27/01/2020
16:37

Sergio Moro em participação no Pânico, da Jovem Pan
Sergio Moro em participação no Pânico, da Jovem Pan (Foto: Reprodução)

247 – O ministro da Justiça, Sergio Moro, participou do programa Pânico, na rádio Jovem Pan, na manhã desta segunda-feira (27). Durante a entrevista, Moro respondeu com ironia a uma brincadeira feita por um dos entrevistadores: “agora não pode mais prender jornalista”.

A fala do ministro acontece uma semana após o jornalista do Intercept Glenn Greenwald ser denunciado pelo MPF por suposta “invasão a celulares de autoridades”.

O comentário de Moro veio depois de uma brincadeira do jornalista André Marinho, que imitou a voz do ministro. “Eu não falo assim não hein”, disse. “Espero que você não me dê voz de prisão, ministro”, falou o jornalista.

“Agora tem a Lei de Abuso de Autoridade, não pode mais prender jornalista né?”, respondeu Moro, sorrindo.

Sobre o documentário “Democracia em Vertigem”, de Petra Costa, Moro disse que alguns fatos retratados no filme não correspondem à realidade. “A cineasta é bastante honesta no começo quando ela fala ‘eu sou petista e o Lula é meu herói’. E o filme segue nessa toada”.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
16:12

Com as últimas chuvas na região da bacia do açude público do município de São Fernando, o reservatório que já contava com um bom volume de água ainda provenientes das chuvas de 2019, recebeu mais um bom volume de água agora em janeiro de 2020,  assegurando segundo fontes, quantidade de água suficiente para o abastecimento  da cidade e dos irrigantes por mais um ano e meio, mesmo  se não recebesse mas nenhuma água no restante do período  chuvoso.

Durante todo o ano de 2019, a cidade de São Fernando foi abastecida pelo açude local, deixando a adutora Piranhas abastecendo apenas as cidade de Jardim de Piranhas e Caicó.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
15:47

O governo Fátima Bezerra gastou quase quatro vezes menos com diárias do que seus últimos antecessores Robinson Faria (PSD) e Rosalba Ciarlini (PP). Quando a comparação é feita com a segunda gestão Wilma de Faria (PSB), a queda é ainda maior e mostra que o governo petista reduziu em 4,5 vezes as despesas com viagens de servidores.

Levantamento realizado comparou apenas o primeiro ano de cada governo e utilizou somente os dados públicos disponíveis no Portal da Transparência. Levando em conta o início de cada gestão, só há dados disponíveis a partir de 2007, ou seja, no segundo governo Wilma.

Ao todo, o primeiro ano do governo Fátima, em 2019, registrou gastos de R$ 3,6 milhões com 15.046 diárias. O antecessor da petista, Robinson Faria, gastou R$ 11,2 milhões em 2015 pagando 47.099 diárias. As despesas com viagens no primeiro ano do mandato de Rosalba Ciarlini também foram altas. Ao todo, 60.580 diárias foram autorizadas em 2011 com um custo para o tesouro estadual de R$ 11,5 milhões.

Nenhum governo recente, no entanto, chegou perto da soma paga em diárias pelo governo Wilma de Faria. Foram 111.947 diárias pagas em 2007, com um custo total de R$ 16,5 milhões para os cofres públicos.

Agência Saiba Mais.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
12:38

Resultado de imagem para fotos aereas do carnaval de caico 2019

2020 será mais um grande carnaval. Em Caicó sempre foi realizado grandes carnavais desde muito tempo. Cada época teve o seu modelo e sempre foi sucesso. Por 10 anos uma empresa realizou um grande evento privado que modificou a cara do carnaval, começou no Brisas Balneário, esteve no Iate Clube, na AABB e no Estádio Marizão. Esse evento privado era o responsável pela divulgação do carnaval em outras localidades, e, sempre foi positiva essa divulgação, o sucesso do evento dependia “DO POVO DE FORA” pois a presença de público caicoense sempre foi baixa. Esse ano não terá esse evento privado, evidente que haverá uma redução no público que vinha no intuito desse evento, mas, em nada afetará o carnaval de rua, esse tem brilho e características próprias.

Max Azevêdo.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
12:27

A governadora Fátima Bezerra participou na tarde deste domingo (26), do encerramento das festividades em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira do bairro da Redinha, na zona norte de Natal. Ao lado de centenas de fiéis, a chefe do Executivo Estadual acompanhou a procissão e a missa campal solene celebrada pelo Arcebispo emérito da capital, Dom…

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
12:18

 

bolsonaro moro 1 768x505 - Jogo de chantagens entre Moro e Bolsonaro foi longe demais - Por Fernando Brito

Não adiantam mais declarações formais.

