28/08/2015
16:30

O Centro de Saúde da Universidade Federal Rural do Semi-Árido para a cidade de Assú, previsto para iniciar as atividades com o curso de Medicina, é um sonho cada vez mais real. Nesta quarta-feira, dia 26, a Senadora Fátima Bezerra assegurou a cifra de 5 milhões de reais no orçamento do Ministério da Educação – MEC para começar, já em 2016, a implantação do curso.

A graduação em Medicina chega à Ufersa através do Programa Mais Médicos e do Plano Nacional de Expansão e Interiorização do Ensino Superior. Serão ofertadas 140 vagas distribuídas entre a nova unidade acadêmica da Ufersa, em Assú, e ainda no Câmpus Sede, em Mossoró.

Os preparativos para a implantação do novo curso seguem a todo vapor. O projeto arquitetônico e paisagístico para a construção dos dois Centros já estão finalizados pelos profissionais da Superintendência de Infraestrutura (SIN) da Ufersa e os primeiros servidores do quadro docente já foram empossados na Universidade.

Até que a nova graduação esteja em plena atividade, os professores recém-contratados compõem o Núcleo Estruturante do curso, o que inclui participação em cursos de formação em docência, capacitação pelo Governo Federal e ainda a elaboração do Projeto Pedagógico de Curso.

Mossoró Hoje.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
16:27

Uma operação policial realizada pela Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu, na manhã desta sexta-feira (28), cinco homens que são suspeitos de realizarem arrombamentos a bancos e caixas eletrônicos. Entre os cinco integrantes presos estão pai, dois filhos e um tio. Além deles, foi preso um foragido da justiça.

Foram presos, em cumprimento a mandados de prisão e prisão em flagrante, o pai Raimundo Nonato Martins (57 anos), seus dois filhos Raimundo Nonato Martins Júnior, conhecido por “Juninho ou Pé de Pombo” (23 anos) e Flávio Ferreira Martins, conhecido por “Japona” (35 anos) e Júlio Freire Martins Filho, vulgo “Nen” (53 anos), irmão de Raimundo Nonato Martins.

Também foi preso Alisson Breno Pereira de Lima, conhecido como “Breno do Sal” (23 anos) e o foragido da justiça do RN, Janailson Dionísio da Silva (25 anos).

“Esta associação criminosa já realizou ao menos oito arrombamentos a bancos e caixas eletrônicos em todo o Estado e usavam maçaricos na execução do crime. Uma das técnicas que eles utilizavam para não chamar a atenção era um caminhão frigorífico.

De acordo com a Polícia, eles utilizavam o veículo para levar os artefatos que seriam usados no crime, sem serem percebidos”, detalhou a delegada titular da Deicor, Sheila Freitas.

O grupo criminoso começou a ser monitorado, em abril, pela Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), logo após a Polícia Civil ter apreendido um caminhão que continha objetos que são utilizados para explosão de caixas.

“A investigação iniciou-se pela Deprov, pois tratava-se de um roubo de carga, mas a Deicor deu continuidade, pelo fato de terem sido encontrados artefatos como maçarico, tubo de oxigênio, alavancas e lonas. Dentro do caminhão havia um malote do banco Bradesco de Macaíba, que foi arrombado em 30 de março”, detalhou a delegada Sheila Freitas.

Apreensões – A Polícia Civil apreendeu na casa de Júlio Freire Martins Filho, vulgo “Nen”, duas malas que continham 9 mil  e 500 dólares (em notas de US$100),  frascos de perfumes franceses e relógios de marca. “Todo o material importado apreendido na casa de Júlio será enviado para a Polícia Federal, para que se descubra se houve a prática do crime de descaminho”, relatou a delegada Sheila Freitas.

No apartamento de luxo de Alisson Breno Pereira de Lima, que fica em Ponta Negra, foram apreendidos R$ 4.400,00 e aparelhos celulares.

