulada”, completa o procurador.

Relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) apontou depósitos fragmentados e movimentação atípica. Em outubro de 2010, por exemplo, foram efetuados, no caixa, seis depósitos em espécie no valor de R$ 9,9 mil cada, totalizando R$ 59,4 mil, além de outros 44 depósitos em envelope no caixa eletrônico, cada um com R$ 2,5 mil, totalizando R$ 110 mil.

Segundo o Coaf, tais operações sugerem “tentativa de burla dos mecanismos de controle e tentativa de ocultação da identidade do depositante.”

Ao STF, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que as investigações revelam um “complexo esquema de recebimento de valores ilícitos para várias pessoas, mediante a utilização de diversas empresas, com a finalidade de ocultar a origem e o destino final dos recursos envolvidos”.

Segundo Janot, a quebra é essencial para “para desvendar as particularidades das estratégias de lavagem de dinheiro possivelmente adotadas pelo senador”.

A Procuradoria afirmou ao STF que informações prestadas pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), pelo Tribunal de Contas da União e pelo Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte “evidenciam” que a obra do estádio, entre 2011 e 2014, passou por diversos entraves perante os órgãos de controle externo e o próprio agente público financiador, o que corrobora a suspeita de que o senador efetivamente atuou no sentido de agir nos bastidores para superar tais dificuldades, conforme diálogo por ele mantido com Léo Pinheiro, dono da OAS, diretamente interessado no assunto.

Em sua decisão, o ministro do STF afirmou que os elementos apresentados por Janot apontam “para a presença de indícios de condutas que, aparentemente, se subsumem à descrição de crimes de lavagem de dinheiro”.

“Há nos autos informações de operações financeiras realizadas pelo investigado que consubstanciariam indícios da prática de lavagem de dinheiro. Como explicitado pelo procurador-geral da República, estes elementos, aliados aos demais indícios coletados, recomendam o aprofundamento da investigação com o deferimento da medida requerida”.

Blog do BG:

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
11:04

A confirmação aconteceu em reunião do PR em São Gonçalo do Amarante

O presidente do Partido da República (PR) de São Gonçalo do Amarante, prefeito Jaime Calado, reuniu, nesta quarta-feira, dia 20, lideranças e filiados para discutir o futuro do partido e da cidade nos próximos meses. A ocasião, que aconteceu em São Gonçalo, contou com cerca de cem novas filiações.

O momento mais esperado da noite era a confirmação de Paulinho da Habitação como pré-candidato a prefeito. “Paulinho vai dar continuidade aos nossos projetos, e, com ajuda dos nossos vereadores, vai fazer São Gonçalo crescer ainda mais”, observou Jaime ressaltando: “Em todas as pesquisas internas realizadas, Paulinho está liderando, com folga, os números. É por isso, e, principalmente, pelos trabalhos prestados que temos, que conto com vocês – se referindo as lideranças e filiados – para defendermos esse novo projeto”.

Paulinho da Habitação, como é conhecido, destacou seus serviços prestados no município como secretário de Finança e Habitação, e no Estado como secretário do governo do saudoso ex-governador Iberê Ferreira. O pré-candidato ainda ressaltou a honra de ter sido escolhido por Jaime para ser seu sucessor.

“Vamos, juntos, planejar um excelente ‘Programa de Governo’ para quando chegar a convenção, estarmos preparados e com as melhores propostas. Vamos mostrar o que o nosso líder maior tanto fez, e vamos mostrar que o próximo Governo é de continuidade da administração do maior prefeito de São Gonçalo”, disse Paulinho finalizando: “Peço ajuda de vocês para algumas ações dentro do que nos permite a justiça eleitoral nessa fase de campanha intrapartidária”.

A deputada federal Zenaide Maia (PR) também esteve presente, assim como os vereadores Mendes (presente da Câmara – PMB), Valban (PV), Adelson Martins (PV), Arlete Paiva (PR), Valda Siqueira (PR), Valleska Rayure (PR) e Chanxe Dantas (PRB), além de vários representantes de partidos.

Blog do BG:

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
10:52

Cerca de 1.250 refeições no sabor da gastronomia do sertão potiguar serão servidas diariamente pelo Restaurante Universitário do Hospital Universitário Ana Bezerra (RU-HUAB), primeiro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no interior do estado.