A disputa entre Sérgio Moro – e seu projeto político – e os planos de reeleição de Jair Bolsonaro chegou de vez à “Vila da Direita”, e as coisas já não estão mais como cochichos.

Todos estão acompanhando o que, agora, é claramente um jogo de chantagens.

Bolsonaro preocupa-se com que Moro possa roubar-lhe a condição de “Mito”: alguém que, como foi na Lava Jato, não pode ser criticado, detido ou simplesmente contrariado.

Moro preocupa-se com o “sereno” e com que o deserto para o qual iria possa tirar dele os holofotes que tem há seis anos.

Para usar metáfora do gênero do qual Bolsonaro abusa, a natureza de casamento de conveniência entre ambos passou do nível de suspeita geral para o dos “barracos” nos quais a vizinhança toma partido.

E o partido de Moro, que segue desfilando sua ambição presidencial em saias cada vez mais curtas.

Bolsonaro tem uma imagem pela qual precisa zelar, a do “macho destemido”, e é ela que está sendo atingida pela evidente insubordinação de Moro ao seu comando.

Pior, deixando sugestões de que a sua máquina policial produziu informações sobre os “podres familiares” do presidente, que não faltam e fedem mesmo sob as camadas de cumplicidade em que os buscam enterrar.

A discussão sobre quem frita quem nesta história é irrelevante.

Moro ganha no curto prazo. Mas a casa é de Jair.

Fonte: DCM

 

 

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
12:01

O governo do presidente Jair Bolsonaro estuda construir em Natal um centro administrativo para centralizar as atividades dos órgãos federais com sede na capital potiguar. O local para receber a estrutura está definido: o quarteirão entre as avenidas Alexandrino de Alencar e Zacarias Monteiro, no bairro do Tirol, na Zona Leste da cidade.
Segundo Rômulo Campos, superintendente do Patrimônio da União do Rio Grande do Norte (SPU), a medida está relacionada com a economicidade, pois centralizaria os gastos públicos com contratos de serviços terceirizados – segurança e serviços gerais, por exemplo. Além disso, facilitaria a vida do cidadão, pois os serviços prestados pelos órgãos federais estariam em um único local.
“Há várias unidades federais espalhadas pela cidade. A união dos serviços resultaria na economia por ter apenas um prédio concentrando todos esses departamentos”, diz Rômulo Campos, em entrevista ao programa “A Hora é Agora”, da rádio Agora FM (97,9).
O único entrave para o início do projeto, de acordo com o superintendente do Patrimônio da União, tem nome e sobrenome: Plano Diretor de Natal. Com o ordenamento dos espaços urbanos definido pela última revisão do plano, em 2007, foi imposta tem uma restrição de gabarito de 30 metros para os prédios nas proximidades do Parque das Dunas.
Desta forma, caso não sejam feitas mudanças no gabarito, Rômulo Campos avalia que não há condições de se iniciar o projeto do centro administrativo. Ele chama atenção para o fato de que na Avenida Rui Barbosa, por exemplo, há uma grande diferença nos gabaritos permitidos de construção. “De um lado via, prédios baixos, mas do outro lado da rua tem prédios de 70 e até 80 metros de altura”, analisa.
Em razão disso, a SPU está presente nas discussões do Plano Diretor da capital potiguar. Ele detalha que o centro administrativo federal pode ser instalado dentro do terreno da sede da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que fica no cruzamento da Alexandrino de Alencar e Rui Barbosa.
Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente Urbanismo (Semurb), uma audiência pública sobre o Plano Diretor acontece no próximo dia 31. A atividade será realizado no auditório do Parque da Cidade, em Pitimbú, na zona Sul de Natal. Iniciado em 2017, mais de três mil pessoas da sociedade civil participaram das discussões, havendo mais de 2.534 contribuições para o tema. O projeto será enviado para a Câmara Municipal ainda no primeiro semestre.
Agora RN

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
11:52

Depois de 11 anos a frente da SEMTHAS em São José do Seridó o secretário Francisco Touché deixa a pasta em São José e assume próximo dia 2 de fevereiro como assessor técnico do SUAS na cidade de Guamaré.

A nossa reportagem entrevistou com exclusividade Francisco Touchér que falou sobre vários temas e dentre estes a sua posse como assessor técnico do SUAS na cidade de Guamaré.

