17/09/2017
08:26

O confronto entre Celtic e Paris Saint-Germain, disputado na terça-feira em Glasgow e que foi válido pela fase de grupos da Liga dos Campeões, continua gerando assunto. Agora foi a vez do zagueiro sueco Mikael Lustig, da equipe escocesa, soltar o verbo contra Neymar.

“Com Neymar aconteceu o de sempre. É um jogador incrível que segue fazendo essas coisas. Faz parte do jogo dele. Ele tenta tirar o zagueiro do controle, mas quero dar a ele um conselho. Se quer chegar ao nível do Messi, deve deixar de fazer tanto teatro”, disse o jogador, segundo o “Mundo Deportivo”.

Neymar já havia sido bastante criticado pela imprensa europeia na quarta-feira por conta da discussão com o jovem jogador do Celtic Anthony Ralston.

Sobre Lustig, ele já havia criticado Neymar em outra ocasião, quando o Celtic enfrentou o Barcelona pela mesma competição. “É o grande ator do futebol mundial. Sempre cai muito rápido, você não pode tocar nele”, disse naquela vez.

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
08:18

O presídio do Róger, em João Pessoa, foi palco de uma rebelião na tarde deste sábado (16).

Segundo informações da administração do presídio, dois presos ficaram feridos com os incidentes;

O motivo do motim foi a descoberta de um túnel na unidade. Agentes penitenciários começaram a serem apedrejados pelos apenados, sendo necessária a força policial para conter o tumulto.

Ambulâncias foram deslocadas para socorrer os feridos e familiares se aglomeram nos arredores da entrada do presídio em busca de informações sobre os presos.

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
08:13

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) esteve neste sábado (16) em São Carlos (SP) para entregar 197 viaturas para batalhões da Polícia Militar e discutiu com o deputado federal Major Olimpio (SD-SP).

A confusão começou durante o discurso do secretário estadual de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

Um grupo com faixas e cartazes se aproximou da tenda onde estavam as autoridades e começou a protestar contra os salários dos servidores públicos estaduais, a morte de policiais e a falta de segurança nas escolas. Nesta semana, um professor de educação física da cidade foi agredido por um aluno.

Com um microfone e uma caixa de som, o deputado federal fez acusações contra Filho e o governador e gritou “Cadê o salário da polícia, secretário?”.

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
08:04

A Carta de Natal, documento síntese do 35º Encontro Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho – Enafit, foi aprovada na manhã dessa sexta-feira (15) em plenária do evento, realizado em Natal (RN). O texto foi apresentado por Virna Dasmasceno, presidente do Encontro, e, em seguida, colocado em discussão.

O documento contempla o contexto das discussões realizadas durante o Encontro, que reafirmaram o repúdio à reforma trabalhista e às medidas de desmantelamento do serviço público, especialmente os cortes no orçamento da Auditoria-Fiscal do Trabalho, que comprometem serviços essenciais prestados à população.

Confira o texto aprovado pelos enafitianos e que serão divulgados pelo Sinait e suas Delegacias Sindicais em todo o País.

 

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
07:58

Do Globo deste domingo:

Rodrigo Telles atua na Procuradoria da República do Rio Grande do Norte, e foi quem fundamentou e encaminhou à justiça o pedido de prisão do ex-deputado Henrique Alves (PMDB).

Via Thaisa.

 

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
07:52

 

A delação do ex-ministro petista Antônio Palocci está indo pras cucuias.

O homem forte de Lula e Dilma pode até ter provas que incriminem os dois ex-presidentes, mas não relatar envolvimento de bancos em operações fraudulentas tem desanimado a força-tarefa da lava-jato que espera novidades de cada delator

Palocxi perde força quando quer falar só sobre Dilma e Lula.

Para isso já está vindo aí a delação da OAS.

Sem falar de bancos, a delação de Palocci torna-se desnecessária.

Via Thaisa.