Ao valorizar a conquista do alunado, a presidente do Diretório Central dos Estudantes do Campus Santa Cruz, Larisse Bezerra Santos, expressou na última sexta-feira, 20, durante a inauguração, que o diretório continuará lutando por mais melhorias no Campus Santa Cruz. Superintendente do HUAB de Santa Cruz, Claudia Rubin Costa agradeceu aos parceiros e considerou uma quebra de paradigma da assistência estudantil pública na formação superior no interior do Rio Grande do Norte. “Assistência acadêmica é uma necessidade prioritária e saudável”, declarou.

Após ouvir do Diretor da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairí (Facisa), Edvaldo Vasconcelos de Carvalho Filho, sobre a administração compartilhada no Campus Santa Cruz, a reitora frisou que a gestão da instituição trabalha para expandir a universidade no interior.  “Somos parceiros do desenvolvimento econômico e social do estado e por isso, independente de crise trabalhamos diariamente novos projetos para continuar crescendo”, informou Angela Maria Paiva Cruz. “Pedimos mais 40 vagas para Medicina no interior a partir do próximo ano, assim como uma assistência estudantil mais qualificada e uma pós-graduação estratégica para as necessidades regionais”, expôs a reitora.

Participaram, também, da inauguração do RU Santa Cruz, o pró-reitor em exercício de Assistência Estudantil, Paulo Campus, a representante da Prefeita do município e diretora do Hospital Regional Aluízio Bezerra, Maria do Rosário de Carvalho, servidores e estudantes da Facisa e do HUAB, além de representantes da Câmara Municipal e demais setores da sociedade civil do município.

restaurante

 

 

 

Um dos laboratórios para o Curso de Nutrição da Facisa, o primeiro RU do interior é fruto de uma parceria entre o HUAB, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), a Facisa e a UFRN. Ocupa uma área de 541 m2 dentro do hospital e funciona das 6h30 da manhã até às 19h, servindo café, almoço e janta aos usuários da Faculdade e do HUAB.

Sob a coordenação da chefe, Natália Amorim, a equipe dos cinco nutricionistas, quatro cozinheiras, copeiros, auxiliares e técnicos trabalha um cardápio variado baseado na gastronomia regional do sertão potiguar.

O investimento de cerca de 1 milhão de reais é provenientes do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) do governo federal, que financia, também, os auxílios moradia, transporte, óculos, atleta, creche, assistência médica, odontológica e laboratorial, coordenados na UFRN pela Pró-reitoria de Assistência Estudantil (PROAE).

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
10:28

A Polícia Federal elaborou um laudo, anexado nesta semana aos autos da Operação Lava Jato que apuram o envolvimento da empreiteira Andrade Gutierrez no esquema de cartel e corrupção na Petrobrás, com o registro de R$ 292,6 milhões em doações eleitorais e partidárias, entre 2008 e 2014, para 19 partidos, entre eles PT, PSDB, PMDB, PP e PSB, entre outros. São dados oficiais da contabilidade do grupo que servirão para a força-tarefa buscar provas de que propina desviada da estatal irrigou legendas de maneira oficial.

“Tendo em vista que as investigações realizadas no âmbito da Operação Lava Jato indicam que foram utilizadas empresas de prestação de serviços (consultoria, advocacia, engenharia e correlatas) para viabilizar pagamentos indevidos a funcionários da Petrobrás e a agentes públicos, e considerando que pagamentos realizados pela Construtora Andrade Gutierrez a empresas investigadas por lavagem de capitais ou a partidos políticos e a agentes públicos foram contabilizados, primordialmente, em contas contáveis de ‘doações’, ‘aluguéis’ e ‘prestação de serviços por pessoa jurídica’, ‘procedeu-se à compilação dos principais pagamentos realizados através dessas rubricas contábeis”, informa o laudo pericial criminal 10/2016, da PF, em Curitiba.

Executivos da Andrade Gutierrez fecharam acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal. Eles estão relatando o envolvimento do grupo na formação de cartel e em pagamentos de propina a agentes públicos e políticos. Um dos itens é sobre a ocultação de valores por meio de doações eleitorais e partidárias oficiais. Otávio Marques Azevedo, ex-presidente do grupo, apontou o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto como um dos nomes responsável pelas cobranças. O ex-tesoureiro nega as declarações.