Na casa de Flávio Ferreira Martins foram apreendidas uma pistola 380 e 50 munições e na casa de Raimundo Nonato Martins, a Polícia apreendeu um revólver 38 e munições. Eles foram detidos em flagrante e responderão pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
16:23

Convidados de última hora para um encontro com a presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira (28), em Fortaleza, ao menos cinco dos nove governadores do Nordeste já declararam apoio à proposta do governo federal para a recriação da CPMF, o imposto sobre transações financeiras.

O Planalto avalia recriar o imposto, agora batizado como CIS (Contribuição Interfederativa da Saúde). A proposta é que a arrecadação seja distribuída entre União, Estados e municípios para financiar a saúde, com alíquota de 0,38% –a mesma que vigorou até 2007, quando a CPMF foi extinta.

Com viagem já agendada para o Ceará nesta sexta, Dilma decidiu reunir os governadores da região para tratar do assunto em um jantar no Palácio da Abolição. Todos os chefes de Executivo da região confirmaram presença.

Já declararam apoio à proposta Camilo Santana (PT-CE), Rui Costa (PT-BA), Ricardo Coutinho (PSB-PB), Robinson Faria (PSD-RN) e Flávio Dino (PC do B-MA) –este último, com ressalvas.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
16:14

Ao vivo, apresentador falou em tom irritado sobre modelo. Internautas dizem que alfinetada foi para Andressa Urach

Ratinho alfineta modelo ao vivo: "Vá para o inferno!". Foto: Divulgação
Ratinho alfineta modelo ao vivo: “Vá para o inferno!”. Foto: Divulgação

Ratinho mandou uma indireta durante o seu programa no SBT, na noite de quinta-feira (27). Ao vivo, o apresentador não citou nomes e falou sem paciência sobre uma “modelo de outra emissora”.

“Fez um monte de sacanagem e agora quer pagar de santa? Ah, vá para o quinto dos infernos!”, disparou o apresentador durante o programa. Logo em seguida, os internautas já especulavam sobre quem Ratinho estaria falando: Andressa Urach.

Dias antes, a modelo foi convidada para uma entrevista no programa do Gugu, na Record, e falou sobre as polêmicas da sua vida que deram origem a biografia “Morri para viver: meu submundo da fama”.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
16:09

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, através das Promotorias de Defesa do Patrimônio Público de Natal, em decorrência de notícias veiculadas na imprensa nos últimos dias referentes à Operação Dama de Espadas, comunica o seguinte:

logo_mprn_imagem_padrao
Ministério Público emite nota de esclarecimento sobre a operação Dama de Espadas

a) A busca e apreensão efetuada na Assembleia Legislativa foi operacionalizada dentro dos limites contidos no mandado expedido pelo Juízo da 8a. Vara Criminal;

b) Os documentos apreendidos são todos de natureza pública;

c) Durante toda a semana, foi efetuada a abertura dos malotes, com a presença dos advogados dos investigados e de servidores da AL/RN;

d) Os documentos que não interessarem à investigação serão devolvidos paulatinamente, sendo que o primeiro lote da AL/RN já será providenciado na data de hoje;

e) A rapidez na devolução do material do Órgão Legislativo só foi possível porque, desde o início, houve pronta colaboração dos gestores e funcionários da AL/RN, postura compatível com a vocação democrática daquela Casa Legislativa e com a transparência que deve nortear o serviço público.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
16:01