Eis um trecho da conversa que Touchér teve com exclusividade com nosso portal de notícias:

BLOG- Quando a assessoria na cidade de Guamaré?

TOUCHER- Assumo dia 02 de fevereiro o cargo lá, serei assessor técnico do SUAS

BLOG-Pretende realizar lá o trabalho transformador que fez em São José do Seridó?

TOUCHÉ- SIM, quero ajudar o Prefeito Adriano e a Secretária Juliana a continuarem o excelente trabalho que já realizam lá, chegarei pra somar e fortalecer ainda mais o SUAS em Guamaré.

BLOG-Nos 11 anos a frente da SEMTHAS em São José do Seridó . Que experiências você adquiriu?

TOUCHÉ- Acredito que amadureci muito, como ser humano principalmente, realizei um sonho, fiz o que podia e as vezes o que nem imaginava conseguir, e no fim, acho que ganhei muito, como o município e a população são-José-seridoense, eu só tenho o que agradecer, a Jackson, Miúda e toda a minha equipe.Fizemos a diferença e principalmente mudamos a vida das pessoas.

BLOG-Como o sr. avalia sua participação nestes anos na gestão de São José?

TOUCHÉ- Costumo dizer que ninguém faz nada sozinho, eu acreditei nas pessoas e elas em mim, e assim, crescemos juntos. Todas as nossas vitórias tem muito disso.

BLOGQuais suas perspectivas nessa nova empreitada?

TOUCHÉ- Eu me preparei pra esse dia, pois sabia que ele ia acontecer, e isso o torna mais fácil e normal. Para o futuro também me preparei, fiz o curso de serviço social, duas especializações e 55 cursos rápidos na minha área, então saio com a experiência prática e teórica, e isso importa muito, acho que aproveitei o período que me dediquei aqui a também me especializar no que faço, e isso abre portas.

Em breve entrevista completa que a equipe do blog do Carlos Felipe fez com Francisco de Assis dos Santos Junior – Touché que deixa a secretaria de Ação Social de São José do Seridó na próxima semana.

Carlos Felipe.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
11:43

A capital potiguar voltará, em breve, a contar com uma loja oficial do Flamengo. A “Espaço Rubro Negro”, uma das detentoras dos direitos comerciais dos produtos licenciados pelo clube carioca, vai funcionar no Natal Shopping, na zona Sul da cidade.

O anúncio foi feito pelo próprio shopping, em suas redes sociais. A nova loja, no entanto, ainda não data certa para inaugurar.

“Vem aí mais uma #NovidadeNoNAT! Desta vez, para a galera que é fã de futebol. Um espaço especial do Flamengo está chegando ao shopping com artigos esportivos, camisas oficiais e muito mais para quem cultiva a paixão rubro-negra no peito. Em breve!”, escreveu o Natal Shopping em uma postagem feita neste domingo, 26, em sua conta no Instagram.

Natal já contou com lojas oficiais do Flamengo em outras épocas. Em 2011, a cidade ganhou a “Coração Rubro Negro Store”, localizada na Av. Prudente de Morais, mas que não durou muito tempo. Alguns anos depois, foi aberto um quiosque no Praia Shopping, que também comercializa produtos exclusivos do Rubro-Negro, mas que também não durou muito.

Agora RN

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
11:37

Uma nota técnica do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), produzida para orientar a campanha de prevenção da gravidez na adolescência que o governo vai lançar, afirma que o início precoce da vida sexual leva a “comportamentos antissociais ou delinquentes” e “afastamento dos pais, escola e fé”, entre outras consequências. A campanha de mobilização faz parte da política da ministra Damares Alves, titular do MMFDH, de incentivo à abstinência sexual entre a população mais jovem.

O ministério sustenta que ensinar métodos contraceptivos para essa população “normaliza o sexo adolescente”, tendo em vista que nem todos iniciaram a vida sexual. Cita ainda a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) como responsável por prever tais conteúdos à faixa etária em questão.

Veja a matéria completa aqui

O GLOBO

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
11:32

Identificados os cinco homens mortos em confronto com policiais militares na noite deste domingo, 26, depois de invadiram a casa de um casal no bairro Vila Altiva, setor leste da cidade.

SÃO ELES

João Felipe Ferreira da Silva, 20 anos
Emerson André do Santos Silva, 27 anos, pedreiro
Ronaldo Francisco dos Santos, 29 anos, borracheiro
Renan dos Santos Cabral da Nóbrega, 19 anos, desocupado
Cledinaldo dos Santos Pereira, de 22 anos, servente de pedreiro.

