11/12/2018
19:35

Foto: Redes Sociais

O padre Amauri Ribeiro Thomazzi foi o celebrante da missa que terminou com ao menos quatro mortos na Catedral Metropolitana de Campinas , no interior de São Paulo, nesta terça-feira. Um homem ainda não identificado atirou contra os fiéis no fim da celebração, e se suicidou depois. Em seu perfil numa rede social, Thomazzi, muito assutado, gravou um vídeo relatando o que aconteceu.

“Eu rezei a missa de 12h15 e no final uma pessoa entrou atirando e fez algumas vítimas. Ninguém pôde fazer nada, ajudar de forma nenhuma. Mas eu peço apenas que rezem pela pessoa. Ele se matou após essa situação. Rezemos também por aqueles que foram feridos, temos aqui vítimas fatais”.

O padre diz ainda no vídeo que ouviu pelo menos 20 disparos na catedral e que ainda não poderia informar como ficaria a programação da Catedral nos próximos dias. As imagens foram gravadas logo após o atentado, ainda dentro da igreja.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Campinas, depois de atirar, o atirador se matou em frente ao altar da igreja. Antes disso, ele, que ainda não teve a identidade revelada, chegou a ser atingido pela polícia. Ainda conforme informações da corporação, o homem, estava com um pistola e um revólver calibre 38, não portava documentos.

A catedral fica localizada em uma área de grande circulação em Campinas, na região central da cidade. O tiroteio causou correria nas ruas . Quem passava pela região se abrigou em lojas próximas, ainda sem saber o que estava acontecendo.

O Globo

Publicado por: Chico Gregorio

0 Comentários

Deixe o seu comentário!