11/07/2019
07:41

O destaque recebeu 265 votos favoráveis e 184 contrários e mesmo com maioria de votos pela mudança, eram necessários 308 votos favoráveis para aprovação

(Foto: PR | Câmara | ABr)

247 – No texto-base da reforma da Previdência, aprovado nesta quarta-feira (10) pela Câmara dos Deputados, foi rejeitado o destaque que impedia que professores dos ensinos infantil, fundamental, médio e universitário fossem alcançados pela reforma da Previdência.

A medida que alterava a proposta foi o primeiro a ser votado após a aprovação do texto-base. O destaque recebeu 265 votos favoráveis e 184 contrários. Mesmo com maioria de votos pela mudança, eram necessários 308 votos favoráveis para aprovação.

Com isso, o texto aprovado na comissão especial que prevê que as professoras só poderão se aposentar com 57 anos de idade e 25 anos de contribuição; e os professores, com 60 de idade e 25 anos de contribuição, fica mantido.

Para os servidores da rede pública, as regras são as mesmas, com a exigência de ao menos 10 anos de serviço público e 5 no cargo.

Publicado por: Chico Gregorio

0 Comentários

Deixe o seu comentário!