Jair Sampaio.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
07:34

As inscrições para o 3º Curta Caicó foram encerradas neste domingo (26). E os números finais são expressivos. Ao todo, 662 filmes de todas as regiões do país se inscreveram nas mostras competitivas, contabilizando o novo recorde de inscritos para uma edição do festival. O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação.

Partindo para sua terceira edição, o Curta Caicó já registra um total de 1.612 filmes inscritos de todos os estados brasileiros. A evolução no número de inscrições é significativa: na primeira edição foram 415; em 2019, 535; e, agora, 662 filmes.

A região Sudeste lidera o número de inscrições com 282 filmes, seguido pela Nordeste, com 227. As regiões Sul (86), Centro-Oeste (54) e Norte (13) completam o número de filmes inscritos no Curta Caicó.

“Terminamos esta primeira etapa com números expressivos. A quantidade de filmes inscritos coloca o Curta Caicó entre os grandes festivais do país, que recebem mais de 500 inscrições por edição. O audiovisual do Brasil está vivo e a cada ano o festival se consolida como uma importante janela de exibição para a produção nacional”, destacou Raildon Lucena, coordenador do Curta Caicó.

Com o encerramento das inscrições, os filmes agora serão avaliados por uma curadoria de profissionais do audiovisual que irá definir os filmes selecionados para as mostras competitivas. O resultado será divulgado até o mês de maio. O Curta Caicó acontece na primeira quinzena de junho.

Região Seridó registra 22 inscrições de nove municípios

Um dos objetivos do Curta Caicó é fomentar a produção audiovisual na região do Seridó. E em apenas três edições, o número de inscritos teve um crescimento exponencial, demonstrando que o festival está alcançando seus objetivos.

Na primeira edição foram dois filmes inscritos; já em 2019, esse número saltou para 11, chegando a 22, em 2020.  Nesta edição, além de Caicó, o festival recebeu inscrições de Acari, Currais Novos, Cruzeta, Equador, Ipueira, Jardim do Seridó, Lagoa Nova e Parelhas

Além das mostras de filmes, o Curta Caicó realiza oficinas de formação profissional, debates, premiações e há toda uma interação entre cineastas e realizadores de outras regiões do país que participam do festival

Enquanto a curadoria acontece, a organização do festival irá promover articulações para garantir a viabilidade financeira do evento. “Caicó hoje está consolidada no mapa do audiovisual nacional. A Referência realizou dois festivais na raça e os resultados são expressivos. Vamos agora em busca de apoios para garantirmos a viabilidade do evento e realizarmos uma edição histórica”, ressaltou Lucena.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
07:29

Hospital Tarcísio Maia mudou modelo de atendimento (Foto: WEB)

Por Lana Lacerda*

Não é o Tarcísio Maia que deve ser penalizado pelas mortes que tem ocorrido nas UPAs . As “mãos” desse hospital não se sujam de mortes, se sujam de sangue das urgências e emergências que aqui chegam e que conseguimos salvar, porque esse é o papel: atender urgências e emergências.

Quem tem as mãos sujas de morte são prefeitos irresponsáveis que deixam Unidades de saúde totalmente desguarnecidas, (faltam oxigênio, aparelho de RX, e muitos outros materiais) para quaisquer atendimentos, que colocam profissionais recém-formados para lidar com casos complexos.

Afirmar que o hospital usa a estratégia de corredores vazios, para aparentar boa administração é desconhecer as rotinas de um hospital de alta complexidade. Existem leis que amparam atitudes dentro do Sistema Único de Saúde. Por anos, os administradores municipais, “rebolaram” seus munícipes dentro do Tarcísio Maia e “lavavam” as mãos da responsabilidade que lhes compete. Boa prática chamar a promotoria para fazer valer as leis, que eles possam conhecer todos os fatos.

Entramos num ano eleitoral e muitas das atitudes que vemos, advém do desespero de administradores que não conseguem mostrar serviços adequados às necessidades da população e querem arranjar um “bode expiatório” para sua incompetência.

A superlotação de um hospital terciário, com casos que deveriam ser tratados em unidades menos complexas, impede o adequado atendimento dos casos que nos cabe. Falo por mim e por todos que trabalham diuturnamente pra fazer o Tarcísio Maia cumprir a sua missão: salvar vidas!!

É Médica anestesiologista do HRTM.

