07/10/2015
14:31

A Coape informa que o quadro é de insegurança dentro de Alcaçuz para o ex governador condenado há mais de 100 anos de prisão por corrupção quando governou o RN.

“A nossa avaliação, devido aos últimos acontecimentos em Alcaçuz, é que o momento não reflete segurança. Nosso pensamento é somente quanto à segurança. Ele é uma figura pública custodiá-lo em um local como Alcaçuz, que ainda veremos o que pode acontecer durante as próximas horas, seria mais um complicador para a gente”, explicou o coordenador da Administração Penitenciária, Durval Franco a Tribuna do Norte.

O motivo da escolha de Apodi é que a unidade é considerada tranquila e tem estrutura nova. Lá, Fernando Freire permanecerá em cela separada dos demais detentos da unidade, informou a Tribuna do Norte.

Acrescentando: “Como é um caso atípico, uma situação nova, de muita repercussão, achamos prudente que se coloque em local separado com os outros. É praxe esse tipo de isolamento no primeiro momento. No decorrer da pena ele deverá ser integrado à comunidade prisional”, disse Durval Franco.

A cela tem um espaço de 12 m², fica próximo do refeitório e longe dos outros pavilhões, além de ter TV por assinatura. “A cela especial é uma cela nova, que foi construída recentemente. Tem ventilador, cama e beliche”, afirmou Márcio Morais, diretor do CDP.

Márcio Morais acrescenta que “O CDP foi construído há seis anos e nunca tivemos uma morte aqui e também nunca tivemos uma rebelião”. Atualmente o CDP de Apodi, que fica a 342 quilômetros de Natal, tem 90 detentos, sendo 80 do regime fechado e 10 do semiaberto.

Mossoró Hoje.

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
14:21

O Governo do Estado vai encaminhar hoje (7) um projeto de lei substitutivo para o pacote fiscal, que tramita na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN). A proposta deve agregar ao plano de mudanças tributárias o aumento de 2% na alíquota do ICMS sobre a comercialização de cigarros e bebidas, saindo de 25% para 27%.

alcool
Governo do Estado propõe aumento de ICMS para bebidas e cigarros
Segundo informações da Secretaria Estadual de Tributação o acréscimo ao ajuste fiscal foi necessário em virtude do aumento da necessidade de recomposição de receitas do Estado e a diminuição no recolhimento do ICMS nos meses de agosto e setembro deste ano, que chegou a 2,5%.

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
14:16

Em assembléia do sintest terminou agora, servidores  técnicos da Universidade
Federal do  Rio Grande do Norte (UFRN)  decidiram voltar ao trabalho nessa quinta-feira
dia 8.  Os servidores estavam em greve  desde   8 de maio deste ano.

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
09:37

 

economizar agua planeta terra

Hoje (05), a Prefeitura Municipal de Serra Negra do Norte, através da Secretaria Municipal de Saneamento, Recursos Hídricos e Abastecimento, iniciou o programa de racionamento, o que provocará falta de água nas residências todas as segundas e quintas-feiras. A medida foi tomada considerando a atual crise hídrica e a previsão de chuvas irregulares para 2016.

Paralelo a isso, está sendo elaborando um decreto para fiscalizar e punir os cidadãos que estiverem desperdiçando a água tratada, tendo como embasamento o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público Estadual.

Também a partir de hoje (05), os carros-pipa que abastecerão a zona rural do município buscarão água na Estação de Tratamento de Água Geraldo Monteiro de Brito, levando em consideração que a CAERN não libera mais o abastecimento em Caicó/RN.

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
09:27

Durante plenária do movimento Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas, nesta terça-feira (6), a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) convidou a população a se unir aos movimentos sociais e ajudar a pressionar o Senado a derrubar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 113/2015, enterrando de vez o financiamento empresarial de campanhas.

“É fundamental a mobilização social em todo o país, estados e municípios, com os olhos votados para o Senado, para que possamos rejeitar a PEC. A chamada Casa Grande, tanto aqui na Câmara como no Senado, que se mantém na política até hoje graças especialmente a expedientes como o financiamento empresarial de campanha, anda inconsolável”, enfatizou Fátima. Segundo a senadora, setores conservadores do Congresso, inconformados com a derrota no último dia 17, quando o Supremo Tribunal Federal considerou inconstitucional o financiamento empresarial, querem agora colocar a possibilidade na Constituição, aprovando a PEC 113/2015.

Fátima defendeu a proposta de financiamento democrático de campanha, de iniciativa da Coalizão, que é uma combinação do financiamento público e de pessoa física com limite. A senadora também elogiou a decisão do STF que, por 8 votos a 3, declarou inconstitucional as doações de pessoas jurídicas às campanhas eleitorais, e parabenizou a presidenta Dilma Rousseff que, em consonância com a decisão do Supremo e da maioria da população brasileira, ao aprovar a Lei 13165/2015, vetou o dispositivo que autorizava o financiamento empresarial de campanha.