Partidos

Na lista de doações da empreiteira Andrade Gutierrez, o PT é o partido que aparece com maior volume de recursos recebidos, R$ 91 milhões – equivalente a 31%. O PSDB é o segundo, com R$ 72,2 milhões (24%), seguido do PMDB, com R$ 63,5 milhões (21%). São dados lançados oficialmente na contabilidade interna. Entre os que mais recebem há ainda o PSB (R$ 20,6 milhões), o PP (R$ 8,6 milhões), DEM (R$ 6,2 milhões) e o PSD (R$ 5,8 milhões). Há também o registro de R$ 2 milhões, nos anos de 2010 e 2014, em nome de “Partido não especificado”.

Fonte: TERRA,

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
10:12

gargalheirasabr2016 O  Chefe do Escritório Local da CAERN, em Acari, Sr. Paulo Alves informou que o abastecimento d’água, através do Gargalheiras, retornará nesta sexta-feira (22).

A equipe da CAERN finalizou nesta quinta-feira (21) todos os reparos na Estação de Tratamento (E.T.). A água, proveniente do Gargalheiras está passando pelos decantadores e será direcionada à cidade no início da manhã. É importante lembrar, que devido a falta de água nos tubos, poderá haver vazamentos nas redes e terminais, assim como as residências, que por ventura estejam com caixas d’água sem boias ou problemas nos “medidores”, estes usuários deverão urgentemente solucionar o problema afim de não desperdiçar o líquido.

Em fase experimental, no primeiro dia, todos os Bairros receberão a água, mas a partir do segundo dia voltará o sistema de rodízio, formatado para funcionar 24 por 72 horas. A cidade é dividida em dois setores, setor 1 e setor 2.

Fonte Nelder Medeiros

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
10:07

MSTS manifestacao SP by Tiago Queiroz Estadao Tiago Queiroz / Estadão

Movimentos sociais como o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e a Frente Povo sem Medo pretendem interromper na próxima semana o fluxo de 30 estradas, em pelo menos dez Estados.

O protesto é contra o impeachment de Dilma Rousseff e a eventual posse de Michel Temer na Presidência da República.

A interrupção, que ainda deve contar com a participação de outros movimentos, está sendo programada para ocorrer até a quarta-feira (27)

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
08:26


Por Allan Darlyson


Questionado sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de retirar a estabilidade de funcionários públicos efetivados sem concurso público no Rio Grande do Norte, o presidente da Assembleia legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), afirmou, em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (20), que irá cumprir todas as determinações judiciais.

Segundo Ezequiel, a Casa ainda não foi ordenada, pela Justiça, a fazer demissões. São cerca de 200 pessoas efetivadas no legislativo estadual entre 1990 e 2002. No momento em que houver determinação da Justiça sobre o assunto, frisou o presidente, será cumprida imediatamente. “Decisão judicial não se questiona, se cumpre”, afirmou o presidente da Assembleia.

Apesar do STF ter retirado da constituição estadual o artigo que regulamentava essas efetivações, a Corte não ordenou as emissões. Em decisão anterior, ordenou ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) que julgue a ação sobre o assunto, que havia sido arquivada. O presidente aguarda uma definição para tomar as medidas estabelecidas pela Justiça.

Presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira, afirma que cumprirá decisões judiciais que forem encaminhadas à Casa (Foto:Alberto Leandro/PortalNoar)
Presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira, afirma que cumprirá decisões judiciais que forem encaminhadas à Casa (Foto:Alberto Leandro/PortalNoar)

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
08:20

Do Notícia ao Minuto – O ex-presidente uruguaio José “Pepe” Mujica afirmou nesta quinta-feira (21) que a direita não vai solucionar a crise no Brasil tirando a presidente Dilma Rousseff.

“A direita pode pensar que magicamente, ao tirar Dilma, consertará a crise. Não podem. Pode consertar a crise em um país sem conciliar o capital com o trabalho? Não, não pode”, disse o uruguaio em Ouro Preto, onde foi homenageado com o Grande Colar, grau máximo da Medalha da Inconfidência.

Ele afirmou ainda que há hoje no Brasil uma ilusão de que a presidente Dilma seria a responsável pela retração econômica quando, na verdade, crises fazem parte do capitalismo e, portanto, são sistêmicas.

“O Brasil se encontra hoje no ponto mais baixo da crise do próprio capitalismo. Este é um problema do sistema, mas quando há dor na sociedade, precisam encontrar em quem colocar a culpa. Vai passar um tempo e o brasileiro vai perceber que nada é tão mal nem tão ruim.”

Mujica também foi questionado se o impeachment da petista pode ser considerado golpe. “Há um ditado popular no Uruguai que diz: não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem.”