Bruno Barreto.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
07:20

Sobre as eleições de 2020, Lula falou que o PT “não tem os grandes nomes que já teve na ativa” e que o partido está disposto a fazer alianças políticas. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) citou o nazismo ao falar sobre o tratamento jornalístico dado pela TV Globo às mensagens da Lava Jato obtidas pelo site The Intercept Brasil. Para ele, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) faz algumas críticas à emissora que são corretas.

As declarações foram dadas em entrevista ao UOL publicada neste domingo (26).
Questionado sobre os ataques de Bolsonaro a jornalistas, Lula afirmou que, durante seu governo, de 2003 a 2010, houve “um momento de oito anos de pensamento único contra o Lula”.

Em seguida, relacionou ao nazismo à cobertura jornalística da TV Globo sobre as mensagens obtidas pelo Intercept e divulgadas pelo site em parceria com outros veículos, como a Folha. Os diálogos colocaram em dúvida a imparcialidade do então juiz Sergio Moro ao expor sua atuação nos bastidores, em parceria com policiais e procuradores na linha de frente das investigações.

“O que a Globo está fazendo com o Intercept, era capaz que o nazismo não fizesse. Ela só teve coragem de citar o Intercept duas vezes: quando o Intercept publicou o nome do Faustão, que acho que tinha dado aula pro Moro, e quando foi citar o nome do Roberto D’Ávila, que tinha trabalhado para arrecadar dinheiro para o meu filme. A Globo não fez sequer matéria contra a fajutice da denúncia do Ministério Público [contra o jornalista Glenn Greenwald, diretor do site]. Então, isso é censura”, disse Lula.

Os diálogos dos procuradores da Lava Jato, porém, foram alvo de reportagens do programa Fantástico, da TV Globo, quando da revelação das primeiras mensagens. A denúncia do Ministério Público contra Glenn também foi noticiada pela emissora.

Em nota, a emissora afirma que Lula “deveria se informar melhor antes de fazer afirmações falsas”.

“A Globo cobriu amplamente as denúncias do Intercept. A Al-Jazeera pediu em julho do ano passado um levantamento sobre a minutagem da cobertura. No levantamento, a Globo informou que, apenas de 9 de junho a 24 de julho, a emissora publicou uma hora e quarenta e três minutos de reportagens sobre o assunto no JN e no Fantástico –se considerássemos os outros telejornais esse tempo seria muitas vezes maior. E nos meses seguintes continuou publicando as novidades do caso. As reportagens estão disponíveis no Globoplay e qualquer um pode atualizar o levantamento”, afirmou.

Publicado por: Chico Gregorio


27/01/2020
07:10

O presidente Jair Bolsonaro demonstrou irritação com o vídeo em que o governador do Rio, Wilson Witzel, liga para o vice-presidente Hamilton Mourão e o chama de “senhor presidente”.

Em entrevista na Índia, onde está em seu último dia de visita oficial, Bolsonaro afirmou: “Pelas imagens, ele tá no seu carro e um assessor filma; aí ele liga para o presidente em exercício. Eu acho que não é usual alguém fazer isso; eu não gostaria que fizessem isso comigo, o que se trata por telefone, tem que ser reservado.”

Enquanto Bolsonaro está fora do país, em viagem à Índia, Mourão é o presidente em exercício. No vídeo compartilhado por Witzel em sua conta no Twitter, ele é filmado por um assessor enquanto liga para Mourão e diz: “senhor presidente, boa tarde” e fala sobre os problemas causados pelas chuvas em municípios do Rio e a necessidade de levar água para o local.

Mourão diz estar ciente. “Vou pedir para o ministro Fernando (Fernando Azevedo, ministro da Defesa) intensificar isso aí”, diz. “qualquer coisa a gente apoia mais alguma coisa aí no RJ, governador. Fica tranquilo”.

Bolsonaro e Witzel, que é pré-candidato à Presidência, têm entrado em atrito nos últimos meses. No fim de novembro, Bolsonaro acusou Witzel de manipular as investigações do caso Marielle Franco e disse que a sua vida “virou um inferno” desde a eleição do seu ex-aliado. Ele afirmou, ainda, que o governador do Rio tem usado a Polícia Civil do estado para atingi-lo.

Em seu Twitter, ao compartilhar o vídeo, Witzel afirmou: “Solicitei ao presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, e ao Ministério da Defesa apoio para o envio de água potável às pessoas atingidas pelas chuvas no Norte/Noroeste do RJ. A ajuda do Governo Federal será fundamental para socorrer a população dessa região.”​

FOLHAPRESS

Publicado por: Chico Gregorio