Os vereadores de Natal receberam nesta manhã a confirmação de que o Governo do Estado tem previsão de construir ainda neste ano uma nova ponte para desafogar trânsito na Zona Norte da cidade. O assunto foi discutido nesta manhã (28) durante uma audiência pública em que se falou ainda sobre a recuperação da Ponte de Igapó e conclusão dos acessos da ponte Newton Navarro. A audiência foi proposta pela Mesa Diretora e contou com a participação de representantes das Secretarias Municipais de Mobilidade Urbana (STTU) e de Meio Ambiente (Semurb), Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER), Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energias (Cerne), Conselho Regional de Engenharia (CREA), departamento nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Comando do 3º Distrito Naval, vereadores, lidenaças comunitárias e populares.
AUD. PÚBLICA (27)
Confirmada em audiência terceira ponte sobre o Rio Potengi
A Câmara aprovou recentemente um projeto para nova ponte, sugerindo sua construção na Altura do Viaduto do Baldo, orçada em cerca de R$ 1 bilhão, segundo estimativas do governo do Estado. Outra proposta custaria R$ 100 milhões se fosse construída a partir da Avenida Mor Golveia, contudo, o diretor do DER, Caio Múcio Pascal apresentou o projeto de uma ponte partindo do KM 6 na divisa entre Natal e Macaíba passando sobre o Rio Jundiaí-Potengi com 70 metros de extensão. “Custará R$ 17 milhões, mais R$ 23 milhões para readequar a RN 160. Já temos R$ 3 milhões no orçamento deste ano e incluímos R$ 37 milhões no PPA (Plano Plurianual) para 2016. Vai desafogar o trânsito na ponte de Igapó, na BR 406 e estimular o turismo religioso em São Gonçalo do Amarante. Mesmo assim ainda será preciso, futuramente, uma outra ponte sobre o Rio Potengi para a Zona Norte”, explicou.
Para o vereador e primeiro-secretário da Mesa Diretora, Luiz Almir (PV), a proposta é aceitável.  “O que se precisa é de uma nova ponte porque nós temos um dos maiores aeroportos do Brasil e precisamos de acessos. A população da região Norte sofre com a falta de mobilidade nas pontes. Que seja na Mor Golveia, no Viaduto do Baldo ou em Macaíba, mas que beneficie a região Norte. Nós aprovamos nesta casa o projeto e o governador disse em campanha que vai fazer, agora é hora de cobrar”, disse o primeiro-secretário. De acordo com o secretário adjunto de Trânsito de Natal, Walter Pedro, na ponte de Igapó registra-se picos de 78 mil veículos por dia, quando tanto ela quanto a ponte Newton Navarro, que registra 38 mil veículos diariamente, têm capacidade para 60 mil.
O Potiguar.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
15:58

AE – O ex-assessor parlamentar Ivan Vernon, que trabalhou no gabinete do ex-deputado Pedro Corrêa (PP/PE), afirmou em depoimento à Justiça Federal nesta quarta-feira, 26, que após a cassação do ex-parlamentar no Mensalão, em março de 2006, ele passou a usar um e-mail em nome de Nossa Senhora Aparecida Consultoria. Segundo o Ministério Público Federal, a conta era usada para combinar pagamento de propina com o doleiro Alberto Youssef, personagem central da Lava-Jato. Vernon foi interrogado em ação que responde por lavagem de dinheiro, organização criminosa e peculato.

CNg7vaiWgAAbisc
Ex-deputado usava e-mail “Nossa Senhora Aparecida” para combinar propina

Ivan Vernon foi questionado pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz as ações da Lava-Jato, sobre contas de e-mails usadas por Pedro Corrêa. “nsa.c@uol.com.br”, questionou o juiz. “nossasenhoraaparecida.consultoria@uol.com é o e-mail do ex-deputado Pedro Corrêa. Antes, a conta era dep.pedrocorrea@uol.com. Depois da cassação se transformou nesse endereço eletrônico”, afirmou Ivan Vernon.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
08:34

Da Folha:

Lobista que negocia delação indica que entregará a cúpula do PMDB

GABRIEL MASCARENHAS/Brasília

BELA MEGALE/Curitiba


Apontado com operador do PMDB no esquema de corrupção na Petrobras, o lobista Fernando Soares, o Fernando Baiano, indicou para integrantes do Ministério Público Federal que pode entregar informações sobre a suposta participação de três figuras de peso do partido nos desvios de recursos da estatal.
A Folha apurou que ele citou os nomes do presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (RN), e do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ).
O lobista também adiantou que tem como fornecer mais elementos sobre o papel de Nestor Cerveró, ex-diretor da área internacional da Petrobras, no esquema.
Embora não tenha detalhado a atuação de trio peemedebista ou de Cerveró, Baiano adiantou que pode contribuir com informações novas. Essa é a condição imposta pelos investigadores para fechar o acordo, que garantiria ao lobista penas atenuadas pelos crimes que cometeu.
As conversas com Baiano começaram há cerca de um mês, em Curitiba, onde o lobista está preso numa cela da Superintendência da Polícia Federal desde novembro de 2014. Só na última semana, ele teve dois encontros com os procuradores.
Apesar de não ter assinado os termos da delação, o que deve ser feito na próxima semana, o acordo está praticamente fechado, segundo fontes ligadas à Policia Federal e à defesa do lobista.
Os maiores entraves aconteceram devido ao tempo de prisão. A defesa queria que, com a colaboração, Baiano saísse imediatamente da cadeia, mas a Procuradoria não cedeu. O mais provável é que ele saia apenas em novembro.
Baiano também tentou a negociar morar fora do Brasil, já que sua mulher tem cidadania americana. O argumento do operador era que gostaria de reconstruir a vida no exterior com a família. Novamente o Ministério Público vetou o pedido.
Cunha, Renan e Cerveró já são alvo da Lava Jato. Cunha foi denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal) na semana passada por corrupção e lavagem de dinheiro. Cerveró já foi condenado, também por corrupção e lavagem de dinheiro. Renan é alvo de inquérito em curso no STF.
Procurados, Renan e Henrique Alves informaram que não iriam se pronunciar. O advogado de Eduardo Cunha não retornou os contatos feitos pela reportagem. A assessoria do PMBD afirmou que jamais autorizou quem quer que seja a se apresentar como operador da legenda.
Já Edson Ribeiro, advogado de Nestor Cerveró, disse que informações colhidas em delações premiadas de suspeitos presos em Curitiba não têm qualquer credibilidade. De acordo com ele, esses personagens sofrem terror psicológico e só aceitam falar para se verem livres da carceragem da PF.
Questionado sobre a possibilidade de o ex-diretor da Petrobras se tornar delator, Ribeiro disse que “não haverá delação premiada.
Segundo a Folha apurou, no entanto, a defesa de Cerveró preparou um material volumoso, com 25 anexos, e até o filho do ex-diretor vem acompanhando as reuniões com a Procuradoria. Mesmo assim, as conversas não evoluem, já que os procuradores consideram insuficiente o que ele vem relatando.
O executivo comoveu os companheiros da carceragem por passar a madrugada de quinta ( 27) chorando ao receber a notícia de que sua negociação não estava indo bem. Cerveró recebe todas as semanas a assistência de um psiquiatra

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
08:29

PEC beneficia 4.965 tabeliães e oficiais de registro que ingressaram no Poder Judiciário antes da constituição de 1988. A proposta tramitava na Câmara desde 2005

 

O Plenário da Câmara aprovou, por 333 votos a favor, 133 contra e 6 abstenções, a PEC dos Cartórios (471/05), do deputado João Campos (PSDB-GO). A medida torna titulares os substitutos ou responsáveis por cartórios de notas ou de registro.

Desde 1988, a Constituição exige o preenchimento das vagas de tabelião e oficial de registro nos cartórios por meio de concurso público. Entretanto, apenas em 1994 a Lei 8.935/94 regulamentou a prestação desses serviços e disciplinou os requisitos para participar dos concursos.

Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), existiam até o final do ano passado 4.965 dirigentes de cartórios nesta situação. Pelo fato de tornar titulares quase 5 mil responsáveis pelos cartórios, a proposta foi apelidada por alguns parlamentares como “trem da alegria”.