Ele defendeu ainda o voto popular e disse que ele jamais deve ser esvaziado. “As pessoas às vezes se tornam loucas, mas ainda assim são elas as que têm o direito de votar porque são as que pagam impostos”, afirmou ele, frisando que ele abordaria o aspecto institucional ou legal do Brasil.

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
08:18

Companhia constante de políticos, uma garota de programa de 36 anos afirmou que contabiliza entre os seus clientes um placar unanimamente favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

De acordo com informações da colunista Eliane Trindade do jornal ‘Folha de S. Paulo’, a mulher, que teve a identidade preservada, disse que sua agenda oscila em temporadas como acompanhante fixa de homens ricos e poderosos na capital da República. “Tenho quatro deputados da atual legislatura entre os meus clientes, de diferentes partidos. Minha bancada é poderosa”, revelou.

Sob condição de sigilo, a acompanhante de luxo exibiu em seu whatsapp as inúmeras mensagens trocadas com um parlamentar do PMDB, dois do PP e um quarto do PR, durante a votação do impeachment e também no dia seguinte. “Todos votaram a favor do impeachment”, conta ela, que foi surpreendida.

Ainda segundo a publicação, a loira recebeu de um parlamentar do Rio de Janeiro um link no qual o nobre deputado aparece dedicando o voto pelo “sim” ao impeachment à família e fazendo uma ode à cidade onde tem sua base eleitoral.

A garota também revelou que entrou no círculo íntimo do poder graças às conexões de uma famosa cafetina e conheceu alguns deputados em uma festa de aniversário, na qual ela era uma das 20 mulheres convidadas para entreter parlamentares do evento.

Publicado por: Chico Gregorio


22/04/2016
08:14

Por: Folha de S.Paulo

Cardoso Pedro Ladeira/Folhapress Pedro Ladeira/Folhapress

O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, usará em defesa da presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment no Senado supostos novos “desvios de poder” que teriam sido feitos pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), durante a votação do último domingo (17) e uma decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos).

Segundo Cardozo, durante a sessão que deu aval à análise do impeachment pelo Senado, Cunha deveria ter advertido ao microfone que os parlamentares não poderiam levar em conta, para seus votos, fatos ligados a Petrobras e Pasadena, conforme decisão do STF.

O advogado-geral também mostrará aos senadores uma decisão da Corte Interamericana segundo a qual parlamentares não podem usar o argumento de “questão fechada” pelos partidos políticos para dar votos em casos como impeachment.

Conforme Cardozo, os deputados deveriam votar “de acordo com sua consciência” e as provas do processo, mas não seguir uma decisão partidária que vale para todos sob pena de punição contra os rebeldes. Cardozo antecipou que voltará a usar no Senado a denominação de “golpe”.

Publicado por: Chico Gregorio


21/04/2016
17:12

Reprodução

O ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, divulgou uma nota para a impressa sobre a retenção de sua CNH durante uma blitz na madrugada desta quinta-feira (21) em Natal. Confira a nota na íntegra:

“Sobre a retenção de minha carteira de habilitação noticiada por alguns veículos de comunicação, tenho a informar que vejo o fato com naturalidade. Fui abordado pelos policiais da blitz de forma educada e respeitosa, como deve ser. Em relação à divulgação de nossa identidades nas redes sociais, reconhecer que faz parte de quem tem imagem pública. Por fim, elogiar esse trabalho que comprovadamente diminui os índices de acidente em nossa cidade”.

O também ex-deputado tem até cinco dias úteis para ir ao Detran reaver o documento.

Publicado por: Chico Gregorio


21/04/2016
16:51

Reprodução/ Google+ Ailton Medeiros

Circula nos grupos do aplicativo de mensagens WhatsApp um áudio em que o jornalista potiguar, Ailton Medeiros, chama o juiz de execução penal, Henrique Baltazar, de fascista. Na gravação o comunicador informa que o magistrado intimidou uma professora de um dos principais colégios particulares de Natal. Confira um trecho da fala:

“Henrique Baltazar está perseguindo uma professora do Marista, intimidando, pedindo a cabeça da professora que ousou dizer em sala de aula que o impeachment é golpe. Lógico que o impeachment do jeito que foi montado é golpe, ele está sendo usado como um golpe e o senhor Henrique Baltazar dos Santos que eu conheço desde garoto tá perseguindo, tá intimidando essa professora”, enfatizou.

Medeiros é atualmente o Coordenador do Livro e Leitura da Fundação José Augusto.

Fonte Agora RN

Publicado por: Chico Gregorio