Fátima ainda se associou ao manifesto intitulado “ Manifesto ao povo Brasileiro” da Coalizão, que reúne mais de 100 entidades sociais e é coordenado pela Ordem dos Advogados do Brasil e pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que conclama os brasileiros a apoiarem o projeto de Reforma Política Democrática e Eleições Limpas (PL 6316/2013). O manifesto pede também que os parlamentares assinem o pedido de urgência da matéria. “ A nossa luta ainda não acabou! Os políticos que querem ressuscitar o financiamento empresarial precisam saber que a população está atenta e vigilante”, destacou a senadora.

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
09:22

O Globo

O Ministério Público da Suíça confirmou que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi notificado do bloqueio de contas naquele país. Em uma mensagem curta, o MP suíço identifica Cunha apenas por suas iniciais, E.C., e diz que ele foi informado do congelamento dos ativos financeiros. O ministério suíço não quis detalhar quando isso aconteceu, nem quem foi o autor da notificação. Até momento, o presidente da Câmara nega ter contas na Suíça e diz nunca ter sido informado sobre o caso.

O órgão suíço encontrou cerca de US$ 5 milhões em contas controladas pelo presidente da Câmara dos Deputados. No registro das contas, o nome de Cunha, da mulher Cláudia Cruz e de uma de suas filhas aparecem como reais responsáveis pela movimentação financeira. As informações foram repassadas às autoridades brasileiras, que passarão a investigar crime de lavagem de dinheiro.

VICE-PRESIDENTE DO PSDB

Quando os meninos veem um filme de terror e sabem que alguém vai morrer, dizem, fulano é carne morta. Cunha é carne morta. Tomara que leve alguns pesos que serão bem levados — diz o ex-governador de São Paulo, Alberto Goldman, vice-presidente nacional do partido.

Blog do BG:

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
09:20

 

Enaltecido pelos tucanos desde que relatou o processo que mandou para a cadeia a cúpula do PT, o ministro aposentado do STF Joaquim Barbosa veiculou no Twitter um comentário cáustico sobre o PSDB. Disse que a legenda não pode ser levada a sério.

Num lote de três posts, Barbosa começou cutucando os políticos em timbre genérico. Referindo-se ao apreço da tribo pelo financiamento eleitoral privado, escreveu: “Notem o comportamento dos políticos: nossa economia está em frangalhos, mas eles só pensam numa coisa: no dinheiro das empresas!”

Em seguida, sem mencionar o nome do presidente da Câmara, Barbosa espinafrou o tucanato por apoiar Eduardo Cunha. “Contra o presidente de uma das Casas do Congresso há acusações de crimes graves, mas ele é apoiadíssimo pelo PSDB!”

O ex-relator do mensalão arrematou: “Dá para levar essa gente a sério? Não dá, né?”

Suprema ironia: Barbosa escangalha com o PSDB num instante em que o partido começa a se dar conta, com o atraso habitual, de que se aliou ao indefensável na Câmara. Um dia depois de o líder tucano Carlos Sampaio ter renovado o apoio a Cunha, o tucanato fez chegar ao morubixaba da Câmara que começa a, talvez, quem sabe, considerar a situação dele “insustentável”.

Blog do BG:

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
09:16

O ex governador Fernando Freire recebeu alta médica do Hospital São Lucas no início da noite desta terça-feira, 6, e foi levado para o Batalhão do Bope, na zona norte.

Por determinação do juiz da Vara da Execuções Penais, José Arbex, Fernando Freire deve ser levado na manhã desta quarta-feira, 7, para o Complexo penal de Alcaçuz.

Fernando Freire é condenado a mais de 100 anos de prisão por vários tipos de crimes praticados na época que era governador do Rio Grande do Norte.

Mossoró Hoje.

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
09:14

Movimentos sociais e sindicais anunciaram hoje (6), em São Paulo, a criação de uma nova frente de esquerda que vai protestar contra o ajuste fiscal e o conservadorismo e pedir a taxação dos ricos e a urgência das reformas agrária, tributária e urbana. É a Frente Povo Sem Medo, que será lançada na quinta-feira (8) com um ato a partir das 18h no Centro Trasmontano, no centro da capital paulista.

A Frente Povo Sem Medo é constituída por 27 movimentos sociais e sindicais de atuação nacional, além de movimentos regionais, segundo Guilherme Boulos, um dos líderes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). O símbolo da Frente é o mesmo de uma escultura do Memorial da América Latina, em São Paulo: uma mão aberta com o mapa do continente em vermelho, lembrando sangue, concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Em seu manifesto, a Frente Povo Sem Medo declara: “No momento político e econômico que o país tem vivido, se torna urgente a necessidade de o povo intensificar a mobilização nas ruas, avenidas e praças contra esta ofensiva conservadora, o ajuste fiscal antipopular e defendendo uma saída que não onere os mais pobres”.