“É como se transformássemos os nossos assessores de gabinetes em efetivos por uma lei. É isso que se quer com essa PEC. Será um trem da alegria proporcionado pela omissão do poder público e dos tribunais de Justiça e não por mérito dos titulares”, criticou o deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP).

Agência Câmara.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
08:04

 

Os clientes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) que estão com débitos anteriores a março de 2014, poderão negociar com a empresa, recebendo descontos de até 50% nas cobranças de multas regulamentares, dispensa de juros e de acréscimos por impontualidade nos pagamentos à vista.

Os clientes podem ainda optar pelo parcelamento. A companhia divide em até 36 vezes iguais, pagas na própria conta de consumo.

O incentivo tem o objetivo de regularizar o atendimento para quem teve o serviço suspenso por falta de pagamento, evitando assim a inclusão do nome do responsável na lista negativa de crédito (SPC e Serasa).

A CAERN também oferece o atendimento on-line através da Loja Virtual, onde o cliente não precisa se deslocar para receber e solicitar serviços. Para acessar a “Loja” no site da companhia (www.caern.com.br), o cliente necessita do número da matrícula (disponível na conta da Caern) e do CPF.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
07:54

A Escola Agrícola de Jundiaí, Unidade Acadêmica de Ciências Agrárias da UFRN, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC) está com inscrições abertas para cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) na modalidade concomitante nos municípios de Caicó, Touros, São José de Mipibu, Macaíba, Apodi, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e Natal. Inicialmente estão sendo ofertadas 430 vagas.

A parceria entre as Instituições garante a oferta dos cursos técnicos em Meio Ambiente, Agroecologia, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Informática, Eletromecânica, Metalurgia, Mecânica e Edificações, ofertados na forma presencial e a distância.

Para o Secretário de Educação, Prof. Francisco Chagas a promoção de cursos profissionalizantes pelo Pronatec atende a necessidade de melhorar a qualidade educacional da rede estadual e promover a cidadania. “A UFRN tem sido uma grande parceira da SEEC, e essa parceria só vem a somar e proporcionar uma Educação Profissional de qualidade que atenda às demandas locais dos municípios do Rio Grande do Norte”.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
07:49

AE – Parlamentares do PSOL acusaram nesta quinta-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e seus aliados de terem “vedado” a discussão na Casa sobre a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF).

cms-image-000421501

“Criou-se um pacto espúrio de silêncio, inclusive de parte da maioria das lideranças, de omitir o assunto”, concluiu o líder da bancada, deputado Chico Alencar (RJ). O PSOL acredita que Cunha cancelou a sessão de debates nesta quinta para evitar que outros parlamentares viessem à tribuna falar sobre a denúncia e pedir seu afastamento.

Ele cobrou uma explicação em plenário do peemedebista. “Está acontecendo há exatamente uma semana algo grave e inédito neste Parlamento. O procurador-geral apresentou uma denúncia robusta contra o presidente. De maneira inédita, um denunciado não se manifestou minimamente sobre isso no plenário e era obrigação elementar ir à tribuna na primeira vez após a denúncia”, disse Alencar.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
07:47

Congresso em Foco – Quase 40% dos senadores estão sob investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 81 integrantes do Senado, pelo menos 30 respondem a inquéritos ou ações penais na mais alta corte do país. As suspeitas vão de crimes de corrupção, contra a Lei de Licitações e eleitorais até delitos de menor gravidade, como os chamados crimes de opinião. Entre os investigados, 12 são alvos da Operação Lava Jato, como o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente da República Fernando Collor (PTB-AL), único senador denunciado até agora pela Procuradoria-Geral da República.