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
07:45

 

Prestes a assumir a Procuradoria-Geral da República, a subprocuradora-geral Raquel Dodge, escolhida pelo presidente Michel Temer para ocupar o cargo de Rodrigo Janot, já tomou algumas decisões sobre sua gestão na PGR. Para começar, a nova procuradora-geral pretende dar um prazo de 30 dias para a saída da atual equipe da Lava Jato. A informação foi divulgada pela revista Época, que teve acesso à minuta da portaria que ainda será publicada por Dodge após sua posse, na segunda-feira (18).

Pela portaria, os principais nomes da atual equipe terão de formar um gabinete de transição, com duração de 30 dias, para passar as informações à nova equipe. De acordo com informações da reportagem, o atual coordenador do Grupo de Trabalho, o promotor Sérgio Bruno, o promotor Wilton Queiroz e os procuradores Fernando Alencar, Melina Montoya e Rodrigo Telles, atuarão nesse grupo de transição, conforme informações do repórter Aguirre Talento.

Durante sua sabatina no Senado, Raquel Dodge não falou em trocas, mas disse que, se necessário, aumentaria as equipes responsáveis por operações do Ministério Público como a Lava Jato. Publicamente, a nova procuradora-geral havia anunciado que todos os integrantes da equipe comandada por Rodrigo Janot estavam convidados a permanecer na operação. Além disso, afirmou que uma das prioridades de sua gestão seria o combate à corrupção.

Para a nova equipe, Dodge vai nomear oito procuradores. Apenas Maria Clara Barros Noleto e Pedro Jorge do Nascimento fazem parte da atual equipe e permanecerão. Os demais serão Hebert Reis Mesquita, José Alfredo de Paula, José Ricardo Teixeira, Luana Vargas Macedo e Raquel Branquinho.

 

 

Fonte: Congresso em Foco

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
07:40

O Empresário Gilmar da Montana que tem propriedade no município de Macaíba foi alvo ou de uma tentativa de assalto ou até mesmo de um atentado na tarde da ultima sexta-feira quando chegava em sua fazenda.

Elementos dispararam cinco vezes contra o seu veículo, que por ser blindado livrou o empresário de algo pior.

Via BG

Publicado por: Chico Gregorio


17/09/2017
07:38

O Globo

Um dia depois de serem divulgadas novas acusações de Antonio Palocci contra o ex-presidente Lula, o Diretório do PT de Ribeirão Preto (SP) anunciou neste sábado que vai abrir processo para expulsão do ex-ministro dos quadros partidários. O assunto será tratado em uma reunião extraordinária da executiva local na noite da próxima segunda-feira.

A decisão de abrir o processo foi tomada, segundo o presidente do PT de Ribeirão, Fernando Tremura, depois de orientação do Diretório Estadual, que é presidido por Luiz Marinho, um dos principais amigos de Lula na política.

— Convocamos uma reunião extraordinária da executiva que deve determinar que a comissão de ética abra um processo – disse Tremura, que revelou também estar sofrendo cobrança da base partidária para uma punição ao ex-ministro.

 

Publicado por: Chico Gregorio


16/09/2017
11:30

Dados apresentados pelo MPT no caso das facções não podem ser atropelados

Uma polêmica se instalou. O ministério público do trabalho alega que o grupo Guararapes usa as chamadas facções de produção de roupas da região do seridó para se desresponsabilizar pelos trabalhadores. Fez outras constatações e críticas, o que o levou a fixar uma pesada multa de 37 milhões de reais por descumprimento de leis trabalhistas.

A ação do MPT gerou uma pesada reação por parte de grupos empresariais e formadores de opinião no âmbito da comunicação. A ação do MPT estaria, conforme os ditos cujos, criando um ambiente ruim ao investimento no RN e acarretaria na perda de empregos. Pois bem, se há mesmo exageros, então que os números e questões apresentados pelo MPT sejam refutados.

O que não pode é alguém, que considera fazer o correto, dizer: ou o MPT recua ou vou embora e todo mundo correr para apoiar sem debate. Do contrário, a ação do MPT parecerá adequada.