O documento é assinado por 27 movimentos, entre eles, o MTST, a CUT (Central Única dos Trabalhadores), a CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), a UNE (União Nacional dos Estudantes) e a Intersindical. Povo sem Medo é a segunda frente formada por movimentos de esquerda, depois Frente Brasil Popular, lançada em setembro e constituída por movimentos sociais e sindicais tais como a CUT, a CTB e a UNE, que compõem as duas frentes, além do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e partidos políticos como o PT e PCdoB. Na nova frente, os partidos políticos ficaram de fora, embora ela conte com apoio de diversos parlamentares.

Ambas as frentes também são contra o impeachment da presidenta da República Dilma Rousseff. “A posição da Frente é contra qualquer saída à direita para a crise política no país. Entendemos que o impeachment para a entrada de Michel Temer (vice-presidente) ou para a chamada de novas eleições é uma saída à direita”, disse Guilherme Boulos. A data para a primeira mobilização de rua já está marcada: será no dia 8 de novembro.

Publicado por: Chico Gregorio


07/10/2015
09:10

O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, recorreu hoje (6) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender o julgamento das contas de 2014 do governo da presidenta Dilma Rousseff, previsto para amanhã (7), no Tribunal de Contas da União (TCU).  A ação foi distribuída para o ministro Luiz Fux.

No mandado de segurança impetrado no STF, Adams alega que o tribunal não pode prosseguir com o julgamento sem analisar separadamente o pedido de suspeição do ministro Augusto Nardes.

No pedido de suspeição protocolado ontem (5) no TCU, a AGU pede que Nardes seja afastado da relatoria do processo por ter indicado antecipadamente que votará pela rejeição das contas.

image

Para Luís Inácio Adams, o tribunal deve suspender o julgamento das contas e analisar a suspeição de Nardes separadamenteAntonio Cruz/Agência Brasil

Para o governo, o tribunal deve suspender o julgamento das contas e analisar a suspeição de Nardes separadamente.

“Essa conduta, de deixar de suspender a causa principal sem a instrução adequada para a exceção de suspeição, termina afrontando o Regimento Interno do TCU e o Código de Processo Civil, de aplicação subsidiária aos processos administrativos em curso na corte de Fiscalização, por determinação do próprio regimento interno”, alegou Adams.

Ontem, após tomar conhecimento do pedido de suspeição, o ministro Augusto Nardes repudiou a postura do governo e disse que “não irá se acovardar” diante do que ele classifica de uma tentativa do governo de intimidá-lo.

Em resposta, Adams reiterou que o Regimento Interno do TCU impede que um ministro da corte emita opinião sobre o processo que vai julgar.

Publicado por: Chico Gregorio


05/10/2015
08:36

:

Questionado pelo Tribunal de Contas da União, advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, disse que o relator Augusto Nardes descumpriu o regimento interno do TCU e a Lei Orgânica da Magistratura, que proíbe juízes de manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processos pendentes de julgamento; segundo ele, a AGU reuniu mais de duas mil páginas com declarações do ministro antecipando opinião e voto; Nardes rebate: “O trabalho feito no TCU é coletivo. Só verbalizo o que os técnicos apontam”

Publicado por: Chico Gregorio


05/10/2015
08:24

Votação final:   Votos  Válidos 6.105

Fabinho do Hospital – 700 votos (ELEITO)
Rosangela de Zé Maria – 690 votos (ELEITO)
Keka – 592 votos (ELEITO)
Assis do Paulo VI – 572 votos (ELEITO)
Leonardo Gomes – 558 votos
Nininha – 558 votos
Joel do Walfredo – 501 votos
Messias – 477 votos
Rogério Queiroz – 337 votos
Reginaldo Luiz – 335 votos
Anderson do Walfredo – 178 votos
Romulo Targino – 125 votos
Aninha Félix – 111 votos
Wanessa Andrade  – 91 votos
Charles Rodrigo – 84 votos
Professor Joel – 85 votos
Manu Professor – 57 votos
Claudia – 54

Publicado por: Chico Gregorio


05/10/2015
08:03

Blog do Primo.

Não existe emprego público melhor que ser servidos ou professor da UERN. Eles trabalham trabalham 4 anos e ficam um parado recebendo seus salários e depois ainda recebem um aumento salarial.  Em 2011 eles passaram 106 dias em greve, e agora em 2015 já estão parados 140 dias recebendo em dia seus salários, ou seja 246 dias.