Supremo tem denúncia contra Renan para julgar há mais de dois anos. Collor está a um passo de virar réu na Lava Jato
Supremo tem denúncia contra Renan para julgar há mais de dois anos. Collor está a um passo de virar réu na Lava Jato

 

Os dados são de levantamento exclusivo da nova edição da Revista Congresso em Foco. Desde agosto de 2013, o senador Ivo Cassol (PP-RO) vive com um pé no Senado e outro no Supremo. Primeiro e único senador condenado à prisão pela mais alta corte do país, Cassol se agarra a recursos para não ter o mesmo destino que seu colega de estado, o ex-deputado Natan Donadon (RO), que saiu da Câmara diretamente para o Complexo Penitenciário da Papuda. O ex- -governador foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão, em regime semiaberto, e ao pagamento de multa de R$ 201 mil, acusado de ter direcionado licitações a empresas de conhecidos entre 1998 e 2002, quando era prefeito de Rolim de Moura (RO). Em setembro de 2014, o Supremo rejeitou as contestações de Cassol.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
07:43

O novo Programa do Leite foi alvo de algumas críticas de parte dos grandes produtores. E há críticas que sinalizam para mudanças positivas. Foi o caso da ação renovada do governo do RN.

O escopo do programa prevê a separação entre 50% do leite a ser fornecido pelos grandes laticínios e os outros 50% pelos membros da agricultura familiar. Porém, na prática, os maiores cartelizavam o mercado, o que fazia com que um dos pilares da política, promover a cadeia leiteira do RN, gerar emprego e renda, perdesse sentido.

Robinson discute com produtores e industriais detalhes das propostas para o Programa do Leite
Robinson discute com produtores e industriais detalhes das propostas para o Programa do Leite

A institucionalização do Programa do Leite em novo molde desagradou os que antes dominavam a venda do produto para o governo. Alias, em determinadas situações, existiam comerciantes que não tinham uma vaca sequer, mas atuavam como atravessadores, cerceando o contato direto do trabalhador com o poder público.

Ataques contra a secretária de assistência social e primeira dama, Julianne Faria, mas principalmente contra o diretor da Emater, Cesar Oliveira, circularam. As duas pastas farão a gestão compartilhada. Porém, de pouco adiantou, já que o programa do leite atende a um antigo pleito de permitir o legítimo ingresso da agricultura familiar, promessa de campanha de Robinson Faria.

Com o novo programa todo mundo vai poder trabalhar e ganhar seu dinheiro. Terá oportunidade para todos. Os que desejam privilégios de mercado perderam.

O  Potiguar.

Publicado por: Chico Gregorio


28/08/2015
07:41

Do Uol – Fernando Rodrigues – O ministro da Saúde, Arthur Chioro, chamou repórteres às pressas no final da tarde desta 5ª feira (27.ago.2015). Queria defender a volta do imposto do cheque para financiar a saúde pública no país. O ministro disse que o SUS só continuará viável com a criação de um imposto similar à antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), extinta em 2007.

“A viabilidade do sistema único de saúde, do sistema público, universal e gratuito, passa por esse debate (da CPMF). E fora disso, é barbárie. Porque entregar os setores mais fragilizados da sociedade simplesmente à regra de mercado, a gente sabe o que vai dar”, disse ele, durante uma conversa com jornalistas. As informações são do repórter do UOL em Brasília André Shalders.

O ministro destacou que a falta de dinheiro na saúde pública tem se agravado desde o fim da CPMF. Chioro estimou que, em 2015, o imposto significaria R$ 80 bilhões a mais para esse setor. Em 2014, União, Estados e municípios gastaram R$ 215 bilhões com a saúde.

“Seria a coisa mais cômoda do mundo para mim, como ministro, dizer ‘o problema é de gestão’. Mas não é só”, disse. “Se nós não enfrentarmos o subfinanciamento, não teremos condições de manter o que temos hoje, e continuar atendendo as necessidades crescentes da sociedade brasileira”, explicou ele.

Publicado por: Chico Gregorio