Nota emitida pelo MPT sobre o caso aqui.

Via Daniel Menezes.

Publicado por: Chico Gregorio


16/09/2017
11:27

O Ministério Público e a polícia usam a imprensa com o intuito claro de criar pano de fundo favorável à acusação em processos e para defender projetos de lei absurdamente imorais, aproveitando-se da sanha acusatória que toma conta do país. Com isso, qualquer um que discorde dos órgãos de acusação é taxado como inimigo, cúmplice de bandido e favorável à corrupção.


Hoje em dia é preciso mais coragem para absolver um inocente do que para tirar a liberdade de alguém, critica Sebastião Reis.
César Viegas

A constatação é do ministro Sebastião Reis, do Superior Tribunal de Justiça, que fez duras críticas à omissão das instituições em relação ao que classifica como “vazamentos seletivos” de processos. “Vejo o Ministério Público, que prega e defende a tolerância zero, silenciando quando procedimento sigiloso é tornado público”, afirma.

Leia mais…

Publicado por: Chico Gregorio


16/09/2017
11:23

Resultado de imagem para fotosde claudio santos com garibaldi alves

O desembargador Cláudio Santos criticou neste sábado (16), em São José do Seridó, as ações que ameaçam o emprego na região.

“É inadmissível que o Estado se meta a esse ponto na vida das pessoas, com ideologias atropelando a legalidade. A grande questão a ser enfrentada é esse ponto”, destacou Santos, que enfatizou estar no protesto como cidadão.

Ele ponderou que o Ministério Público do Trabalho tem agido de maneira excessiva na questão que mobilizou os produtores neste sábado.

“Ação com polícia fechando as fábricas como se tratasse de criminosos. Isso é um absurdo”, criticou o magistrado.

Por Dinarte Assunção

Publicado por: Chico Gregorio


16/09/2017
11:02

O baixo nível de água no Rio São Francisco tem dificultado a travessia de balsas, principal meio de ligação entre Barra à Xique-Xique, região de Irecê.

Nessa fase em que se encontra o Rio, está demorando mais que o normal as travessias, pois onde era o porto oficial das balsas, virou apenas ilhas de areia, com isso causando engarrafamentos constantes com longas filas de caminhões, ônibus, carros e motocicletas.

Publicado por: Chico Gregorio


16/09/2017
10:50

Afagos e discursos de unidade se multiplicaram entre os integrantes da frente das oposições durante o evento que comemorou o aniversário do senador José Maranhão (PMDB), na sexta-feira (15), em uma churrascaria na Orla de João Pessoa. O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD), dois virtuais pré-candidatos ao governo do estado em 2018, comentaram sobre o senador e sobre as oposições.

Cássio seguiu a linha do elogio, e afagou a figura política do senador peemedebista. “Maranhão é um nome que sempre será lembrado. O PMDB é um partido forte na Paraíba, mas haverá um tempo certo para definir as candidaturas. O importante é manter a unidade, e o nome de Maranhão é capaz de unir as oposições. Vemos nele, além de Luciano Cartaxo e Romero Rodrigues, uma alternativa de fazer essa unidade na oposição”, afirmou o tucano.

Já Cartaxo focou sua fala na unidade das oposições, que para ele é um ponto forte para vencer as próximas eleições. “[Esse encontro] Celebra um momento importante da união das oposições e não tenho nenhuma dúvida disso. Temos maturidade e equilíbrio de estabelecer essa diálogo permanentemente e de pensar em um projeto a logo prazo para a Paraíba”, avaliou.

Publicado por: Chico Gregorio


16/09/2017
10:39

Adversários e apoiadores do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) trocaram chutes e socos na porta da Universidade Fumec, onde ele dava uma palestra. O tumulto aconteceu na saída do deputado. Os adversários gritavam “machistas, fascistas não passarão”, quando a briga começou.

Publicado por: Chico Gregorio