Levando em consideração que um ano tem 240 dias uteis, sem contar com os feriados e as férias, os professores e servidores da UERN só trabalham 4 em 5 anos, 1 ano eles ficam parados em greve e depois ainda recebem um aumento nos seus vencimentos.

Isto é um escárnio com nós contribuintes que pagamos para o Estado, em situação de insolvência, financiar o ensino superior que é uma atribuição do Governo Federal.

Nós, contribuintes potiguares, Estamos pagando para pessoas de outros Estados obterem cursos superior quando o nosso RN não tem recursos para abastecer hospitais públicos, e sem grana para recrutar 7 mil policiais e incorporar as nossas forças de segurança para suprir o deficit nas policias militar, civil e bombeiros, e oferecer ensino básico e médio de qualidade nas escolas da rede estadual.

Um contribuinte potiguar paga para financiar ensino superior para filhos de outros Estado enquanto seu filho estuda numa escola pública do RN sem qualidade de ensino.

O governador, Robinson Faria tem o dever de acabar com isso, ele também deve satisfação a sociedade potiguar que é quem paga por esta UERN. A média salarial da UERN é de R$ 17 mil, tem gente ganhando acima dos R$ 30 mil, e quando se aposentam, nós sofridos contribuintes continuamos pagando. Se Robinson não tomar uma providencia, poderá ser acusado de prevaricar diante dessa situação. Isso tem que ter um basta!!

Sabendo que a UERN custa R$ 300 milhões por ano, foi exatamente o que nós contribuintes gastamos para a turma da UERN ficar em casa, dinheiro que daria para recuperar todas nossas escolas da rede estadual.

Vale lembrar que estudos feitos mostram que a anuidade de um aluno da UERN é mais caro do que em qualquer universidade ou faculdade privada no RN, ou seja, seria mais barato para o Estado pagar bolsas para os alunos oriundos de escolas publicas do RN.

Os  Bispos dom Jaime Vieira da Rocha, e com o bispo dom Mariano Manzana, manifestaram irresponsavelmente  apoio ao movimento grevistas,  eles não sabem que a UERN custa R$ 300 milhões ano ao nosso combalido RN. É muito fácil para os bispos atirarem com a munição alheia. Seria bom que a igreja dos bispos incorporasse a UERN e transformasse numa Universidade Católica para desonerar nosso Estado dessa pesada despesa.

O que o governador, com a classe política,  tem que fazer com os bispos e a sociedade como um todo, é somar esforços  para federalizar esta universidade que funciona 4 anos e fica 1 pagando seus professores e servidores sem fazerem nada.

Espero que os bispos sejam mais responsáveis antes de opinarem sobre este assunto, e querendo podem me excomungar.

Continuarei sendo devoto de Nossa Senhora de Fátima com a mesma fé.

Publicado por: Chico Gregorio


05/10/2015
07:45

Reportagem do Fantástico deste domingo mostrou que durante dezoito dias, um carro da polícia militar do Rio Grande do Norte circulou com um gravador de áudio escondido. Sem saber que estavam sendo gravados, os policiais escancararam a rotina de achaques, tráfico, roubo e tortura. Com  a descoberta do que acontecia na viatura 924 – a viatura do mal – 12 policiais foram presos na operação Novos Rumos, deflagrada nesta semana.

Acessem o vídeo da reportagem: Viatura do Mal .

Blog do BG.

Publicado por: Chico Gregorio


05/10/2015
07:34

Metade da população das grandes cidades brasileiras acredita que “bandido bom é bandido morto”.

Bandido
Metade do país acha que ‘bandido bom é bandido morto’, aponta pesquisa

A constatação aparece em pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, ONG que reúne especialistas em violência urbana do país.

O levantamento foi realizado no final de julho e fará parte do 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que será divulgado nesta semana.

O instituto ouviu 1.307 pessoas em 84 cidades com mais de 100 mil habitantes.

Para a pergunta se bandido bom é bandido morto, 50% disseram concordar, 45% discordaram e o restante não soube responder ou não concorda nem discorda.

Como a margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos, há empate técnico, e a pesquisa indica a sociedade dividida.

Para o sociólogo Renato Sérgio de Lima, vice-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, essa divisão no país é um bom sinal.

“Como o copo está meio cheio e meio vazio, metade da população é contra [à afirmação], e isso pode ser visto com uma janela para a construção de políticas públicas. Há espaço para mudança.”

A mudança prioritária desejada por Lima é no sistema da polícia, que privilegia o enfrentamento a criminosos e o confronto violento.

Esse resultado da pesquisa reforça a sensação de especialistas da área de que a sociedade é tolerante com a matança de suspeitos por policiais —PMs e policiais civis mataram ao menos 3.022 pessoas em 2014 no país.

Publicado por: Chico Gregorio